AVC Acidente vascular cerebral.
 
Há chás e alimentos que influenciam a viscosidade e fluidez do sangue e contribuem para evitá-lo
 
 Um AVC pode afetar a todos e pode acontecer em qualquer idade

    As mais recentes notícias comprovam. Por hora, morrem dezenas de pessoas vítimas desta doença que, infelizmente, também já afeta a população mais nova. A idade é um fator de risco. Mas um acidente vascular cerebral pode afetar até crianças e bebes. Saiba mais sobre uma das principais causas de morte Brasil. O Acidente Vascular Cerebral, mais conhecido como AVC, é a primeira causa de morte no nosso país, em pessoas com mais de 60 anos.
 Como o AVC pode ser fatal em qualquer idade e "aparece sem aviso", nada melhor do que fazer prevenção. Para isso, é importante que saiba a idade das suas artérias, isto é, se a idade interior delas é mais jovem, mais velha ou se corresponde à sua idade biológica.

   

A formação de placas de gordura na parede das artérias leva a aterosclerose e pode obstruir veias e vasos do cérebro, causando o derrame.
 Uma das maiores armas, se não a principal para evitar o derrame é a ingestão de chás e alimentos que beneficiem os fatores relacionados à formação de coágulos.

    Há chás e alimentos que influenciam a viscosidade e fluidez do sangue, desmontando a formação de coágulos e impedindo que bloqueiem as veias do coração, cérebro, pernas e pulmões.
 Os alimentos anticoagulantes são: gengibre, alho, cebola, salmão, pimenta, suco de uva, cravo-da-índia, gergelim, canela, cominho, alecrim, cúrcuma-longa.

   Cientistas italianos britânicos descobriram que, para prevenir um AVC, devemos comer três bananas por dia. As chances de sofrer um acidente vascular cerebral são reduzidas de forma substancial se a pessoa ingerir três bananas todos os dias. Segundo os pesquisadores das Universidades de Warwick e de Nápoles, ao consumir um alimento rico em potássio e diminuir o sal, podemos reduzir o risco de ter derrame que pode ser prevenido com o consumo frequente também de banana, peixes, nozes, espinafres, lentilhas. A conclusão desse estudo é de que ingerir a cada dia 1.600 miligramas é o suficiente para diminuir o risco do AVC. A quantidade potássio de recomendada para um adulto, é de 3.500 miligramas por dia. Uma banana média, bem madura, possui mais ou menos 500 miligramas deste elemento. Essa quantidade também ajuda a reduzir a hipertensão. O melado e o caldo de cana são ricos em potássio.

Há outros chás que também podem auxiliar na prevenção e devem ser adicionados ao hábito diário.

 

Composição de planta ajuda a recuperar movimentos de perdidos com o AVC

      O creme elaborado de uma composição de plantas tem ação relaxante que ajuda na recuperação pacientes com o sistema nervoso lesionado por doença vascular encefálica, lesões de medula, paralisia cerebral, traumatismo crânio-encefálico, esclerose múltipla, entre outras enfermidades que atingem a via nervosa.

A hemiparesia e espasticidade decorrentes do acidente vascular cerebral podem ser melhoradas com a massagem feita com o creme

Após a aplicação do creme no sistema nervoso neuromuscular evidencia-se atividade miorrelaxante e antiespasmódica e atividade antinociceptiva. Seu efeito na força muscular em músculos estriados e na espasticidade muscular após AVC é percebido geralmente em uma semana.

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade