Doenças inflamatórias do intestino

Crohn ou doença de Crohn, colite granulomatosa, colite ulcerativa, enterocolite

Serão abordadas com maiores detalhes e maior ênfase nas plantas e nas fitossubstâncias que tiveram suas eficácias confirmadas. Há  vários estudos que indicam evidências de eficácias de algumas Fitossubstâncias

       Quando os remédios sintéticos falham e toda a esperança é perdida, as plantas na forma de chás e uma alimentação saudável e a redução de estresse diário é a forma para melhorar a doença de Crohn, a colite e a enterocolite?

 

        A doença de Crohn e a colite ulcerativa são doenças idiopáticas crônicas intestinais envolvendo o intestino delgado e grosso, nos quais os pacientes necessitam de tratamento de indução e manutenção. O tratamento convencional da DII inclui o uso de corticosteróides, imunossupressores, antibióticos e agentes biológicos (fator de necrose antitumoral (TNF) -a). No entanto, o uso dessas drogas é acompanhado de efeitos colaterais, com alguns deles sendo bastante grave

Doença de Crohn: você pode libertar-se desta doença debilitante?

A doença de Crohn pode ser curada?  Infelizmente, não há atualmente remédio conhecido para esta doença. A única coisa que você pode fazer é gerenciar os sintomas, evitar crises e induzir a remissão. Para fazer isso, você deve reduzir ou controlar a inflamação que desencadeia os sintomas.

Os pacientes que sofrem cirurgia tem recorrência dentro de três anos, e 60 por cento têm recorrência dentro de 10 anos.  É por isso que muitas pessoas estão agora se voltando para técnicas naturais para tratar ou aliviar os sintomas dolorosos da doença de Crohn.

Terapia de ervas e plantas em pacientes com doença inflamatória intestinal

     O uso de fitoterapia na doença inflamatória intestinal está aumentando em todo o mundo.O número de estudos clínicos relevantes sé relativamente pequeno, mas podemos  presumir-se que a eficácia das terapêuticas à base de plantas na DII é promissora.

    As terapias com ervas exercem o seu benefício terapêutico através de diferentes mecanismos, incluindo a regulação imunitária, a atividade antioxidante, a inibição do leucotrieno B4 e do fator nuclear kappa B e a atividade antiplaquetária e anti-inlfamatória.

A curcumina é uma substância biologicamente ativa da cúrcuma-longa que apresenta atividades antioxidantes, anti-inflamatórias, anticarcinogênicas, hipocolesterolêmicas, antibacterianas, cicatrizantes, antiespasmódicas, anticoagulantes, antitumorais e hepatoprotetoras. A curcumina inibe muitas vias de citocinas incluindo a interleucina (IL) -6, tendo simultaneamente um perfil de segurança favorável. Seu efeito anti-inflamatório e antioxidante tem sido demonstrado em  estudos de animais.

Losna.  Após 8 semanas, houve remissão clínica quase completa em 65% dos pacientes em comparação com nenhum no grupo placebo. Esta remissão persistiu até ao final do período de observação. Verificou-se também que o absinto teve um efeito poupador de esteróides e um efeito positivo na qualidade de vida dos pacientes.

 

As frações ricas em antocianinas de framboesas vermelhas atenuam a inflamação in vitro e in vivo.

Pubmed 25167935 Publicado 31/12/2013 Tipo de Estudo: Estudo Animal e Estudo In Vitro

 

Extrato de polifenóis de maçã (APE) melhora o dano do cólon em um modelo de colite de rato.

Pubmed 22381211 Publicado 28/02/2012 Tipo de Estudo: Estudo Animal

 

Os extratos de polissacáridos da maçã poderiam ser utilizados em terapia de combinação para a prevenção do cancro do cólon associado à colite. Pubmed 25412264 Publicado 31/12 /2014 Tipo de Estudo: Estudo Animal

 

Óleo essencial de manjericão exibe efeitos protetores contra colite induzida por ácido acético.

Pubmed: 26620574 Publicado 29/11/ 2015 Tipo de Estudo: Estudo Animal

 

O óleo de gergelim acelera a cicatrização da 2,4,6-Trinitrobenzenossulfônica induzida por ácido, colite aguda, atenuando a inflamação e fibrose. Pubmed: 23243149 Publicado 13 / 12 / 2012 Tipo de Estudo : Estudo Animal

 

O cacau pode ser um agente potencial na prevenção e no tratamento do cancro associado à colite.

Pubmed 26355019  Publicado 09 / 08/ 2015 Tipo de Estudo: Estudo Animal

 

A curcumina melhora a colite ulcerativa induzida experimentalmente.

Pubmed 17276891 Publicado 01 / 03 / 2007 Tipo de Estudo: Estudo Animal

 

A curcumina atenua a colite induzida quimicamente.

Pubmed 12637253 Publicado 01 / 07 / 2003 Tipo de Estudo: Estudo Animal

 

A curcumina atenua a inflamação na colite experimental.

Pubmed 19002562 Publicado 01 /02 / 2009 Tipo de Estudo : Estudo Animal

 

Obs: há outros trabalhos como estes acima relacionados, mostrando outras fitossubstâncias que ajudam na prevenção e na diminuição da inflamação da colite, mas estão disponíveis apenas para os colaboradores financeiros do site tiaxica.com

Ao clicar nos números grifados você será direcionado ao resumo da publicação científica.

 

Uma alimentação anti-inflamatória e estilo de vida são fundamentais para a recuperação completa desta condição.

Algumas ervas podem ajudar a aliviar os sintomas da doença de Crohn. Estes incluem suco de Aloe vera, chá de camomila e hortelã pimenta .  Ervas anti-inflamatórias como cúrcuma-longa, zedoaria, gengibre,  canela, alecrim, orégano e outros, devem ser utilizados tanto quanto possível.

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade