Procurando por um curso avançado de Fitoterapia clínica?

Curso de: Fitoterapia básica, Fitoterapia Clinica, Fitoterapia Regenerativa, Fitotermoterapia, FitonutriçãoCurso online

Fitoterapia  é  o tratamento à base de plantas.  Obs. Fitoterapia não é homeopatia.
Terapia é tratamento
É o tratamento à base de plantas.
       É possível classificá-la em três categorias:
Para as doenças que podem ser curadas apenas com a Fitoterapia;
Para aquelas doenças que a Fitoterapia pode ser o tratamento principal
E aquelas doenças nas quais a Fitoterapia pode auxiliar conjuntamente a outras abordagens terapêuticas.
     As ervas medicinais reassumem o seu papel como o mais valioso recurso terapêutico oferecido pela natureza e o seu uso é cada vez mais popular entre os povos de todo o mundo.
        Não se pode simplesmente dizer que não há mais nada a fazer, sem antes tentar esse recurso tão valioso que surpreende com excelentes resultados. A Fitoterapia pode e deve ser utilizada conjuntamente à terapêutica convencional ou quando não se obtém desta os resultados esperados.
      Colocar a Fitoterapia no mesmo barco das técnicas ditas “alternativas” é um grande erro.
  •  Há doenças que podem ser curadas apenas com a Fitoterapia.
  •  Há doenças que a Fitoterapia pode ser o tratamento principal.
  •  Há doenças que a Fitoterapia pode auxiliar as outras abordagens terapêuticas.


Porque a fitoterapia não é "alternativa" Colocar a Fitoterapia no mesmo barco das técnicas ditas “alternativas” é um grande erro. 

 Quais doenças podem ser tratadas com a Fitoterapia?

      Todas podem porque, nas ervas, encontramos fitossubstâncias com atividade anti-inflamatória, anticoagulante, antibacteriana, antiviral, analgésica, antiúlcera, antialérgica e etc.

     A Fitoterapia por milhares de anos foi usada para salvar vidas e ajudar a lidar com todos os tipos de doenças. A Fitoterapia pode ser usada em qualquer fase das doenças ou para evitar o agravamento em um determinado estágio de doenças agudas e graves. O uso de ervas torna possível para acelerar o processo de cicatrização e reduzir significativamente o número de medicamentos consumidos. Na prevenção de muitas doenças, a Fitoterapia é o tratamento principal.

A procura pela fitoterapia aumenta e isso exige profissionais verdadeiramente conhecedores dela.

    Mas há uma ausência de disciplinas curriculares em Fitoterapia na formação universitária do profissional. Por outro lado, os cursos de Fitoterapia extracurriculares oferecidos por algumas faculdades e por escolas particulares, inclusive de naturologia e naturoterapia têm um conteúdo fraquíssimo. Por conta disso, temos poucos profissionais que realmente conhecem e entendem de Fitoterapia.

A demanda é muito grande por Fitoterapeuta que realmente saiba orientar quanto ao uso seguro de erva medicinal e em quais doenças e seus estágios pode-se valer das propriedades das ervas, qual o grau de eficácia em relação aos medicamentos sintéticos, forma de uso e de preparo.

 

Através deste curso, vamos explorar a Fitoterapia e sua aplicação terapêutica concreta. A Fitoterapia Clínica mostra formas de lidar com as condições clinicas complexas, as doenças graves e as doenças crônicas.

Um conteúdo cuidadosamente escolhido e estruturado para apoiar a integração e aplicação do conhecimento.

Lições interativas apresentadas em forma de audiovídeo e PowerPoint 

Além disso, você recebe uma coleção de conteúdo em formato PDF para impressão.

Optei por incluir o sistema online nos treinamentos de Fitoterapia porque assim facilita para pessoas que estão distante ter acesso.

 

 

 O mais amplo, mais completo e melhor curso online de Fitoterapia clínica do Brasil.

   O conteúdo com mais de 2000 páginas.  Este curso mostra de forma clara e objetiva as Plantas Medicinais e suas potencialidades para coadjuvar nos tratamentos das doenças. Mostrarei as Plantas Medicinais que realmente são eficazes, inclusive com links das publicações científicas que mostraram evidência de eficácia.

Será oferecido on-line e para uma máxima integração nas aulas, será  distribuída por diversos meios, incluindo áudios e vídeos, apresentações de slides, imagens, aulas em áudio. Os módulos serão postados gradativamente por assunto as terças e quintas-feiras aqui no site em páginas com acesso exclusivo para os alunos que acessará a aula no momento que tiver tempo e mais materiais de apoio se, necessário em pdf enviados por  email. A ministrante dedicará 3 horas por semana para dirimir dúvidas dos alunos.

No final deste curso, você será capaz de realizar aplicações concretas para sua abordagem terapêutica.

  • Como usar os valiosos e polivalentes recursos terapêuticos, a Fitoterapia básica, a Fitoterapia clinica, a Fitoterapia Regenerativa, a Fitonutrição e a Fitotermoterapia para resolver doenças comuns, doenças complexas e casos de doenças consideradas incuráveis ou irreversíveis como os que mencionei nesse áudio. www.youtube.com/watch?v=WrEbenQAG2A

No final deste treinamento completo, você será capaz de:

  • iniciar uma abordagem terapêutica com seus clientes de forma segura;
  • ser um terapeuta herbalista com conhecimentos reais da verdadeira Fitoterapia.
  • apoiar seus clientes em suas mudanças de estilo de vida, para que eles possam recuperar sua autonomia em face de seu bem-estar, prevenir e resolver vários problemas de saúde.

Torne-se parte da grande família de herbalista para beneficiar-se do apoio e orientação em sua prática e ter a oportunidade de aprofundar sua prática através de um contato privilegiado com o seu professor e tendo na sua retaguarda um consultor confiável.  

Com este curso você terá um amplo conhecimento sobre a Fitoterapia e suas principais formas de uso. Esse curso irá destaca a importância atual da Fitoterapia, os seus principais recursos e suas formas de usar e elaborar.


O conteúdo desse curso está ancorado por minhas raízes de conhecimento ancestral, sendo constantemente alimentado pelas evidências confirmadas por pesquisas científicas. Com uma compreensão detalhada de como as plantas funcionam, como são utilizadas e os processos patológicos que elas podem ser inseridas.

 

 

A Fitoterapia por meio das Fitossubstâncias das ervas medicinais proporciona uma vasta gama de benefícios e vai:

  • prevenir a iatrogênia,
  • diminuir mortes prematuras,
  • evitar cirurgias desnecessárias e cirurgias inúteis,
  • evitar internações hospitalares,
  • acabar com a mascaração de sintomas,
  • debelar doenças chamadas de incuráveis,
  • prevenir e evitar mutilações de órgãos e membros;
  • tirar pessoas de seus sofrimentos, acabando com suas dores ou doenças.
     

 

 A Fitoterapia é o recurso de tratamento mais procurado no Brasil e no Mundo, hoje.

    O emprego de plantas medicinais na recuperação da saúde tem evoluído ao longo dos tempos, mas ainda hoje se verifica que as pessoas utilizam incorretamente as plantas medicinais.

 

     Um bom curso de Plantas Medicinais precisa ter um conteúdo rico, conter informações reais, ser pautado na vivência, na experiência, nas evidências e ensinar a usar as plantas brasileiras. O fato é que quase não usamos a Fitoterapia chinesa no Brasil por uma série de motivos, logo, não há que se perder tempo com teorias que só fazem sentido se estudadas como fundamento da Fitoterapia. Sem contar que a verdadeira Fitoterapia com as ervas da nossa flora é polivalente.

      Para transmitir conhecimento é necessário muito mais que cursos sobre um presumido conhecimento. Não é apenas falar porque ouviu ou leu (conhecimento teórico). O “conhecimento” compreende não apenas o saber sobre o assunto, mas também o executar e a maneira de agir em relação a ele.

 

   Apesar da medicina moderna ter feito muitos e notáveis  avanços nos tratamento de doenças crônicas, ainda é um "fracasso abjeto". Por quê? Porque a cada ano, as pessoas gastam cada vez mais em assistência médica e, ainda assim, doenças cardíacas, diabetes e taxas de câncer continuam a disparar.

     O tratamento com plantas medicinais não consiste apenas em aliviar os sintomas, visa também à recuperação das funções normais do órgão doente e auxiliar na prevenção.  O uso de plantas medicinais, quando feito da maneira correta, também garante menor uso de remédios alopáticos e menos tempo de sofrimento ao paciente o qual percebe que o profissional esta interessado em minimizar seus males e/ou até curá-lo.

     A utilização da Fitoterapia no tratamento e prevenção de doenças é muito importante.

 

Pré-requisitos:

Este curso não tem pré-requisitos. No entanto, recomendamos que tenha interesses reais para se aprofundar nesses valiosos e polivalentes recursos terapêuticos, a Fitoterapia básica, Fitoterapia clinica, Fitoterapia Regenerativa, a Fitonutrição e a Fitotermoterapia. O curso é voltado para profissionais da área de saúde: médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermagem, terapeutas holístico e para pessoas interessadas que queira se aprofundar no assunto.·.

Curso de Fitoterapia básica, Fitoterapia Clinica, Fitoterapia Regenerativa, Fitonutrição e Fitotermoterapia.

As aulas terão início em 15 se setembro e vai até 10 de dezembro de 2018. As próximas aulas começam em 14 de janeiro de 2019 com possível enceramento em outubro de 2019.  Mas seu acesso ao curso poderá se estender por 18 meses. Você pode, no entanto, completá-lo facilmente em 12 meses. A duração do seu curso dependerá da sua disponibilidade. Você progride no seu próprio ritmo e determina quando deseja realizar seus estudos, ao mesmo tempo em que passa a se beneficiar do meu suporte por meio dos sistemas disponíveis para contato para os quais você se registrará. Cabe a você começar desde que se registre. Para saber mais, entre em contato conosco.

 

Ao longo do curso, formularei perguntas e oferecerei exercícios que visam desenvolver sua autonomia na sua aprendizagem. Acompanharei você durante todo o curso e depois da conclusão para ganhar confiança em sua capacidade de aplicar a Fitoterapia. Ajudarei você para avançar na superabundância de conhecimento que vai receber.  Acredito no poder do relacionamento e, por isso, oferecerei suporte personalizado e presença contínua. Estarei sempre disponível para responder suas perguntas e apoiá-lo em seu aprendizado.

 Nossas avaliações serão construtivas e permitira medir a aquisição do conhecimento de maneira precisa, sem ser uma fonte de estresse. Encorajamos você a deixar de lado o estresse do desempenho, incluindo comentários e sugestões, em vez de anotações. Nesse ambiente seguro e sem julgamentos, as avaliações são principalmente oportunidades de aprendizado que permitem aprofundar seu conhecimento.

Perguntas frequentes

Se você tiver dúvidas sobre o nosso curso on-line, provavelmente a resposta está aqui:

  • Eu gostaria de me tornar um Fitoterapeuta. Qual curso deve fazer?

O Fitoterapeuta é um profissional que se posiciona como um técnico de saúde especializado em plantas medicinais, mas também com conhecimento da fisiologia do corpo humano e das suas patologias. O Fitoterapeuta mal preparado também contribui para desmoralizar a fitoterapia.  Ele faz indicações que não funcionam e o paciente, por sua vez, atribui a falta de eficácia à planta indicada, não percebendo que aquele profissional é que não entende de plantas medicinais e ou foi mal preparado.

  • O certificado Fitoterapeuta?

Ofereço um certificado para certificar que cumpriu as etapas dos módulos dispostos no curso e adquiriu o conhecimento por meio dele.

  • Por que pagar por um curso sobre plantas medicinais, quando há tantas informações gratuitas na internet?

É verdade que essas informações gratuitas, às vezes, é relevante, mas estão longe de ser um conteúdo valioso! A grande vantagem do meu curso é que permite fazer comparações entre as diferentes noções aprendidas em cursos gratuitos. Nesse você terá acesso a uma Fitoterapia plena com informações e receitas que se mostraram eficazes, além das evidências cientificas que complementam o arsenal terapêutico ensinado.

Eu ofereço um dos melhores e mais completo curso em Fitoterapia clínica para aqueles que desejam oferecer a Fitoterapia as seus clientes. Informações inéditas e confiáveis sobre ervas medicinais que você não vai encontrar na internet e em nenhum livro. Seu conteúdo está fundamentado também em conhecimentos tradicionais e estudos científicos atualizados sobre plantas e vegetais utilizados na prevenção e tratamento de diversas doenças. Os trabalhos científicos são sérios e as fontes bibliográficas são confiáveis.

Sem contar que, as informações encontradas gratuitamente on-line nem sempre são confiáveis. Muitas vezes é oferecido por uma empresa que quer que você compre um produto mais tarde. Portanto, não é objetivo. Esse curso conta com um diferencial que jamais será encontrado em cursos gratuitos.

  • As plantas e as fitossubstâncias tratadas no curso são facilmente acessíveis? Sim.
  • É possível receber empréstimos e bolsas para estudar? Infelizmente, não. Mas quem presta serviços a uma comunidade pode pedir que ela contribua para que possa buscar o conhecimento.
  • Eu já conheço plantas medicinais. Para pessoas que já têm conhecimento em Fitoterapia, bem como para iniciantes.

Nesse curso permitimos que os alunos que já têm uma base de conhecimento em Fitoterapia, aprofundem sua compreensão das plantas medicinais para melhor entender seu funcionamento e, assim, obter melhores resultados no tratamento de várias patologias.

  • Eu gostaria de me tornar um produtor e processador de plantas medicinais. Seu curso sobre plantas medicinais me ajudará?
  • O curso Foi criado para permitir que todos possam curar e cuidar de seus entes queridos, ou pacientes com plantas medicinais e Fitonutricao. Eu ensino a você como fazer certas transformações, mas ele não e direcionado o cultivo de plantas medicinais. E um curso muito completo para conhecer as propriedades das plantas que você quer cultivar e as mais usadas e que agregam mais valor comercial. Você também aprenderá como fazer as transformações, das partes das plantas quando colhê-la, mas não aprenderá a cultivá-la. Então, é um curso útil, mas não será suficiente, pois o plantio requer a orientação do engenheiro agrônomo. Além disso, em vários países, a produção de erva medicinal deve obedecer a regras fitossanitárias e a venda de produtos fitoterápicos é regulamentada e sua produção deve ocorrer em uma indústria que atende as regras dos órgãos reguladores.

 

 

Mergulhe  em um universo fantástico, a Fitoterapia.

Estas aulas de Herbalismo são ideais para enriquecer o seu conhecimento de uma forma agradável e flexível. Além do uso terapêutico de plantas e alimentos, para que um processo de cura seja holístico, transformador e eficaz, é essencial considerar os fatores básicos de saúde. Nós todos sabemos da importância de beber água, dormir bem, descansar e fazer exercícios. Este curso não só instiga o aluno a aprofundar, mas especialmente experimentar em si mesmos o seu impacto profundo na saúde, na concentração, na libido. Em suma, no bem-estar.

O corpo humano tem fascinado e assustado desde o começo dos tempos. E mesmo que novos resultados de pesquisas em biologia humana sejam publicados todos os dias, o que acontece em nossas entranhas continua sendo um mistério para a maioria das pessoas.

Eu projetei um curso que mostra a função das ervas medicinais na fisiologia humana personalizada para permitir que desmistifiquem o funcionamento biológico que elas podem fazer por meio dos seus compostos focando no funcionamento da célula para regular um desequilíbrio ou conter a evolução de uma doença.

Ofereço-lhe para descobrir uma visão das ervas:

  • destacando as ligações entre a sabedoria antiga e as descobertas mais recentes feitas por meio dos milhares de estudos científicos
  • A abordagem das plantas de um ponto de vista funcional é uma aposta bem sucedida: o feedback das experiências, a prática vivenciada ao longo de 49 anos, tornara as aulas particularmente viva, e vibrante, apesar das distancias que nos separam.
  • Este curso irá ajudá-lo a desenvolver uma visão concreta e precisa de por que e como usar cada uma dessas plantas através da minha experiência e dos êxitos que obtive ao longo dessas décadas de aplicação pratica delas. Compartilharei minha experiência com você através de exemplos reais e concretos.

Você será capaz de entender melhor as informações que estão nos módulos, incluindo as propriedades e usos das plantas medicinais.

  • Plantas medicinais estudadas. O que a pesquisa científica diz?
  • Resumos por módulos para comparar as plantas medicinais e ver seu efeito concreto de caso.
  • Como parte dos módulos, você irá:
  • estudar em profundidade as plantas medicinais que constam no módulo e ter acesso a resumos das evidências cientificas feito nelas ou em seus compostos;

- desenvolver um senso crítico sobre as informações disponíveis nas literaturas e nos próprios cursos sobre plantas medicinais;

  • experimentar pessoalmente as propriedades organolépticas das plantas medicinais através de experiências pessoais;
  • explorar várias transformações feitas com plantas e solventes adaptados a cada planta;
  • aprender a diferenciar e identificar plantas medicinais e o que as torna diferentes umas das outras;
  • aprender a esquematizar e sintetizar esse conhecimento para utilizá-lo de maneira concreta e correta.

 

Guia de plantas medicinais que são descritas em todos os seus detalhes:

  • Imagens por meios de fotos
  • Nome botânico, nomes comuns.
  • propriedades medicinais
  • modos e formas de usos
  • usos tradicionais
  • interações medicamentosas e contraindicações
  • componentes identificados
  • receitas e mais...

 

Os módulos

Os módulos reúnem todas as informações necessárias para entender e usar plantas medicinais. Foram elaborados cuidadosamente para maximizar a assimilação das informações, sempre na perspectiva de entender e agir sobre as doenças que estão causando os desequilíbrios na saúde das pessoas.

 

Faz parte do curso de Fitoterapia online módulos com centenas de páginas. 

Ao todo serão mais 2000 páginas com um super, inédito e rico conteúdo.

- módulo com noções gerais e evolução da Fitoterapia;

- módulo com plantas medicinais que devemos ter para um pronto socorro e vão agir em algumas urgências;

- módulo  com técnicas de preparo de algumas formas fitoterápica ilustradas por fotos.

- módulos  com as  ervas medicinais e sua ação no organismo, com as evidências cientificas mostradas pelos estudos que avaliaram a sua eficácia. Nesse módulo consta ervas medicinais com mais de 800 trabalhos científicos sobre eficácia e benefícios na prevenção, na regressão e na cura de mais de 300 doenças.

- modulos por doenças, exemplo: doenças cardíacas, doenças pulmonares, doenças hepáticas, doenças cerebrais, doenças osteoarticulares, doenças gastrointestinais, etc.

- módulo com Plantas medicinais que podem ser cultivadas em quintais, casas ou apartamentos;

Módulos específicos sobre

  • Fitoterapia
  • Ervas medicinais
  • Fitotermoterapia
  • Chás medicinais
  • Licores Medicinais
  • Óleos medicinais
  • Suco e chá Detox
  • Fitogeoterapia
  • Um super guia com citações dos Fitonutrientes

 

 

 Formulação, dosagem, e tempo de uso.

>>> Desenvolver uma receita ou protocolo de plantas medicinais é quase uma arte. Foi uma co-criação que desenvolvi para atender as demandas dos doentes.

Este curso tem como objetivo colocar seus conhecimentos em prática, desenvolvendo sugestões de cuidados para responder a casos clínicos diversos. É uma forma em que você aprenderá a passar orientações e conciliar suas observações, seu conhecimento para a pessoa à sua frente buscando alivio para suas dores.

 Ética e seriedade no processo terapêutico

É essencial ter um quadro claro, saudável e profundamente ético na prática da Fitoterapia clínica, como em todas as áreas da saúde. Criamos este módulo para a segurança de seus clientes, bem como a sustentabilidade e reconhecimento de seu trabalho. Especialmente, criei porque sei que é reconfortante contar com diretrizes claras para orientar nossa prática.

Através de perguntas, cenários e estudos de caso, exploramos, entre outras coisas, as noções de ética e contexto legal. Também olhamos para muitas facetas do relacionamento, começando com o relacionamento consigo mesmo, que é tão crítico para o relacionamento com os outros, e com a dinâmica relacional. Estudar essas noções permitirá que você não apenas evite as armadilhas típicas do terapeuta, mas também desenvolva uma relação terapêutica saudável que, por si só, traga cura. Trabalhar com formas para ancorar uma aparência franca em si mesmo para passar confiança e credibilidade.

 Interações e contraindicações

As interações entre plantas e medicamentos preocupam muitas pessoas. Assegurar que as potenciais interações entre plantas medicinais e medicamentos sejam levadas em consideração. Entender as interações farmacocinéticas e farmacodinâmicas entre suas ferramentas terapêuticas e os medicamentos prescritos consumidos pelos clientes é parte integrante do treinamento e da prática da Fitoterapia. O herborista tem que usar ferramentas de referência atualizadas e ter uma boa compreensão do processo de assimilação e ação dos agentes terapêuticos recomendados.

Para praticar a Fitoterapia (Herbalismo) com segurança, é importante entender as possíveis interações entre plantas e medicamentos prescritos que nossos clientes, ou entes queridos, consomem.

Para garantir que esse problema não se torne uma barreira para a implantação de suas habilidades de Fitoterapeuta, elaborei um módulo para aumentar sua confiança e segurança. Este módulo será a oportunidade de rever seus conhecimentos adquiridos em cursos para familiarizá-lo com os conceitos básicos de farmacocinética e farmacodinâmica.

 As plantas podem substituir os remédios alopáticos?

Antes não havia a medicina moderna e sua farmacopeia de drogas sintéticas, havia plantas, e as civilizações antigas sabiam como usá-las para tratar doenças comuns e até mesmo doenças que ameaçavam a vida. Há momentos em que pode ser mais inteligente usar um chá de ervas do que um produto farmacêutico. Às vezes, uma erva oferece uma alternativa mais segura.  Os riscos envolvidos em tomar certos medicamentos incentivam mais e mais pessoas a recorrerem à Fitoterapia. As plantas medicinais têm sido usadas desde tempos imemoriais e podem substituir as drogas com as quais estamos acostumados?

Ao contrário das drogas convencionais que buscam isolar moléculas, as plantas representam um conjunto de substâncias que funcionam em sinergia, e é justamente essa adição de substâncias que está na raiz de suas muitas propriedades. Nesse sentido, quando adequadamente utilizadas e adaptadas às nossas necessidades do doente, e dependo da condição clinica, as plantas substituem com vantagens. O desejo de recorrer a tratamentos com ervas vem em grande parte dos riscos da medicina moderna. De fato, estima-se que um quarto dos medicamentos convencionais apresentem riscos de acidentes que possam comprometer a saúde ou a vida dos pacientes, mas a substituição deve ser criteriosa.

Em quais casos devemos usar a Fitoterapia ou a medicina convencional?

 A fitoterapia é uma alternativa interessante para pessoas que são cautelosas com a medicação moderna e querem aliviar os sintomas de intensidade moderada que não requerem o uso de drogas sintéticas, cujos efeitos colaterais às vezes são severos. Também ajuda a reduzir os custos dos medicamentos e a evitar possíveis dependências. Também é útil para pessoas que sofrem de alergias a certos componentes sintéticos.

 

O Guia Fitoterapia Regenerativa

Através de terapia regenerativa, podemos imaginar curas para muitas das condições mais debilitantes de hoje, desde doenças cardíacas e diabetes, até insuficiência cardíaca e renal e distúrbios neurodegenerativos. Há ativos naturais que são capazes de minimizar e até inibir as degenerações, permitindo ao sistema orgânico se regenerar. Esses ativos têm função importante na prevenção e até na regressão de alguns danos já causados pelo declínio do organismo. 

 

Guia Sistema imunológico: Estimular a imunidade

   Outra condição comum no processo de doenças é que em geral a imunidade e a força do sistema imunológico que é a arma principal na capacidade do organismo para combater doenças estão enfraquecidas. Por conta desse enfraquecimento, o corpo geralmente fica menos capaz de afastar os seus efeitos num sistema celular, por conseguinte, o aparecimento de danos celulares e de doenças é facilitado. Existem formas comprovadas de aumentar a forca celular. Ao seguir protocolos específicos de Fitonutrição, a produção de energia imunológica pode ser restaurada e mantida.

Guia Sistema linfático: patologias e recomendações

  As plantas linfáticas são pouco usadas e seu espectro de ação é pouco compreendido. Ao ajudar a linfa, ajudamos todas as patologias linfáticas, mas também indiretamente várias outras patologias: Cistos e nódulos. Linfedema, Linfadenopatia

 

Este módulo, como todos aqueles na série de patologias e recomendações, é uma oportunidade para rever e esclarecer todos os conceitos que você aprendeu nos cursos de Matéria Médica, e naturologia. Tudo isso é cuidadosamente tecido com as mais recentes pesquisas científicas sobre o assunto, a fim de fornecer uma visão global das formas terapêuticas e as formas de abordá-los.

 O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento  do  Sistemas Cardiovasculares e cerebrovasculares

As doenças a serem intervencionadas incluíram doença vascular diabética, doença cardiovascular, doença cerebrovascular, doenças vasculares periféricas, doenças microvasculares e doenças vasculares renais. TCM tratamento da doença vascular pode ser um método eficaz.
 

Um guia sobre as doenças cardíacas. 

As doenças a serem intervencionadas incluíram doença cardiovascular, doença cerebrovascular, doenças vasculares periféricas, doenças microvasculares, doença vascular diabética, e doenças vasculares renais. 

 

Nesse Guia de saúde especificamente, relacionados à saúde cardiovascular, faço um tour detalhado da anatomia e fisiologia do seu sistema cardiovascular. Nesta explicação detalhada, você descobrirá que a saúde cardiovascular é possível e que as doenças cardíacas são até mesmo reversíveis! Informações sobre doenças cardíacas naturalmente revertidas podem ser inacreditável para alguns, mas o segredo de saúde cardiovascular revelado neste guia também pode abrir seus olhos para um novo mundo de como a Fitoterapia pode ajudar a curar até mesmo as condições de saúde mais graves, atuando em primeiro lugar raiz do problema.

As doenças cardiovasculares são as que mais afetam as pessoas de todas as idades, por conta disso, é importante acentuar o uso das Fitossubstâncias que ajudam na prevenção e na regeneração do coração.

   Para a prevenção ou para o tratamento das doenças cardiológicas necessitamos das ações farmacológicas das Fitossubstâncias que agem como:  antiplaquetária, antitrombótica, vasodilatadora, antihipertensiva, antiaterogênica, anticoagulante, fibrinolítica, hipolipidïaca, neocardiogênica, bloqueadoras de canais de cálcio, inibidora da angiotensina e anti-inflamatórias dirigida especificamente para o tratamento. Seguir orientações nutricionais e dos chás para fortalecer artérias melhorar o sistema cardiológico pode ajudar a reduzir riscos, os sintomas e consequentemente ajudar na recuperação mais rápida das doenças que afetam o coração.

>> Nessas doenças os módulos foram feito de forma separada para cada uma dessas ações acima mencionada, inclusive com um link para as publicações científicas das centenas de fitossubstâncias, as ervas medicinais e as plantas alimentícias que passaram pelo crivo científico e mostram evidências de eficácia terapêutica nas doenças cardiovasculares. 

Concentrando-se na prevenção com informações práticas e estratégias que você precisa saber para evitar e parar as doenças cardíacas, a maioria delas podem ser prevenidas.

Doenças Cardiovasculares - Estenose Aórtica, Insuficiência cardíaca, Fibrilação Atrial, Cardiomegalia, Aneurisma, Arritmia cardíaca,  Bradicardia, Angina Pectoris,  Ataque cardíaco recuperação, Artéria entupida, Cardiomiopatia Dilatada, Cardiomiopatia Hipertrófica, Estenose aortica, Espessamento Arterial, Espessamento da Mídia Intima, Fibrilação atrial, Fibrilação ventricular, Doença de Chagas e Taquicardia. 

Colesterol alto, Fibrinogênio Elevado, Proteína C-reativa alta, Homocisteína alta.

Arteriosclerose, Aterosclerose, Hipertensão, Ateroma. 

Cerebrovasculares - AVC Prevenção, AVC derrame, Avc isquêmico transitório. Estenose carotídea, Estreitamento da Artéria Carótida. Convulsões epilépticas, 

    A boa notícia é que nós podemos contar com as ervas medicinais para ajudar nessa prevenção.  As consequências das doenças das artérias coronárias comum em nossa sociedade podem ser minimizadas. Algumas plantas medicinais podem ajudar a manter o coração saudável, fornecendo-lhes fitossubstâncias e fitonutrientes de que ele necessita para funcionar bem. 

Há uma série de ensaios clínicos e diversos estudos, que demonstraram evidências e efeito benéfico de várias fitossubstâncias que atuam nas condições clínicas do coração agindo e tendo atividade.

>>> antifibrótica, prevenir a restenose, proteger contra isquemia, regenerar o miocárdio, regular o metabolismo lipídico, diminuir a rigidez arterial, baixe a proteína C-reativa alta, melhore a espessura da artéria, diminuição da espessura da aorta,  diminua a agregação de plaquetas, previna o espessamento das artérias, estimula a regeneração do miocárdio, reduza a progressão da aterosclerose,  diminua e previna a hipertrofia cardíaca, antitrombóticas e os efeitos fibrinolíticos, evite a diminuição da espessura da aorta, efeitos antiateroscleróticos, age como bloqueadora do canal de cálcio, confira melhorias na função cardiovascular, pode proteger contra a insuficiência cardíaca, tenha efeitos antiespasmódico e vasodilatadores, efeitos de anticoagulação do sangue, efeitos benéficos sobre marcadores inflamatórios, regrida a lesão do miocárdio após oclusão da artéria, tenha a capacidade de estabilizar a placa vulnerável, tenha um papel protetor em doenças cardiovasculares, atue como um agente antifibrótico eficaz no miocárdio, pode exercer ações preventivas contra a aterosclerose, suprima o espessamento da camada íntima das artérias, tem um efeito regenerativo sobre o miocárdio infartado, diminua o desenvolvimento de lesões ateroscleróticas, melhorar a permeabilidade da artéria coronária e carótida, melhora a contração vascular aumentada em aortas diabética, retardar a progressão da espessura da carótida íntima-média, seja capaz de proteger o músculo cardíaco de lesão isquêmica,pode melhorar o potencial de regeneração em tecidos isquêmicos, contribuir para a regeneração da fibra muscular e reparação muscular, atenue a hipertensão pulmonar, influencie na capacidade de regeneração de tecidos cardíacos e vasculares, possa ser uma alternativa de tratamento para a aterosclerose prematura, inverta disfunção vasomotora endotelial em pacientes com doença arterial, tenha efeito benéfico sobre a progressão de placas ateroscleróticas da carótida.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento do Câncer: recomendações de apoio para coadjuvar com os tratamentos médicos convencionais

A missão do Mediador é otimizar a saúde, promover a longevidade e melhorar a qualidade de vida das doenças crônicas, especialmente o câncer; e fornecer uma abordagem abrangente para a transformação de cuidados de saúde para indivíduos e seus cuidadores. 

 Nossa abordagem complementar aos tratamentos do câncer combina o cuidado fitonutricional como terapias complementar mais adequadas para o indivíduo. O objetivo é fornecer aos profissionais de saúde e seus pacientes as ferramentas para alcançar uma maior vitalidade e um maior potencial de sobrevivência. Uma forma para desmistificar que a Fitoterapia e a Fitonutrição não só pode contribuir para o tratamento o câncer, mas também o apoio incomparável que um herborista qualificado pode trazer para o paciente oncológico. A Fitoterapia é um recurso complementar para a medicina alopática e o terapeuta herbalista é capaz de garantir que as sugestões oferecidas não entrem em conflito com nenhum tratamento ou medicação já prescrita pelo seu médico.

As plantas interferem nos tratamentos do câncer?

Essa vem sendo uma das alegações de quem desconhece a atividade terapêutica fitossubstâncias das plantas medicinais.

O objetivo deste capítulo é fornecer uma visão geral da fisiologia desses efeitos e oferecer formas de abrandá-los.

 É altamente recomendável usar Fitossubstâncias naturais para fortalecer o sistema imunológico para tratar o câncer, não importa em que fase o paciente com câncer está.

  • No doente oncológico, a Fitonutrição adequada e acompanhada por um programa que vise o fortalecimento contribui para:
  • ultrapassar melhor os sintomas dos efeitos colaterais
  • uma ingestão de fitonutrientes mais correta
  • um menor tempo de hospitalização
  • melhor resposta aos tratamentos
  • melhoria do prognóstico
  • menores limitações associadas à doença e aos tratamentos
  • diminuir as infecções e complicações pós-operatórias

 A diarreia como possível consequência da quimioterapia e da radioterapia: como vencer e até evitá-la? O que fazer face a essa diarreia?  Se não for controlada, a diarreia pode levar à perda de líquidos e sais minerais e, nos casos mais graves, à desidratação, já para não falar no prejuízo na qualidade de vida dos doentes, às vezes, levando a interrupção do tratamento. Assim, há certas medidas naturais para o controle desta situação.

Náuseas e vômitos são dois dos efeitos colaterais mais preocupantes que os pacientes experimentam durante a quimioterapia.

Pontos chaves em um guia é controlar a Estomatite induzida pela quimioterapia, a dermatite causada pela radioterapia, a queda de plaquetas causada pela quimio, Leucopenia induzida pela quimioterapia

  • Este guia se concentra em ervas e nas fitossubstâncias que mostraram potencial em pesquisas baseadas em evidências para diminuir crescimento de câncer, ou seja, adjuvante com tratamento convencional de câncer para pacientes que tem ou tiveram câncer.

A Fitoterapia pode aumentar a sobrevivência?

  As terapias integrativas para a oncologia, como Fitoterapia, Fitonutrição, geralmente são oferecidos para facilitar e controlar os efeitos colaterais prejudiciais de tratamentos convencionais, como quimioterapia e radiação. No entanto, há evidências crescentes de que uma abordagem integrativa para o cuidado do câncer também pode prolongar o tempo de sobrevivência. Hoje, o peso das evidências indica que "o uso de compostos Bioativos derivados de plantas podem atingir células cancerígenas e modular o microambiente tumoral".

  A Fitoterapia em vez de atuar sobre células tumorais e aumenta os recursos imunológicos do paciente para que o próprio corpo ajude a destruir o tumor.

  • Algumas ervas, fitossubstâncias e fitonutrientes podem diminuir o crescimento do câncer.
  • Ervas, fitossubstâncias e fitonutrientes podem ser usados ​​como adjuvantes no tratamento de câncer.
  • Em estudos preliminares, com ervas, fitossubstâncias e fitonutrientes mostraram ter potencial para o tratamento do câncer.
  • Abordo, entre outras coisas:
  • As formas de ajudar no controle dos efeitos colaterais dos tratamentos que são as náuseas, quedas de plaquetas e etc.
  • As chamadas plantas "anticancerígenas" e como usá-las.
  • Como avaliar o quadro de uma pessoa e ver o que especificamente pode ajudar sem interferir no tratamento medica padrão.
  • Suporte durante tratamentos convencionais e possíveis interações.
  • Limites terapêuticos.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento das doenças osteoarticulares e Musculoesqueléticas

Agrupei as patologias que acomete os sistemas, articulares, musculares e locomotores dentre elas estão os Osteófitos (Bico de papagaio), Osteoartrite, Osteoporose, Osteopenia, Fibromialgia, Hérnia de disco, Bursite, Artrite, Tendinite e tendinopatias Espasmo muscular, Espasticidade muscular, Espondilite anquilosante, Espondilose, Espondilose cervical, Esporão ósseo, Gonartrose, Sarcopenia, Tendinose, Tendinose de Aquiles, Tinea Pedis, 


Artrose - Alimentos regeneradores para ajudar a regenerar as cartilagens

Fibromialgia - Com aumento de casos dela que é uma das doenças que é pouco conhecida principalmente, porque é diagnosticada erroneamente. De fato, a perícia para reconhecer e tratar esta doença e difícil existe, especialmente em sua forma crônica, que ainda pode ter efeitos devastadores sobre o sistema musculoesquelético. Através de uma ótica da Fitoterapia, compartilharei formas de melhorar as pessoas que lutam contra a doença. Fornecer tratamento eficaz, com o potencial de aliviar e até reduzir drasticamente o sofrimento de seus clientes a curto e longo prazo.

Músculos, ossos e articulações juntos formam o sistema musculoesquelético do corpo e, assim, permitem a nossa mobilidade. Mas sofrem degenerações em pessoas, especialmente, de idade, tornando importante acentuar o uso das Fitossubstâncias que podem ajudar na prevenção, na regeneração e a revitalizar o tecido conjuntivo. Há uma série de ensaios clínicos e diversos estudos, que demonstraram evidências e efeito benéfico de várias fitossubstâncias que atuam nas condições clínicas relacionadas a seguir.

  • Protegem os músculos,  diminua a rigidez articular, evitam a artrose prematura, diminuem e previnem as atrofias, melhoram a contração muscular,
  • Melhoram a espessura muscular, melhoram a permeabilidade da pele, regride a inflamação das artrites, previnem o espessamento das vértebras,
  • Diminui e desfaz a agregação de Osteófitos, estimulam a regeneração da musculatura, mantem as articulações flexíveis e móveis,
  • Evitam a diminuição da espessura da cartilagem, age como regeneradora das cartilagens articulares, afeitos benéficos sobre marcadores inflamatórios,
  • Eficazes para controlar a inflamação osteoarticulares, diminuem o desenvolvimento de lesões musculares,
  • Reduzem a progressão da degeneração das articulações, atua como antifibrótico, desfaz as atrofias e hipertrofias,
  • Mantem articulações saudáveis, ossos, ligamentos e tendões, melhora o potencial de regeneração de tecidos musculares,
  • Melhoram dores e função física em pacientes com osteoartrite, confere melhorias na função da marcha, melhorando o caminhar,
  • Contribui para a regeneração da fibra muscular e reparação muscular. Eliminar Inflamação das articulações e músculos - Fadiga profunda

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento  das doenças dos olhos 

Neste guia vamos conhecer e saber como prevenir as principais doenças dos olhos. Há  vários estudos que indicam evidências de eficácias de algumas Fitossubstâncias.

  •  Abordaremos as plantas e as fitossubstâncias que tiveram suas eficácias confirmadas para algumas destas doenças.  Ambliopia, Astigmatismo, Blefarite, Catarata congênita, Catarata, Ceratocone, Terçol, Degeneração Macular, Degeneração Retiniana induzida pela Luz, Deslocamento de retina, Doenças do Nervo, Óptico,  Estrabismo,Glaucoma, Hipermetropia, Hipertensão Ocular, Maculopatia, Neuropatia Óptica, Pterígio; Retinoblastoma; Retinopatia diabética; Úlcera corneana, Conjuntivite, Retinite Pigmentosa, Conjuntivite, Conjuntivite alérgica, Conjuntivite: Bacteriana, Blefarite, Gota exoftálmica, uveite, Hipertensão intraocular, Hipertensão Ocular, Hipertensão ocular Induzida por esteróides, Neovascularização Corneana, Neovascularização coróide, Neurite óptica. 

 

  O diagnóstico precoce das doenças oftalmológicas, assim como a realização de uma terapêutica adequada são imprescindíveis para a diminuição dos danos e evitar a perda da visão. Dentre as citadas acima, algumas podem levar à perda de visão, outras causam certo desconforto ou levam à redução da acuidade visual.  Quando devidamente tratadas todas essas doenças podem ser contoladas.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento  das doenças da pele

  • Dermatite atópica,  Dermatite seborréica, Dermatite Actínica, Dermatite Eczematosa, Dermatite Esfoliativa,  Dermatofitoses, Dermatomicoses, Dermatomiosite, Dermatosis bolhosa, Dermopatia Idiopática, Epidermólise bolhosa, Erupções cutâneas, Esclerodermia, Psoríase, Queloide,

     Serão abordadas nesse modulo em breve com maiores detalhes e maior ênfase nas plantas e nas fitossubstâncias que tiveram suas eficácias confirmadas. Há  vários estudos que indicam evidências de eficácias de algumas Fitossubstâncias.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição na recuperação pós-operatória

  • Cirurgia controlar a Ansiedade pré-cirurgia,  aliviar a dor pós-cesariana, eliminar o edema pós-operatório, eliminar a dor pós-operatório, constipação pós-operatório, acelerar a cicatrização cirúrgica, eliminar o hematoma. Reduzir o inchaço, alivia a dor  e acelerar a cicatrização de tecido cicatricial e atua como um antisséptico para prevenir a infecção. 

A resposta de cura do corpo a uma corte vem em etapas; plaquetas no sangue coagulam e glóbulos brancos inundam o local para combater entidades invasoras. As células da pele então se multiplicam pelo corte para fechá-lo; capilares se formam sob a nova pele, e o colágeno é produzido para fechar totalmente o corte à medida que ele amadurece. Este processo pode ser acelerado, no entanto, pela aplicação tópica de ervas anti-inflamatórias e antioxidantes específicas.

Embora o corpo seja capaz de curar a si mesmo naturalmente, parece desnecessário sofrer o desconforto e a suscetibilidade à infecção causada pelo corte cirúrgico que e uma lesão no tecido do corpo , quando existem formas naturais de acelerar o processo.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento  das  Doenças Renais

  • Nefropatia, Nefrite, Incontinência Urinaria, Pedra no rim e bexiga, creatinina elevada, Necrose tubular renal: aguda, Nefrite, Nefrocalcinose, Nefrolitíase, Nefropatia, Nefropatia diabética, Nefropatia IgA, Nefropatia Obstrutiva, Nefropatia por ácido úrico, Nefropatia: Diabética,  Nefropatia Infecciosa, Nefropatia Membranosa, Idiopática, Pielonefrite.
  • apresenta efeito na dissolução, na prevenção e no controle da urolitíase ao dissolver as pedras nos rins.
     
    As pessoas que seguiram nosso protocolo tiveram redução do tamanho de pedra nos rins. Houve caso de pedras com 26 milimetro que reduziu em 3 semanas para 13 milimetro.
    Apresentar efeito na dissolução ao dissolver as pedras nos rins. Agir na prevenção e no controle da urolitíase.
    As pessoas que seguiram o protocolo tiveram redução do tamanho de pedra nos rins. Houve caso de pedras com 26 milimetro que reduziu em 3 semanas para 13 milimetro. Apresentarei na aula as ecografias que mostram  o antes e depois do tratamento.

 

Guia Sistema respiratório: patologias e recomendações

Curando e Prevenindo Infecções Respiratórias com Plantas Medicinais.  Numerosos estudos fornecem evidências claras de que a Fitoterapia melhora. 

  • Doença Pulmonar Obstrutiva. Gripes, Rinites, Faringite, amígdalite, Sinusite, Pólipos nasais,  Congestão nasal. Doenças do pulmão = Enfisema Pulmonar, Asma, Bronquite, tuberculose, Pleurisia, Pneumonia, Pneumonia associada ao ventilador, Pneumonia Eosinofílica, Pneumonia: induzida por drogas, Pneumonia: Intersticial, Edema pulmonar, Pneumonite, Bronquiolite. 

 Quais plantas medicinais escolher de acordo com os sintomas presentes: muco, tosse e outros. Plantas medicinais para curar infecções virais ou bacterianas. Plantas medicinais para prevenir ou evitar infecções repetitivas. Receitas eficazes para a tosse, para eliminar mucos e inflamações.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento Doença genital masculina

  • Doenças Testiculares, Impotência e Disfunção Erétil, Hipertrofia da próstata, Ejaculação precoce, Doença de Peyronie, Disgenesia testicular, Epididimite, Impotência, Libido superativa, Libido Baixa, Prost atite bacteriana, Prostatite aguda, Prostatite Crônica,

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento essas condições hematológicas

  • Eosinofilia, Leucodistrofia, Leucopenia, Pancitopenia, Linfocitopenia ou linfopenia, trombocitopênica, Trombocitopatia, Neutrófilos Elevados, Neutropenia, Neutropenia Cíclica, Neutropenia induzida pela quimioterapia, Neutropenia induzida por drogas.

 

  • O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento de Calcificação.

     Calcificação que é a origem de muitas doenças.

    Calcificação aórtica, Calcificação Arterial, Calcificação da Glândula Pineal, Calcificação ectópica, Calcificação Vascular, Calcificação: Arterial, Calcificações Cerebrais, Calcificações esplênicas, Cálculos biliares, Cálculos no rim e na bexiga.

  • Calcificação que é a origem de muitas doenças. 
     Calcificação aórtica, Calcificação Arterial, Calcificação da Glândula Pineal, Calcificação ectópica, Calcificação Vascular, Calcificação: Arterial, Calcificações Cerebrais, Calcificações esplênicas, Cálculos biliares, Cálculos renais e bexiga. 

 

Guia sistema Digestivo, Gástrico e Hepático: patologias e recomendações

  • Ofereço nesse guia não só uma compreensão completa das patologias diretamente relacionadas com o sistema digestivo, mas também uma visão geral das ligações fisiológicas entre o sistema digestivo e as plantas que os regulam e as resolvem. Desde doenças crônicas e sistêmicas que parecem, a priori, não ter solução e contam com recidivas permanentes tais como

Estômago 

Gastrite, Esofagite, Esofagite eosinofílica, H. pilore, Ulceras Gástricas, Refluxo Gastresofágico, Hérnia de Hiato, Duodenite, Afta, Dispepsia, Espasmo gástrico, Pangastrite, Disfagia, Disfasia, Polipose Gástrica. 

Doença da vesícula biliar

 Colecistite, Colite, Colite Ulcerativa, cálculos biliares, Bilirrubina.

Doença Intestinais 

 Diverticulite, Diverticulose, Espasmo Intestinal,  Enterocolite, Constipação crônica, Disenteria, Gastroenterite, Retocolite, doença de Crohn, e Colite ulcerativa,  Espasmo Colônico, Pólipos Intestinais, Prisão de ventre, Proctitis, Peritonite, Proctocolite Ulcerativa.

Baço  Esplenomegalia

Pancrea - Pancreatite  

Doenças do fígado

Esteatose Hepática, Hepatites A B C, Cirrose Hepática, Enzimas do Fígado Elevada, Hepatite Crônica, Hepatite E, Hepatite Colestática, Hepatomegalia.

Doenças Periodontais

Halitose, Gengivite, Estomatite da dentadura   

  •  

Guia Sistema saúde feminino

Saúde da mulher com plantas medicinais 

  • Cistite recorrentes, cistos com ovários ou nos seios, endometriose, Endometrioma,  Endometrite, HPV, vaginites, Enxaqueca Menstrual, Cólicas menstruais, Cólicas uterinas, Candidíase Vulvovaginal, 

Protocolo para se livrar desses problemas para sempre e de um jeito natural. Através deste guia, abordo as patologias e distúrbios comuns, bem como recomendações que contribui para a concepção mesmo em casos em que a fertilização invitro não teve êxito. Tudo isso é cuidadosamente tecido com as mais recentes pesquisas científicas sobre o assunto, a fim de fornecer uma visão global das causas dos desequilíbrios e formas de abordá-los. Trago experiências bem sucedidas de mulheres que se tornaram mães, e graças a meus muitos anos de experiência como herborista.

 

 Guia Sistema nervoso: patologias e recomendações

Lutando para criar drogas sintéticas para retardar os distúrbios de memória, pesquisadores modernos descartam remédios de ervas clinicamente comprovadas para estimular a regeneração.

Este é um módulo bem profundo desta série Patologias e Recomendações. Ofereço-lhes não só uma compreensão completa das patologias e perturbações do sistema nervoso comum, mas também uma visão geral das Fitoterapia Regenerativa. Quais os desequilíbrios que podem ser confrontados, as várias afecções sistêmicas e crônicas desse sistema e, finalmente, perspectivas e recomendações, sempre com o objetivo de prepará-lo concretamente para a prática clínica para atender esses casos. Estão cobertas, também noções mais avançadas, como a prevenção de várias doenças neurodegenerativas com plantas medicinais. Epilepsia com Calcificações Cerebrais, Esquizofrenia, Doença de Alzheimer, Parkinson, 

 

Guia Fitoterapia Geriátrica.

 Deficiências no tratamento das pessoas idosas. Por causa de alguns dos mitos propagados, existem deficiências na avaliação e tratamento dos idosos. As pessoas idosas estão sub-representadas nas terapias e no tratamento da dor.

  A dor é uma emergência em geriatria porque provoca anorexia, desnutrição, distúrbios do sono, depressão, perda de independência. Preservar o máximo de autonomia e qualidade de vida deve permanecer uma prioridade.

       Acho que um dos maiores erros da nossa sociedade é acreditar que não podemos fazer nada para evitar os danos que vem com a idade. Envelhecer não significa adoecer.
Embora relatórios recentes já tenham identificado intervenções terapêuticas eficazes, como a suplementação de antioxidantes, uma maior compreensão da extensão e natureza de como a nutrição por meio dos chás influencia o processo de envelhecimento, permitirá o desenvolvimento de abordagens mais eficazes para melhorar a saúde e prolongar a vida humana. 

A Fitonutrição no envelhecimento. Podemos intervir?

     As mais recentes descobertas sobre as fitossubstâncias presentes nas ervas e nos alimentos que podem ajudar na formação de músculos, melhoria da função cerebral, fortalecimento do coração, proteção dos ossos, reforço imunológico e combate às inflamações. Mostro que há recursos terapêuticos muito eficazes que vem sendo ignorados que podem solucionar doenças que se cronificam. O guia constitui-se como material para profissionais da área de saúde que necessitam conhecer recursos e abordagens terapêuticas que pode muito ajudar na saúde do idoso.

  Exemplifico, aqui, o caso de uma senhora de 74 anos, que vinha tendo um problema de saúde que a levava a internamentos frequentes em hospitais (ocorria em média dois internamentos por mês).  Foi sugerido um programa de uso de uns chás para ser usado concomitante com seus medicamentos de uso continuo receitado por seu médico. Houve o controle das crises e está senhora está há mais de 4 anos sem se internar. 

   Vejam este outro caso. Após um acidente vascular cerebral isquêmico, a senhora Mari de 84 anos, foi colocada sob cuidados paliativos. O médico disse para família “não há mais nada que possamos fazer” e lhe dá duas semanas de vida. Uma ressonância magnética mostra os danos causados pelo AVC e um encolhimento do cérebro. Ela não podia mover nada além de seus olhos e boca e não reconhecia seus familiares.

    A família providenciou uma cama hospitalar, um gerador de oxigênio e permanecia 24 horas por dia sob atencao de cuidadores especializados. Seu filho procura ajuda  e recebe uma orientação fitonutricional ​​na forma de sucos e chás, pois ela só pode ingerir alimentos sólidos. Começa a melhorar, imperceptivelmente no começo e depois mais a cada dia. Três meses depois, é óbvio que ela está comunicando suas necessidades com clareza suficiente para participar de seu próprio tratamento. Ela sabe quem é e onde ela está,também reconhece seu marido e família novamente. Oito meses depois a senhora Mari sai diariamente com seu marido. Aos 89 anos, orgulha-se de empurrar a cadeira de rodas.

 

O Guia Fitoterapia e Fitonutrição no tratamento  das doenças a seguir

  • Ácido úrico, Gota, Ureia, Hiperamonemia, 
  • Assaduras
  • Cãibra muscular, Cãibras nas pernas 
    Depressão, Insônia, Irritabilidade, Ansiedade
  • Diabete
  • Emagrecer
  • Enxaqueca
  • Epilepsia e Convulsões
  • Fissura anal 
  • Foliculite
  • Hemorroidas   
  • Herpes Zoster, Herpes genital, Herpes Labial, Herpes zoster ceratite.
  • Gangrena
  • Gripe
  • Hemorroida

  • Insuficiência venosa,
  • Labirintite
  • Otite
  • Plaquetas  Baixas, 
  • Picada de inseto, Piolhos, 

  • Queimaduras
  • Trombose
  • Úlceras varicosas
  • Vermes > Amebíase, Giardíase, Helmintíase,   

 

Tromboembolismo, Tromboembolismo Pulmonar, Tromboembolismo venoso, Tromboflebite, Trombose, Trombose Venosa...

 

 Guia de Fitonutrição - Alimentos terapêuticos

     Desconhecida, subestimada e negligenciada como parte integrante dos recursos de cura. 

     A Fitonutrição  é uma forma potencializar os efeitos benéficos das fitossubstâncias contidas nos alimentos, é uma forma de alimentação personalizada que envolve um planejamento de alimentos para adequar a saúde de um indivíduo. Estudos emergiram devido à percepção de que os efeitos na saúde de fitossubstâncias derivadas de alimentos começam no nível molecular. Comer é algo fundamental, o que todos nós fazemos diariamente. A comida representa um contato privilegiado com o meio ambiente e a qualidade desse contato é amplamente refletida no estado de saúde de uma pessoa. Estamos vendo um fardo cada vez maior de doenças crônicas, impulsionadas principalmente por nosso sistema alimentar e alimentar. Todos agora concordam que uma alimentação saudável é essencial para ser saudável, mas a definição de uma alimentação saudável está muito longe de ser unânimeCom este curso, aspiramos reduzir a fronteira entre comida e remédios. Queremos que você desenvolva um entendimento profundo do impacto da alimentação no corpo e na saúde. Queremos ensinar-lhe como tratar com alimentos e como integrar plantas medicinais em sua alimentação diária para aumentar a vitalidade, diversidade e qualidade. Nós também queremos ajudá-lo a refinar seu pensamento crítico, a fim de encontrá-lo na frente de uma informação superabundante e muitas vezes contraditória.

  • as virtudes terapêuticas de vários alimentos, especiarias e ervas culinárias com uma perspectiva herborista (propriedades medicinais, constituintes, energia, etc.);
  • várias patologias do sistema digestivo;
  • a vantagem de comer plantas medicinais e silvestres em uma base diária;
  • nutrientes e fitossubstâncias reguladoras (incluindo oligoelementos, vitaminas, minerais, fibras, fitonutrientes, etc.);
  • os benefícios e limitações de várias filosofias alimentares e dietas curativas, bem como as visões tradicionais e energéticas dos alimentos e mais!
  • o impacto na saúde de vários alimentos irritantes e substâncias alimentares (alimentos industriais, intolerâncias, alergias, aditivos alimentares, açúcar, etc.);
  • A saúde e a doença começa no prato, e a nutrição desempenha um papel central em todos os sistemas tradicionais de medicina, assim como a prática do Herbalismo clínico.
  • Faça conosco essa viagem e mergulhe no mundo das virtudes insuspeitas das ervas dos alimentos terapêuticos!

     Exemplifico, aqui, o caso de uma senhora de 77 anos, que sofreu uma queda e consequentemente, fez uma fratura no pulso.  Foi ao pronto socorro. Sua filha aguardava no corredor de espera quando ouviu o comentário de um medico para outros médicos sobre sua mãe, “dizia o medico, a senhora que estou atendendo, diz que não toma medicamento de uso continuo e não tem doença nenhuma,  exclamou, pode isso”! Claro que pode, mas infelizmente, isso e tão raro que os médicos ficam surpreso quando se deparam com uma pessoa que aos 77 anos não tem doença e não toma remédios. 

       Essa senhora fez um dos meus cursos, há 30 anos, na época apresentava alguns problemas de saúde e aprendeu meios para solucioná-los e evitar recidivas e também mudou seu hábito alimentar passando a fazer uma alimentação que valorizasse os fitonutrientes, bem como passou a valorizar a Fitonutrição.

     Seus resultados foram de mudança de vida. Ela superou muitos problemas simplesmente aprendendo a se alimentar. Compreender quais alimentos era perfeito para seu corpo e aderir a uma alimentação mais saudável e nutritiva, a fim de aliviar os problemas de saúde que a incomodava e prevenir futuros problemas de saúde foi o que ela aprendeu no curso.

     A conexão entre alimentação e doença não é um conceito novo. Mas Hipócrates (pai medicina) sabia disso, ele observou que a comida deve ser o seu remédio. Você pode mudar sua vida, transformar seu corpo, prevenir doenças, do resfriado comum às doenças cardíacas, simplesmente, mudando sua alimentação. O corpo humano é uma máquina maravilhosa. Se nós a tratarmos com respeito e alimentarmos corretamente, ela durará e nos permitirá viver a vida ao máximo, em ótima saúde, livre de dor e doença. O corpo é projetado para se curar, e com os alimentos certos, pode. Você pode mudar sua saúde em 90 dias.

     Uma vida livre de doenças gira em torno da Fitonutrição. Ao fazer pequenas mudanças viáveis ​​em cada uma dessas áreas-chave, você pode criar e manter uma boa saúde e, o mais importante, evitar e reverter doenças.

Veja na postagem seguinte, imagem de alimentos elaborados sob o conceito de Fitonutrição.

 

 

A Fitonutrição sempre foi subestimada e negligenciada como parte integrante dos recursos de cura.

Veja alimentos elaborados sob o conceito de Fitonutrição.


As virtudes terapêuticas de vários alimentos, especiarias e ervas culinárias com uma perspectiva herborista (propriedades medicinais, constituintes, energia, etc.).

As ervas medicinais, como parte de um tratamento podem ser acrescentadas ao cardápio, como mostrado na foto. Elas foram espalhadas sobre o bolo, misturadas a salada e a um suco e diluídas numa deliciosa sobremesa. Dessa forma complementamos o tratamento com a Fitoterapia.

 

      Guia das Fitossubstâncias e Fitonutrientes com ações farmacológicas  que foram confirmados por estudos científicos 

 Analgésica, Ansiolítica, Antiapoptótica, Antiadipogênica, Antialérgica, Antiandrógena, Antiangiogênica, Antiansiedade, Antiaterogênico, Antibacteriana, Anticarcinogênica, Anticolesteroide, Anticonvulsiva, Antidepressiva, Antidiarreica, Antiespasmódica, Antifibrótica, Antifúngicas, Antiglicação,  Antihipertensiva, Antiproliferante, Anti-HIV, Anti-infecciosa, Anti-inflamatória, Antimetástica, Antimicrobacteriana, Antimicrobiana, Antineoplásica, Antioxidante, Antiparasitária, Antiplaqueta, Antipalúdica, Antinoceceptiva, Antiproliferativa, Antiprotozoário, Antitrombótica, Antitumor, Antiulcera, Antiviral, Apoptótica , Broncodilatadora, Cardioprotetora, Chemopreventiva, Chemosensibilizadora, Colagogas e Colerética, Citoprotetora, Dermatológica, Desintoxicante, Fibrinolítica, Diurética, Fotoprotetora, Galactogoga, Gastroprotetora, Gastrointestinal, Hematopoiética, Hipnóticas e Sedativa, Hipoglicêmica, Hipolipidemia, Hipotensiva, Imunomoduladora, Imunossupressora, Imunoestimulante, Leishmanicida, Lipolítica, Neuroprotetora, Osteogênica, Pancreato Protetiva, Profilática, Osteoprotetora, Quimioprotetora, Radioprotetora, Quimioterapêutica, Regenerativa, Secretagoga, Renoprotetora, Supressora de oncogene, Teratógena, Telomere Protetiva, Serotonérgica, Uterotônica, Vasodilatador, Termogênica e Vasoprotetora.       

 

Guia de Fitotermoterapia

A Fitotermoterapia é um recurso inovador e eficiente tem surpreendido e apresentado resultado extraordinário e imediato no alivio de dores.

                                                        

Cataplasmas

  A utilização de cataplasma para tratamento dos mais variados males, principalmente em processos inflamatórios, nas dores, nos ferimentos e machucaduras, sempre foi muito utilizada por pessoas que viveram em locais distantes como eu e não contavam com assistência médica. Era uma região desprovida de atendimento médico e hospitalar, onde o hospital mais próximo estava a 146 km de distância. A solução que tínhamos, especialmente quando uma criança acordava chorando com dor de ouvido, de garganta ou com cólica eram as cataplasmas.Também nos valíamos delas quando sofríamos ferimentos por conta do uso de ferramentas na roça e das travessuras das crianças que também geravam lesões. Os adultos sempre apresentavam uma dorzinha aqui outra acolá, que eram logo aliviadas com as compressas.

A composição da cataplasma variava dependendo da necessidade e do tipo de dor ou doença.

  Dessas necessidades que me fez buscar na natureza algo que pudesse auxiliar nos problemas de saúde que nos acometiam na época, valorizei muito esse excepcional recurso terapêutico. Considero que essas necessidades foram um passaporte para uma viagem a grandes descobertas e ao conhecimento, bem como para o aprimoramento das cataplasmas. Hoje, apesar de ter " acesso médico fácil" não abro mão de fazer uso das cataplasmas, devido aos seus benefícios e sua eficácia e sua contribuição para ampliar o potencial de alivio de dores e da melhora de condições clínicas complexas como, por exemplo, uma trombose.

Deixo as fotos de exemplos das cataplasmas que eu fazia. Fiz uma apostila das receitas dessas cataplasma e suas finalidades.

          >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Modulo de Preparação de Licor medicinal

   Um licor medicinal é uma fusão de vários ingredientes que têm que interagir entre si, ser preparados de forma seletiva, de maneira a conseguir atividade biológica e resultados perceptíveis logo após seu uso.

 

 

 

 

 

 

O uso de um medicamento por si só, já pode causar iatrogênia, imagine o uso concomitante de vários medicamentos. A Fitoterapia reduz o uso deles, bem como conserta alguns dos estragos feitos por eles.

 

 

 

 

 

 

Dar alívio imediato, controlar o agente causador e desfazer a inflamação é um dos potencias da Fitoterapia por meio de um super sprey com extratos de ervas potencialmente eficazes no ataque as bactérias geradoras dessas afecções. 

www.youtube.com/watch?v=Z0kX3-NM47A


 

 A fitoterapia é polivalente

        O Brasil em 2005, através do SUS, propõe a inclusão das plantas medicinais como opção terapêutica no sistema público de saúde. A Fitoterapia foi reconhecida oficialmente como de "interesse popular e institucional" pela Portaria 971 do Ministério da Saúde. Mas esse serviço esta sendo oferecido de forma precária e sem a seriedade que o recurso merece.

        Apesar do seu potencial, a Fitoterapia, no entanto, ainda é considerada como terapia alternativa. A Fitoterapia utiliza em seus procedimentos terapêuticos os recursos naturais encontrados em sua maioria na natureza como ervas e recebe não se sabe por que o nome de terapia alternativa, talvez esta tenha sido uma tentativa de fazer a população acreditar que ela não tem eficácia, como se fosse uma coisa inócua ou algo que não funciona.

       As ervas medicinais são tão eficazes quanto os remédios alopáticos, às vezes até mais, e têm surpreendido com resultados para enfermidades para as quais não há mais nada a fazer.

 

   As pessoas mostram grande interesse por tratamentos mais suaves e com menos riscos de efeitos adversos.   

       A Fitoterapia é uma excelente estratégia para o profissional da área da saúde aplicar em seu atendimento clínico, pois é uma grande ferramenta quando usada da maneira correta.  Um número cada vez maior de profissionais da área de saúde está usando a integração terapêutica para complementar um tratamento, procurando criar estratégias mais adequadas às necessidades do paciente. Nos dias atuais, muitos profissionais da área de saúde estão se interessando pela Fitoterapia, devido a uma frustração e desencantos provocados pela ciência ortodoxa e pelo uso de medicamentos sintéticos.

         Se você também é um deste faça um curso de Fitoterapia porque as plantas como parte de um conjunto de medidas contribuem muito para os tratamentos. Fazer um bom curso de Fitoterapia é importante, porque a maior parte da população está se voltando para o uso de remédios não tradicionais. Saber sobre fitoterapia é ocupar uma enorme lacuna que se encontra em aberto, ter um diferencial no atendimento e, consequentemente, nos resultados da prática clínica. 

 

     O conhecimento e a aplicação da Fitoterapia de forma correta viabiliza e assegura que as recomendações Fitonutricionais sejam seguidas e alcançadas. Logo a fusão dos métodos terapêuticos apesar de, às vezes, ter conceitos diferentes produz um resultado perfeito e mais completo.

 

Porque a fitoterapia não é "alternativa"

Vemos ainda hoje que as Fitossubstâncias naturais são temidas e as drogas sintéticas são prescritas desenfreadamente.

  Como podemos desmarginalizar este grandioso e polivalente método de cura? Com a própria Ciência. A natureza fornece soluções para praticamente todas as doenças, inclusive para aquelas que a medicina diz que só ela tem o direito de tratar, como o câncer e as doenças cardiovasculares. Nas doenças cardiológicas, por exemplo, a Fitoterapia responde muito bem por meio das ações farmacológicas das Fitossubstâncias que agem como: antiplaquetária, antitrombótica, vasodilatadora, antihipertensiva, antiaterogênica, anticoagulante, fibrinolítica, hipolipidïaca, neocardiogênica, bloqueadoras de canais de cálcio, inibidora da angiotensina e anti-inflamatórias.

O problema não é a falta de provas. Basta olhar para as Evidências

 Existem centenas de milhares de estudos que indicam que a ciência já confirmou o efeito terapêutico de muitas centenas de plantas e de fitossubstâncias. Na verdade, há tanta pesquisa que não há como não validar a Fitoterapia como um recurso terapêutico e não como “alternativa”, inclusive há muitas evidências cientificas confirmando ervas que foram nos testes clínicos potencialmente mais eficazes que alguns antibióticos no combate a alguns tipos de vírus e bactérias.

 

      Experimentos populares e científicos mostraram que as ervas medicinais foram eficazes para ajudar como coadjuvante no tratamento de centenas e centenas de doenças. Nesse curso online abordaremos todas as que tiveram seus quadros melhorados e ou curados.

 

Veja a lista das enfermidades que a Fitoterapia teve êxito.

 

Apresento algumas experiências para mostrar o potencial da Fitoterapia.      

     Nessas experiências com ervas medicinais, logrou-se êxito como vimos até em doenças tidas como "incuráveis", proporcionou melhora, alívio e até cura, nesses casos prevaleceu o saber popular, que mesmo sem fundamentação científica tem resolvido o que o tão valorizado saber científico ainda não consegue resolver.

Esses são apenas alguns dos casos complexos que a fitoterapia resolveu. Vejam abaixo.

 

    Por conta da asma e de algumas doenças pulmonares crônicas no Brasil, hoje temos milhões de pessoas que depende do uso da bombinha para respirar. Um bom programa de tratamento por meio da fitoterapia proporcionará melhora imediata nos quadros de Asma, vai tirar milhares de pessoas do sofrimento e da dependência do uso da bombinha. A solução para acabar com o sofrimento dessas milhares de pessoas é oferecer tratamentos que realmente funcionam e que são eficazes.

 

      A solução para muitas das dificuldades enfrentadas pelas pessoas de idade e até pessoas jovens, tais como levantar e abaixar, esta num bom e efetivo tratamento com a Fitoterapia. Umas boas sessões de fitotermoterapia tem melhorado a vida de milhares de pessoas e tem proporcionado a melhora do movimento das articulações, recuperado a atividade de sentar, de levantar e de caminhar, bem como tem livrado pessoas do uso de bengala, cadeira de rodas,  muletas  e andadores. 

 

 

Ajudar na regeneração das cartilagens e dos discos vertebrais e livrar de hérnia é um dos potencias da Fito.

      A enfermeira, que devido a um esporão de calcâneo não conseguia sequer colocar o pé no chão, tinha também 4 hérnias de discos. Não conseguia caminhar, sentia dores permanentes. Pode, enfim, voltar a caminhar e viver sem dor. O exame mostra que as hérnias foram eliminadas. O esporão também desapareceu.

 

 

 

 

 

 

O potencial da fitoterapia foi capaz de controlar uma hepatite A em 20 horas

   Indivíduos que são acometidos de hepatites passam a ter algumas substâncias alteradas. Apesar de tanta evolução, a medicina ainda não conta com remédio que possa baixar essas substâncias, mas em vinte horas, com o uso de plantas medicinais, o quadro de uma paciente acometida de hepatite A mudou.

Veja nos resultados abaixo.

 Exame feito dia 01 de março 2010/coleta do sangue às 12 h 43 m

• Aspartato Aminotransferase (TGO) 874 u/L. O normal é entre 15 a 37u/L.

• Alanina Aminotransferase (TGP) 1846 u/L. O normal é entre 30 a 65u/L.

• Gama Glutamil transferase 436 u/L no sexo feminino. O normal é entre 05 a 136 u/L.

 Exame feito dia 02 de março 2010 / coleta do sangue às 08 h 20 m

• Aspartato Aminotransferase (TGO) 485 u/ L.

• Alanina Aminotransferase (TGP) 1250 u/L.

• Gama Glutamil transferase 226 u/L.

 

Tratar eficazmente a enxaqueca é um dos potencias da Fitoterapia.

   Conviver com a enxaqueca nos últimos 14 anos, fazia da vida da Edilaine, um tormento.  O pior na vida dela era a frustração com os tratamentos ineficazes indicados pelos médicos. Receitaram-lhe além, dos analgésicos para a dor, remédio para dormir, antidepressivo e até relaxante muscular e pasmem, sugeriram-lhe para procurar um grupo de apoio para aprender a conviver com a dor e os sintomas diários. Felizmente, a Edilaine consultou com uma médica que sugeriu que ela procurasse alguém que entendesse de Fitoterapia.  Dentro de uma semana com ajuda da Fitoterapia, ela viu melhora acentuada e em três semanas estava de volta ao trabalho e livre de todos os medicamentos que os médicos receitaram.

 

Todos sabemos o quanto é aflitivo ver uma criança sofrendo de dor.

       Pedro é um bebê de 1 ano e 4 meses, que há 7 meses vinha sofrendo de dor de ouvido, foi ao médico que constatou uma otite. Ele sentia muita dor e chorava sem parar.... Felizmente, o Pedro teve sua dor aliada no mesmo dia que iniciou um tratamento Com a Fitoterapia e em uma semana teve a inflamação totalmente controlada.

    Ver uma criança sofrer de dor e tomar antibiótico forte durante 7 meses é angustiante para os pais.  Além dos tratamentos convencionais que demoram para fazer efeito e são pouco eficazes, existem tratamentos naturais muito eficiente que reduz a dor imediatamente e acelera a desinflamação. Melhor ainda, não expõe a criança aos riscos que o antibiótico oferece.

      A solução para acabar com o sofrimento de milhares de crianças e pessoas de outras faixas etária que ficam meses e até anos sofrendo por conta de uma otite é oferecer tratamentos que realmente funcionam.. Por isso, vale a pena conhecer a Fitoterapia. Uma das situações mais incômodas para as crianças é a dor de ouvido. O tratamento da otite pela medicina convencional é feito com antibióticos e a dor é controlada com analgésico.

 

A solução para evitar amputações e acabar com o sofrimento de milhares de pessoas é oferecer tratamentos que realmente funcionam e são eficazes como a Fitoterapia..

 

Dona Cecilia, de 76 anos, foi uma das pessoas que felizmente, teve sua perna poupada da amputação. Ela estava com trombose venosa profunda.

 

 

A Fitoterapia pode evitar que um pé chegue a esse quadro e pode restabelecê-lo, evitando a sua mutilação cirurgica.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     Este caso era uma condição clínica complexa

  Um senhor médico, em razão de sua cirurgia para remover um câncer de garganta e por conta do início das sessões de radioterapia logo após a cirurgia, desenvolveu graves lesões (dermatite) na região do pescoço. Isso aumentou ainda mais o edema que costumeiramente ocorre após um procedimento cirúrgico, levando-o a ter dificuldade de engolir até água.

    Seu quadro se agravou, pois estava há quatro dias sem poder se alimentar, ele havia rejeitado a colocação de sonda para essa finalidade. Por indicação de um amigo (o amigo é um médico que vinha tendo o controle da DGM pela Fitoterapia) pediu ajuda da Fitoterapia. Conseguiu melhorar seu quadro a tal ponto que 3 horas após o início do tratamento pode, enfim, tomar água e logo depois tomou uma sopa. Além disso, resolveu a grave dermatite, o que permitiu a retomada do seu tratamento com as radioterapias.   

 

Este senhor teve seu braço paralisado durante 8 meses por conta de um acidente. Depois de uma centena de sessões de Fisioterapia e umas dezenas de sessões de acupuntura, restou-lhe a decisão do médico para realizar uma cirurgia e colocar pinus na cervical. Surpreendeu o seu filho que é médico, ao ter o movimento do braço restabelecido em menos de 20 minutos com a Fitotermoterapia.

 

      Homem de 44 anos sofreu um infarto e como consequência, teve 38% do músculo cardíaco comprometido. Após seguir um tratamento com recursos naturais as lesões regrediram. Isto foi constatado nos seus exames e surpreendeu seu Cardiologista, que sabe que até o momento apesar de tanta evolução a Cardiologia não tem meios de recuperar os tecidos necrosados de um coração infartado.

    A Cardiologia acredita que o tecido cardíaco é incapaz de ser regenerado. Pesquisas indicam que há uma classe de compostos que são capazes de estimular as células cardíacas para regenerar o tecido cardíaco.

 

      Homem que estava com coração aumentado e uma grave arritmia, após um tratamento com recursos naturais surpreendeu seu cardiologista. Nesses casos, até o momento a Cardiologia não tem meios para conter o aumento do coração.

      O coração grande, também conhecido como cardiomegalia, é uma doença grave e de difícil tratamento que atinge principalmente os idosos, mas pode atingir pessoas em todas as idades, como a pessoa citada nesse caso que tinha apenas 43 anos. Esta doença pode ter surgimento com a hipertensão arterial que, às vezes, contribui para o aumento do coração.

 

  Jovem que submete-se a 16 cirurgias na coluna para a retirada de um tumor que sempre reincidia, já com outra cirurgia agendada, teve o tumor eliminado em 26 dias, com ajuda da Fitoterapia. O mais importante é que Não houve mais recidiva do tumor.

 

   Quem não conhece a verdadeira Fitoterapia diz, que as ervas agem lentamente que demora para fazer efeito. Imagina! solucionar um caso como este em uma semana. O médico que atendia este paciente classificou a recuperação como um milagre extraordinário.

    Homem de 43 anos, com tumores no pênis, submeteu – se a vários procedimentos e medicamentos, durante 18 meses, sem obter resultado. Estava com o pênis deformado pelas feridas, com um quadro que se agravava, devido a isso o especialista sugeriu a amputação do membro. Com a ajuda da Fitoterapia, eliminou os tumores, houve a cicatrização em uma semana. 

 

    Viver com a Fibromialgia nos últimos 11 anos, mudou totalmente a vida da Roseli.  Rigidez matinal, espasmos musculares, fadiga e dor eram sintomas diários com os quais ela teve que aprender a viver. O pior na vida dela era a frustração com os tratamentos ineficazes oferecidos. Receitaram-lhe anti-inflamatório não - esteróides para a dor, remédio para dormir, antidepressivo, às vezes, até relaxante muscular e pasmem, sugeriram - lhe para procurar um grupo de apoio para aprender a viver com a doença. Felizmente, a Roseli consultou com uma médica que sugeriu que ela procurasse alguém que entendesse de Fitoterapia.
 
  Dentro de duas semanas com ajuda da Fitoterapia, ela viu melhora acentuada e em um mês estava de volta ao seu estado normal e fora de todos os medicamentos.

 

Após 15 anos homem recupera a audição.

Lesão em acidente de carro o fez perder a audição de um ouvido. Fez tratamento convencional sem resultado. Recuperou com ajuda da Fitoterapia e recursos naturais.

 

Cirurgias de alguns tumores em determinados locais é de alto risco, mas a fitoterapia tem conseguido resolver rapidinho.

  O tumor de parótida inoperável devido à localização e do quadro clínico do paciente que não podia realizar procedimento cirúrgico por conta de um enfisema pulmonar também foi solucionado com ajuda da Fitotermoterapia. Nesse caso o paciente tinha dores lancinantes que nem mesmo a morfina conseguia abrandar. Suas dores foram aliviadas em 40 minutos e o tumor logo começou a diminuir e foi eliminado totalmente em 18 dias.

    O tumor tinha o tamanho de uma maçã grande. Infelizmente, na época não documentamos por meio de foto esse tumor. Temos apenas as testemunhas (amigos e familiares) e o médico que o acompanhou que classificou o caso como um grande milagre do procedimento, pois ele tomou conhecimento que seu paciente procurou esse recurso terapêutico, visto que a medicina nesse caso não podia fazer mais nada.

Mostramos fotos que ilustram um tumor de parótida e uma cirurgia quando ela pode ser realizada, pois se trata de uma cirurgia de alto risco, visto que esta região é circundada pela artéria carótida e a jugular.

 

   Homem de 54 anos, por conta de um Enfisema Pulmonar tinha muita dificuldade de respirar e não conseguia mais caminhar e tinha dificuldade para dormir (ficada recostado em almofadas), devido a função reduzida do seu pulmão. Com duas semanas de um tratamento com a Fitotermoterapia surpreendeu o seu Pneumologista ao apresentar melhora da função pulmonar.

   Em casos como este, até o momento a Pneumologia não tem meios para conter a evolução do Enfisema e nem formas de aliviar os seus sintomas. Como paliativo foi indicado o uso da bombinha.

 

       Mulher submeteu-se a uma cirurgia de histerectomia, depois de 48 dias, ainda estava com o corte cirúrgico aberto. Havia um quadro infeccioso que resistia ao antibiótico que estava sendo usado. Com ajuda da Fitoterapia, a infecção foi controlada e promoveu-se a cicatrização em uma semana. A imagem de como estava antes é assustadora porque o corte estava aberto  e todo infeccionado

 

Graças à fitoterapia, dona Irene, de 66 anos, moradora em São José dos Pinhais - Paraná, não entrou para o rol das milhares de pessoas amputadas (mutiladas).

   A foto mostra como estava antes e agora em fase de cicatrização.

 

   Também graças à fitoterapia, a dona Lucia, moradora na cidade de Panambi no Rio Grande Do Sul, também, não entrou para o rol das milhares de pessoas amputadas (mutiladas).

    A dona Lucia foi afetada de úlcera nas duas pernas (feridas crônicas), vinha resistindo à amputação de suas pernas, pois os médicos que avaliaram o seu caso insistiam que deveria ser amputada. Essas feridas submetia a dona Lucia a 24 horas de dor continua e lancinante durante anos. A foto mostra como estava antes e agora em fase de cicatrização. Com ajuda da fitoterapia, suas pernas em breve estará plenamente cicatrizado. Veja a evolução da melhora e como ficou.

Desculpem pelas fotos, mas o propósito é mostrar que o  pé da dona Irene e as pernas da dona Lucia foram salvos da amputação com ajuda da Fitoterapia. Os médicos queriam amputar. 

Este é o caso de uma pessoa jovem que submeteu a uma cirurgia de joelho e apesar das sessões de fisioterapia e de acupuntura, estava a 8 meses com o joelho inchado, não conseguia dobrar o joelho, não caminhava e tomava morfina para suportar a dor. Teve sua dor aliviada em poucas horas, no mesmo dia que iniciou o tratamento o joelho desinchou e para resumir em uma semana estava caminhando.

 

 Uma senhora sofreu fratura do fêmur o que desencadeou uma trombose. Estava sob uso de medicação forte (morfina) para o controle da dor. Conseguiu o controle da trombose, a suspensão do uso da morfina e do anticoagulante com ajuda da Fitotermoterapia. Nesse caso o alívio da dor ocorreu em 56 minutos e o Trombo se desfez com o tratamento.Este caso era complexo. A pessoa, além de ter outras enfermidades e da trombose estar evoluindo por responder o tratamento e por isso corria o risco de sofrer a amputação da perna, ela corria risco de hemorragia, pois suas plaquetas estavam estado crítico. Se suspendesse o anticoagulante agravava a trombose, se mantivesse o uso o risco de hemorragia era eminente. Literalmente, ela estava entre a cruz e a espada.

 

    Hemorroida não mata, mas incomoda muito com dores lancinantes. Diante de tantos sofrimentos e tratamentos (nó no vaso hemorroidário ou cirurgia) apenas paliativos e ineficazes, não é de se estranhar que as pessoas busquem por soluções menos agressivas. Com ajuda das ervas, em questão de minutos se promove o alívio da dor, da ardência e do inchaço até mesmo nas hemorroidas prolapsadas e trombosadas. Centenas de pessoas as solucionaram com ajuda da Fitoterapia.

   Como foi o caso da senhora Vera que estava com uma hemorroida trombosada, esperando por uma cirurgia. Suas dores lancinantes que há 3 semanas a impedia de sentar com ajuda da Fitoterapia foi aliviada em apenas 8 minutos, além disso, ela teve a diminuição do vaso hemorroidário trombosado, bem como da inflamação em 16 horas.

 

Essas verrugas se for retiradas cirurgicamente vão ter recidivas, mas serão eliminadas rapidamente e definitivamente com ajuda da Fitoterapia

 

Um aspecto importante é o conhecimento de como extrair do chá (erva) o seu princípio ativo.

  Ainda hoje, propagam-se informações incorretas, por exemplo, que as folhas e flores não podem ser fervidas ou que cascas e raízes tem de ser.

Isso não é regra.

 Há plantas que, independentemente de se usar folha ou flor, precisam ser fervidas para liberar o seu princípio ativo, bem como há cascas e raízes que liberam suas substâncias apenas sorvendo água quente sobre elas. A Flor da Camomila, por exemplo, precisa para liberar o Azuleno (um dos seus princípios ativos) de um tempo de fervura. Esse é um dos exemplos, e faz cair por terra a informação errada de que as flores não podem ser fervidas.

   Vale salientar, que muita coisa que se fala e se distorce sobre ervas medicinais, tem a ver com as informações erradas que são ensinadas nos próprios cursos de Fitoterapia, inclusive os oferecidos pelas faculdades de naturologia, naturoterapia e universidades, que para ministrar Fitoterapia contrataram professores de farmácias para ensinar algo que eles não conhecem profundamente.

 

Quantidade de ervas

   A quantidade de erva para fazer o chá varia conforme a erva, mas é exatamente aqui que ocorre um dos maiores erros.

   Nos livros escritos por pseudos entendedores de ervas; cada autor coloca dosagens absurdas, que têm variado de 20, 30, 40 até 50 gramas, enquanto a dose média é de 3 a 10 gramas para ervas secas.
Há plantas que possuem princípios ativos tão severos que suas dosagens devem ser precisas.

O fato das ervas serem naturais não elimina a necessidade de seu consumo com responsabilidade.
  Uma certa vez, vi num programa de tevê um profissional que, inclusive fou professor de uma universidade e se dizia ser "entendido" em Fitoterapia, ensinando uma receita com 50 gramas do guaraná em pó para 1 litro de água. Isto é um absurdo.

A porção mostrada na foto é muito grande  para apenas uma xicara de água. 

 

Para que a pessoa usufrua das substâncias funcionais presentes nos chás, eles devem ser elaborados da forma certa.

  A escolha do chá e a elaboração correta são fatores muito importantes para alcançar os resultados desejados. Na preparação, deve-se ter o cuidado de observar a dosagem das partes vegetais e sua forma de preparo e de uso, pois as intoxicações sempre ocorrem em virtude de quantidades excessivas de ervas, do preparo errôneo e do uso inadequado.

 O modo de elaborar um chá teve início a partir das orientações empíricas, por isso ainda conta com muitos erros inclusive o de que o chá age lentamente.  Ao contrário. O chá, se bem elaborado, tem ação rápida e, algumas vezes, até imediata, contrariando essa ideia de que age lentamente.

 Lembram daquela brincadeira de cochichar no ouvido, onde é falado para uma primeira pessoa um determinado assunto, para que esta repasse para a seguinte e assim sucessivamente, e, quando esta informação chega a última pessoa, já não tem nada a ver com o assunto inicial. O mesmo aconteceu com o uso das ervas, as receitas sofreram várias alterações nesse boca a boca.

 

A ministrante do curso conta com 49 anos de estudo das plantas medicinais e é autora de livros.

Investimento: R$ 8.000,00. Forma pagamento R$ 4.000,00 no ato da inscricao mais 4.000,00 dividido em 4 vezes de 1.000,00. 

Escritório - AV: Da Integração 1537 A – Bairro Alto - Curitiba - PR
(41) 41 41 06 45 fixo / 9 98 06-55 53 tim

 

 

Cito este exemplo para que entendam a importância de um bom curso

Erva fresca ou seca?

Muitas vezes, há diferenças de opinião entre herbalistas se usando uma erva fresca é superior a uma erva seca. Da mesma forma, muitos dirão que um extrato de fluido aquecido, cozido ou cozido no vapor é inferior a um extrato processado a frio. Evite esses argumentos, pois nenhuma das opiniões é sempre correta. Depende realmente o que você quer conseguir!

Alguns compostos são solúveis em água e podem ser processados ​​a frio. Outros são solúveis em óleo e beneficiam-se de destilação e são liberadas da planta somente em temperaturas mais altas. Outros são frágeis e rapidamente destruídos pelo tempo e pelo calor. Às vezes, as plantas frescas são processadas em extratos diretamente dos campos, mas geralmente as plantas são secas para evitar a deterioração. Isso permite que eles sejam armazenados. Do ponto de vista prático, há muitas vezes apenas uma ou duas colheitas de uma erva cultivada por ano, desse modo a secagem que reduz o teor de água, permite que a planta possa ser armazenada. A maioria das plantas contêm 60 a 80 por cento de umidade quando colhidas e devem ser secas até 10 a 14 por cento de umidade antes do armazenamento.

O efeito das plantas podem variar.

Ao longo dos anos, tenho percebido que a forma como uma erva é preparada e extraída tem resultados muito diferentes que, às vezes, são vitais para corrigir o tratamento. No entanto, os argumentos de  fresca ou seca e infusão ou aquecido não são realmente relevantes. O que é relevante é a qualidade da planta e a forma que e elaborada para formar o medicamento que queremos criar para a condição específica a ser tratada.

Os seguintes exemplos de pesquisa sobre a forma de preparo de ervas ilustra isso.

Ginger - Zingiber officinale,  É melhor fresco ?

Curiosamente, o gengibre fresco não libera contém o zingerone. É apenas por aquecimento do gengibre que gingerol, que está presente, é transformado em zingerone. Isto explica porque os povos que tentaram o gengibre em pó em cápsulas ou a tintura infundida fria dizem não ter nenhuma eficácia. O ingrediente ativo Zingerone é ativo no tratamento da diarreia causada por E coli (Escherichia coli) e outros microorganismos que liberam toxinas em nossos intestinos. Tá aí, a razão de casos em que uma pessoa vai jurar que um chá funciona e a outra acha que "não funciona" ou não tem nenhum efeito. Por quê? o gengibre fresco não libera o zingerone. Neste caso, pode-se argumentar que apenas um calor no gengibre será eficaz contra a diarréia. Uma tintura processada fria ou cápsulas de raiz em pó não vai ajudar.

No entanto, no tratamento da dor da inflamação na osteoartrite parece que há pouca diferença no efeito entre gengibre cru e aquecido. Ambos funcionam eficazmente entre 25% e 23% fonte 20418184. O consumo diário do gengibre reduziu a dor muscular causada pelo exercício excêntrico, e este efeito não foi aumentado pelo cha cozido do gengibre. Este estudo demonstra que o consumo diário de gengibre cru e cozido resultou em reduções da dor muscular após lesão muscular induzida por exercício. 

 

Tomando óleos essenciais internamente

Eu, frequentemente encontro outros problemas com o uso dos produtos naturais, além dos problemas com mau uso das ervas. Outra questão é a promoção generalizada do uso interno de óleos essenciais.

 

       Buscar conhecimento é uma atitude inteligente do profissional, seja ele de medicina, farmácia, enfermagem, odontologia, fisioterapia, estética, massoterapia, nutrição, veterinária e da naturologia. Se a universidade não ensina, cabe ao profissional buscar o conhecimento fora dela.

        Embora a medicina moderna esteja bem desenvolvida, atualmente, um sentimento geral de decepção com a medicina convencional e o desejo de adotar um estilo de vida saudável tem levado à utilização crescente da fitoterapia, inclusive em países desenvolvidos.

        Hoje, estamos diante de uma fitoterapia muito mais científica, já que existem estudos e trabalhos com um rigor científico mostrando que esta ou aquela planta é eficaz em determinadas condições clínicas e/ou estéticas.

 

        A formação do profissional do nutricionista, por exemplo, não oferece a Fitoterapia plena, (dão apenas noções de chás medicinais) e a cada dia, a prática do profissional neste segmento se torna cada vez mais essencial. Atuar na prática clínica separando esses conceitos nutricionais e fitonutricionais afasta o profissional do destaque que ele merece ocupar perante seus clientes e ou pacientes.

       Cresce a cada dia a procura do profissional nutricionista que realmente entenda de chás medicinais e de fitonutrientes e aplicação na melhora, na regressão e até na cura de doenças. A junção da ciência da nutrição com a Fitoterapia promove condições de oferecer aos clientes receitas equilibradas  e saborosas para a reposição dos fitonutrientes que não se ingerem por meio das refeições normais.

A Nutrição Regenerativa por meio dos chás, por exemplo, é uma forma para se chegar a resultados satisfatórios nas condições clínicas dos pacientes.

Esse curso vai acrescentar ao nutricionista um conhecimento  que, até o momento  nenhuma faculdade pode proporcionar.

 

    O uso de plantas medicinais veio crescendo e hoje ocupa espaço inclusive na saúde pública do País. O reconhecimento da fitoterapia como prática terapêutica segundo as diretrizes das Políticas Nacionais de Práticas Integrativas e Complementares e de Plantas Medicinais e Fitoterápicos, despertou o interesse de diversos profissionais em incorporar conhecimentos que fundamentem essa prática.

 

     É preciso evitar a desmoralização da fitoterapia, utilizando fontes erradas e equivocadas de informação, tais como: livros, revistas comerciais, sites, blogs e até cursinhos sem nenhum compromisso com a verdadeira fitoterapia e profissionais sem experiência que fazem indicações de tratamentos fitoterápicos ineficazes. 

      O profissional mal preparado também contribui para desmoralizar a fitoterapia. Eles fazem indicações que não funcionam e o paciente, por sua vez, atribui a falta de eficácia à planta indicada, não percebendo que aquele profissional é que não entende de plantas medicinais e ou foi mal preparado.

No dia 3 de novembro 2013, o Domingo Espetacular, programa veiculado pela TV Record, falou de plantas medicinais. Seria uma boa matéria, se não fosse o desserviço prestado ao dizer que as ervas tem efeito demorado.

No dia 16/10/09, o Globo Repórter entrevistou uma professora de uma universidade, que também prestou um desserviço quando falou que os fitoterápicos são para doenças mais simples e são mais indicados para problemas mais leves.

      Os entrevistados dos referidos programas, ao dizer que as ervas tem efeito demorado e devem ser usadas apenas para doenças mais simples e são mais indicados para problemas mais leves, mostraram com essas colocações que não entendem do assunto que se atreveram a falar e com isso "causaram um desestimulo" a quem pensava em buscar a fitoterapia para coadjuvar com os tratamentos oferecidos pelos seus médicos.        

    É de bom senso, quando não se conhece um assunto buscar assessoria de quem realmente entende e não de pseudos fitoterapeutas e pseudos "entendidos" de plantas medicinais, como é  o caso da professora entrevistada na matéria.

         Para transmitir conhecimento é necessário muito mais que cursos sobre um presumido conhecimento e não é apenas falar porque ouviu ou leu. Mas ainda há aqueles que consideram a sabedoria dos livros e do conhecimento titulado seja a única legítima, representa a verdade. Isto é um problema numa sociedade com baixos níveis culturais e com uma cultura de pensamento crítico quase inexistente, fator que explica o porquê de, até pessoas que deveria saber melhor, muitas vezes se deixarem levar por informações apenas porque estas foram transmitidas por um médico ou uma professora da universidade. Isto é perigoso, especialmente quando a desinformação está disponível num mero clique e onde as pesquisas e as leituras são geralmente feitas de forma superficial. Também pudera num país de cultura acadêmica, no qual se referencia sempre no conhecimento científico.

 

Fitoterapia, não é usada apenas por pobres. Representa a primeira escolha de milhões de pessoas em países desenvolvidos como a Alemanha e os Estados Unidos. Os adeptos enxergam outras grandes vantagens.

  • Primeira: os remédios naturais tem menos risco de efeitos colaterais que os alopáticos.
  • Segunda: na maiorias das vezes,  são mais eficazes.
  • Terceira: a fitoterapia promove resultados onde não há mais nada a fazer.

Você não tem que viver o “resto de sua vida” na dor ou em uso de medicação.

   Você pode reverter doenças, reduzir a pressão arterial elevada, os níveis alto de colesterol, prevenir doenças cardíacas e câncer tudo isso sem depender de remédio. Acredite ou não, há pessoas que não dependem de medicação para eliminar seus sintomas, melhorar a sua saúde, e reverter os danos das suas doenças. A ciência tem feito grandes descobertas sobre ervas medicinais nos últimos anos, e quando ela é aplicada corretamente nos permite assumir o controle da nossa saúde. Este curso traz aos alunos, conhecimentos poderosos que se colocado em prática para usar na sua vida diária e de seus pacientes, verá rapidamente os benefícios e potencialmente alterará a vida.

A fitoterapia ajuda a preservar a saúde e também a prevenir doenças.

 Algumas pessoas já fazem uso regular da fitoterapia para reforçar o tratamento convencional, há muitas evidências que indicam que pacientes que fazem uso desse recurso têm maiores índices de recuperação que aqueles que apenas seguem o tratamento convencional. As ervas medicinais podem prevenir e reverter doenças crônicas e transformar a sua saúde. Dependendo da adesão os resultados clínicos logo aparecem nos exames laboratoriais.

 

Guerra no mundo natural da saúde

  Há uma guerra silenciosa travada no mundo natural da saúde. A batalha é entre aqueles que estão genuinamente interessados ​​em ajudar as pessoas a melhorar a sua saúde e aqueles que estão apenas empurrando produtos sem boa ciência ou mesmo uma tradição histórica de uso.

  Você sabe se uma erva é segura? Tem uma história de uso?

Examine se é natural, com uma longa história de uso, ou se é um composto relativamente novo, químico ou extrato sem uma história de uso. Se a erva ou suplemento tem sido usado no Herbalismo tradicional por um tempo apreciável, provavelmente haverá uma história documentada de uso até por centenas de anos. Embora existam coisas que são seguras e eficazes não encontradas nesses sistemas, a grande maioria dos remédios naturais já foram utilizados por centenas e, por vezes, milhares de anos.

Você sabe o que fazer quando há tanta informação falsa ou enganosa na internet?

 E, finalmente, você sabe em quem confiar?

   Há empresas que convence profissionais praticantes de tratamentos complementares que seus produtos irá curar tudo, desde a malária ao câncer, tudo sem um pingo de evidência. Existe produtos que estão sendo comercializados por proponentes apaixonados sem um real histórico ou evidência científica para apoiar a sua segurança ou eficácia. A triste coisa sobre isso é que faz toda a  saúde natural ficar ruim aos olhos de cientistas respeitáveis ​​e profissionais médicos, bem como das pessoas bem esclarecidas e informadas no público em geral.

 

Obtenha Ajuda Competente

Encontrar um profissional competente para ajudar a guiá-lo através do campo minado do marketing e de pseudos terapeutas da saúde natural  e dos curandeiros que vendem um produto que cura tudo é difícil.

Há pessoas fora da medicina moderna que dedicam suas vidas a ajudar os outros. Estas são pessoas com treinamento extensivo que não lhe dará respostas fáceis, nem oferecem curas milagrosas, mas irá ajudá-lo a integrar ervas com mudanças alimentares que você precisa para se sentir melhor.

Localizar Informações de Terceiros

Ao procurar artigos no herbalismo e nas terapias complementares sempre encontramos a informação escrita por alguém que está vendendo um produto que está relacionado ao artigo. É difícil encontrar informações imparciais de alguém com um interesse financeiro em um produto.

 

      Veja o que disse uma participante um curso presencial.

 “O conhecimento adquirido superou as minhas expectativas e foi superior ao que recebi na faculdade de naturologia, onde aprendi muito pouco sobre fitoterapia, por isso sentia-me insegura na hora de fazer uma orientação fitoterápica ou elaborar um plano de tratamento.”

 

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade