A ansiedade é a reação do corpo a situações da vida.

Ansiedade pode ocorrer quando estamos com medo ou estamos vivenciando situações que mostram que estamos correndo perigo. O corpo está causando uma ansiedade por conta do que percebemos como, angústia ou perigo? Talvez seja possível que uma experiência de medo seja realmente o que semeia os sintomas da ansiedade. Podemos evitar que o medo cause danos ao corpo?

Mas para alguém com ansiedade, essas situações simples e temporárias da vida são muito mais prejudiciais e não é pouca coisa. Pode ser debilitante, especialmente se não for tratada. Para alguns, a ansiedade pode ser tão ruim que eles são incapazes de sair de casa.

Muitas das opções farmacêuticas para tratar a ansiedade têm efeitos colaterais piores do que a ansiedade real. Então, para aqueles de nós que não querem sofrer de ansiedade, mas que também não querem ser induzidos com remédios paliativos, quais são as nossas opções?

“A presença da ansiedade, às vezes, é inevitável, mas ser prisioneiro dela é opcional”. Felizmente, existem algumas plantas que podem agir em certas ansiedades ajudar a reduzir a ansiedade.

 

O medo gera doenças?

Então, se o medo gera doenças, então qual é a cura? Se nosso medo condicionado a respeito de danos e vulnerabilidades por algo perigoso como um vírus que pode influenciar nossa fisiologia, ou seja, causar uma doença que pode até ser fatal, como entendemos essa resposta corporal?

 

        A Melissa officinalis tem sido utilizado histórica e contemporaneamente como modulador do humor e da função cognitiva, com efeitos ansiolíticos após a administração de cápsulas, comprimidos revestidos e aplicação tópica. Após um estudo piloto com extrato de Melissa administrado como uma bebida à base de água, que confirmou a absorção dos efeitos do Ácido Rosmarínico no humor e na função cognitiva, realizamos dois estudos de cruzamento semelhantes, duplo-cegos, controlados por placebo.

Chá de Melissa

modo de fazer

Cortar 5 folhas grandes de Melissa, acrescentar a 300 ml de água e levar ao fogo. Tampe a panela com uma tampa bem vedada para reter os princípios ativos. Deixe ferver por 2 minutos. Atenção >> os minutos devem ser contados depois do inicio da fervura. Após ser esfriado à temperatura ambiente, o chá deve ser coado através de uma peneira. Tomar apenas 100 ml por vezes. Frio ou morno.

 

 

Não existem duas Melissas. O que existe são duas plantas que o povo chamam de Melissa.

Botanicamente só existe a Melissa officinalis. Não devemos chamar de Melissa verdadeira, porque não existe a falsa Melissa.

A (erva cidreira) que também chamam de Melissa tem o nome botânico de Lipia Alba.

Sempre que se referir a planta chame - a pelo nome botânico. Assim contribuirá para que as plantas tenham bons conceitos.

Prestem atenção são plantas com caracteristicas, aromas e açôes terapêuticas completamente diferentes. A Lipia Alba que chamam de erva cidreira é diferente em todos os aspectos, desde os formatos dos galhos até a aparência das folhas. Atenção na tonalidade da folha e no formato.

A planta tem apenas um nome botânico e tem vários apelidos que cada região ou país dão a elas.

 

Chá de Alecrim

modo de fazer

Cortar  as folhas de Alecrim (porção mostrada na foto), acrescentar a 300 ml de água e levar ao fogo. Tampe a panela com uma tampa bem vedada para reter os princípios ativos. Deixe ferver por 3 minutos. Atenção >> os minutos devem ser contados depois do inicio da fervura. Após ser esfriado à temperatura ambiente, o chá deve ser coado através de uma peneira. Tomar apenas 50 ml por vezes. Frio ou morno.

 

A Camomila pode fornecer atividade antidepressiva clinicamente significativa que ocorre além da atividade ansiolítica. A Camomila pode fornecer atividade antidepressiva em seres humanos ansiosos e deprimidos.

O uso do chá de Camomila pode melhorar significativamente a qualidade do sono em idosos. Assim, pode ser utilizada como uma modalidade segura para promover o sono do idoso. O chá de Camomila tem um efeito positivo na redução dos sintomas em pacientes com transtorno de ansiedade generalizada. Um estudo randomizado, duplo-cego e controlado por placebo da terapia com extrato oral de Camomila para transtorno de ansiedade generalizada. Fonte:  19593179

A Camomila pode fornecer atividade antidepressiva clinicamente significativa que ocorre além da atividade ansiolítica observada anteriormente.

Chá de Camomila

modo de fazer

1 colher de sopa rasa de Camomila acrescentar a 300 ml de água e levar ao fogo. Tampe a panela com uma tampa bem vedada para reter os princípios ativos. Deixe ferver por 1 minuto. Atenção >> os minutos devem ser contados depois do inicio da fervura. Após ser esfriado à temperatura ambiente, o chá deve ser coado através de uma peneira. Tomar apenas 100 ml por vezes. Frio ou morno.

Ansiedade

Pesquisas mostraram que a Camomila tem benefícios significativos quando se trata de reduzir a ansiedade os estudos que avalia a eficácia dos remédios naturais com base em evidências científicas, diz que a Camomila é possivelmente eficaz para a ansiedade.

O primeiro ensaio clínico controlado do extrato de Camomila em 2009 descobriu que ele pode ter um efeito antiansiedade modesto em pessoas com transtorno de ansiedade geral leve a moderado, um dos transtornos de ansiedade mais comuns. Os participantes tomaram 200 miligramas para 1.100 miligramas de Camomila por dia durante oito semanas. Um estudo de 2016 descobriu que a ingestão de 500 miligramas de extrato de camomila três vezes ao dia por 12 semanas reduziu significativamente os sintomas moderados a graves do transtorno de ansiedade generalizada, um dos transtornos de ansiedade mais comuns. Além de aliviar a ansiedade, a pesquisa mostra que o extrato de Camomila também pode ter efeitos antidepressivos.

Induzir o sono -  Quanto à forma como a Camomila pode ajudar a induzir o sono, pesquisas com animais sugerem que ela tem efeitos sedativos e antiansiedade. Um estudo relatou que a Apigenina, um componente da Camomila, se liga nos mesmos locais receptores no cérebro que os benzodiazepínicos como o Valium. Outro estudo mostrou que o extrato de Camomila na dose de 300 miligramas causou um encurtamento significativo em quanto tempo os ratos adormeceram, enquanto outras pesquisas em ratos demonstraram que a Camomila pode prolongar significativamente o tempo de sono induzido por medicamentos indutores do sono, como barbitúricos.

 

       Alguns dos benefícios da Camomila, provavelmente, decorrem do fato de que o óleo essencial e os extratos de flores da Camomila contêm mais de 120 constituintes, muitos dos quais são farmacologicamente ativos. Eles incluem Camazuleno (anti-inflamatório), Bisabolol (um óleo com propriedades anti-irritantes, anti-inflamatórias e antimicrobianas), Apigenina (um fitonutriente que atua como um forte anti-inflamatório, antioxidante, antibacteriano e antiviral), e Luteolina (um fitonutriente com potencial atividade antioxidante, anti-inflamatória e anticâncer). Seja como resultado desses compostos ou de outros, a pesquisa mostra que a Camomila possui propriedades que podem ajudar a aliviar a inflamação, espasmos e flatulência, promover a calma e o sono e proteger contra as bactérias que causam úlceras estomacais.

As técnicas de extração podem alterar significativamente o conteúdo de glicósido na Camomila. A temperatura desempenha um papel importante para a extração dos ativos quando estes estão presente no óleo contido na planta. Portanto, os extratos aquosos (chá) de Camomila apresentaram concentração total de fenol quando extraídos por aquecimento.

 

Acrescentar o Endro à sua vida pode ajudá-lo a relaxar. Por razões muito semelhantes que o Endro pode reduzir a insônia, o Endro pode reduzir a ansiedade.

Endro é maravilhoso porque não só você pode mastigar as sementes para obter um benefício, mas você pode usar o endro na forma de chá para obter os benefícios. Uma sugestão é polvilhar Endro em pó no travesseiro antes de dormir. Parte da ansiedade é sobre situações de pensamento. Endro pode acalmar o cérebro enquanto reduz o nervosismo e o medo. Dê a si mesmo uma folga e utilize o Endro para reduzir sua ansiedade.

 

Atenção: contrariando os pseudos entendedores de ervas que afirmam que folhas e flores não podem ser fervidas, os chás acima mencionados são feitos por Decocção, ou seja, consiste em cozinhar a planta.

   Ainda hoje, propagam-se informações incorretas, por exemplo, que as folhas e flores não podem ser fervidas ou que cascas e raízes tem de ser.

Isso não é regra. Há plantas que, independentemente de se usar folha ou flor, precisam ser fervidas para liberar o seu princípio ativo, bem como há cascas e raízes que liberam suas substâncias apenas sorvendo água quente sobre elas. A Flor da Camomila, por exemplo, precisa para liberar o Azuleno, um dos seus princípios ativos, de um tempo de fervura. Esse é um dos exemplos, e faz cair por terra a informação errada de que as flores não podem ser fervidas. A folha da espinheira santa precisa de 12 minutos de fervura para liberar a sua principal substância ativa.