Estamos sendo lentamente pulverizadas por substancias químicas.

Toxinas, toxinas, toxinas ....

  A limpeza ou desintoxicação vem sendo contestada e criticada por especialista, que dizem que nosso organismo tem um perfeito sistema de detoxificação. Mas será que esse sistema, por si só, dá conta de limpar todas as substâncias nocivas que ingerimos no dia a dia?

   Creio que não, com o bombardeio dado em nosso corpo por centenas de toxinas ambientais consumidas todos os dias, devemos dar uma mãozinha aos órgão deseintoxicadores. A maioria das pessoas já perceberam que precisam incorporar estratégias que ajude os órgãos de limpeza na desintoxicação, a fim de manter a saúde.

 

Detox é a abreviação de detoxificação.

Detoxificação ou desintoxicação significa retirar as substâncias tóxicas de dentro do organismo. É um termo usado para definir a remoção de substâncias tóxicas do corpo, bem como para eliminar o que foi acumulado indevidamente.

 

Sufocamos o fígado com substâncias nocivas diariamente

Com os hábitos de vida moderna nas últimas décadas o figado, tem sido muito agredido. Na história da humanidade, nunca se comeu tanto, em grandes quantidades, e mal, como agora. 

Com o nosso estilo de vida atual, baseado no consumo excessivo de alimentos industrializados, cheio de agroquímicos, hormônios e aditivos alimentares, exposição à poluição e uso continuo de medicamentos que acumulam indevidamente empanturramos o organismo e estamos cada vez mais expostos às toxinas.

  Consequência disso, que cada vez mais tem se constatado muitas doenças, que causam sofrimentos e muitas morte precoces!

 

    A amônia, por exemplo, que é produzida pelo corpo quando as proteínas são digeridas, é uma das substâncias tóxicas neutralizadas pelo fígado. Mas pode se acumular no corpo se o fígado não funcionar bem. O mesmo ocorre com o rim e o intestino.

Esses órgãos precisam de uma mãozinha dos elementos desintoxicantes para eliminá-las.

 

     Precisamos de uma estratégia para limpar e desintoxicar nosso corpo. E não apenas uma correção temporária, mas uma estratégia que vai manter o nosso corpo limpo ao longo de nossa vida.

 

A questão agora é, como é que vamos fazer uma eficiente e eficaz limpeza?

     Muitos recomendam programas de desintoxicação radicais e difíceis que pode fazer mais mal do que bem.

Estes métodos "blitz" de limpeza não só pode ser perigoso, como a maioria também são difíceis de serem feitos devido à sua complexidade, custo e muito sacrifício. A Detox tem que ser feito de forma segura, suave, gradual e sem excesso ou com aqueles métodos radicais, difíceis, onde alguns impõem até sofrimento.

 

O risco da limpeza
   Quando o fígado esta com dano não se deve agravá-lo com o uso aleatório de limpeza ou de sucos e chás. Quando o fígado é forçado a trabalhar a reação natural será aumentar de tamanho e inflamar na tentativa de assim poder absorver e processar o trabalho extra e é nesse ponto que reside o perigo de ocorrer até uma hepatite.
   Ingerir chás que não obriguem o fígado a trabalhar intensamente resulta em menor atividade inflamatória.
Em uma detox devemos tomar esse cuidado para não agravar o figado. As ervas usadas nessa limpeza, além eliminar as substâncias que acumularam indevidamente, precisa ajudar o figado a se recuperar e regenerar de prossíveis danos.

 

Ajude seu Fígado a lhe ajudar a viver bem e não morra pela boca

    O fígado desempenha um papel importante no metabolismo e é o principal órgão desintoxicante limpa nosso corpo, não só por toxinas ambientais, mas também os resíduos do metabolismo. Assim você pode ver que a saúde do nosso corpo está diretamente relacionada com o fígado e o seu funcionamento correto.

 

Num programa de desintoxicação do figado é importante que os chás sejam usados de forma moderada.
E para reforçar a desntoxicação deve-se consumir porções generosas de salada de vegetais.

 

Quem pode fazer limpeza?

Todos, até quem não tem vesícula.

 

Tempo de uso

Para a finalidade de limpeza, faz -se o uso por uma semana. Para tratamento, dependendo da patologia hepática a ser tratada, usa -se por 3 semanas ou mais.

 

Existe algum risco em fazer a limpeza do fígado e da vesícula?

Talvez por desinformação, as pessoas fazem essas limpezas do fígado oferecidas na internet, entregando-se aos riscos de uma pedra obstruir os canais biliares ou aumentar a inflamação.

Muita gente me pergunta se é possível expulsar os cálculos de dentro da vesícula? Não se trata de expulsar ou eliminar, o melhor caminho é dissolve-los. Temos é que dissolver os cálculos.

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade