Horta de ervas medicinais > a farmácia verde

Na continuação do tópico, falaremos hoje sobre Horta de erva medicinal. 
A farmácia ou horta de ervas medicinais era conhecido na Idade Média como jardim medicinal. O jardim medicinal, no nosso tempo não perdeu sua relevância, pois pode se tornar uma farmácia de remédios em casa.

Cada terreno camponês era rico em uma variedade de plantas com propriedades medicinais. Muitas vezes não era fácil chegar aos profissionais da saúde, e mesmo porque o custo não era barato, nem todo tratamento estava disponível para todos.
Cada família camponesa tinha suas próprias receitas de pomadas, sprays e chás terapêuticos. Estas receitas foram passadas de geração em geração e constantemente melhoradas. As ervas encontraram seu uso não apenas como remédio, mas também como tempero na preparação de vários pratos.

As pessoas esqueceram o valor de uma horta medicinal.

É mais fácil ir à farmácia e comprar pílulas para "resolver seus problemas". Aquisição e uso prático de ervas medicinais nos 40 e 50 anos foi muito ativo, depois os medicamentos sintéticos receberam supremacia. E hoje já estamos procurando medicamentos para combater os efeitos colaterais dessas drogas.

Felizmente, podemos voltar ao conhecimento antigo que nos veio de nossos ancestrais.
Ervas e plantas plantadas em jardim ou numa horta não só ajudarão a manter a saúde, criar uma alternativa a uma farmácia, mas também adicionar sofisticação, aroma e charme às suas especialidades culinárias.

Para que propósito vamos plantar ervas medicinais?

Você pode plantar para o seu próprio consumo e cura de sua família e parentes próximos. As ervas medicinais podem ser vendidas para a vizinhança para cobrir os custos com adubos e agua.

Ervas Medicinais no Jardim

Criando um jardim, nos preocupamos não apenas com a beleza, mas também com a funcionalidade. Preenchendo tudo isso, traz beleza, prazer e saúde para nossa família. 
As receitas populares ainda são relevantes e as plantas geralmente ajudam onde a medicina oficial é impotente.

Atualmente, as ervas medicinais são usadas por muitos, e o interesse pela fitoterapia está em constante crescimento. Mas, infelizmente, não há tantas possibilidades de coletar matérias-primas medicinais para as pessoas da cidade.
Aqueles que estão interessados em fitoterapia, criando a sua própria farmácia, terão sempre à mão uma matéria-prima de qualidade.

Quais ervas medicinais são apropriadas e necessárias numa horta medicinal?

As plantas para o plantio são selecionadas levando em conta suas propriedades úteis. 
Apreciadores de especiarias ou fãs de chás de ervas são mais propensos a dar preferência a plantas aromáticas. Depende de problemas de saúde e das necessidades de todos os membros da família. Estude cuidadosamente o seu armário de remédios, selecione os medicamentos que você mais usa e tente encontrar um substituto entre as ervas.

 

 

Há um grande número de chás, mas as receitas mais fáceis e mais eficazes nem sempre são conhecidas no momento certo, para a condição certa.

Sabemos que uma dor de dente ou de ouvido sempre nos pega de surpresa.

Por conta disso, devemos conhecer os chás para abrandá-las.

    Para as pessoas que está apenas começando a entender o mundo das ervas medicinais, relacionarei as ervas que devemos ter para nos socorrer e ajudar a resolver alguns problemas que podem surgir a qualquer momento. Por essa razão, eu escolhi as ervas para você começar a fazer sua farmácia caseira.

Mostrarei as ervas de fácil cultivo, que podem ser cultivadas em vasos e as que devemos ter na cesta de pronto socorro.

 O seu armário de remédios naturais dentro de casa.

  Em vez de encher o seu armário de remédios com vários remédios cheios de efeitos colaterais, você pode fazer crescer suas próprias ervas curativas em casa.

Dessa forma, você vai ter o seu próprio jardim de cura para reduzir gastos com remédios e consultas médicas a um mínimo.

   Você pode usar algumas ervas e especiarias que ajudam em vários problemas de saúde. Não é preciso ser um herbalista profissional para usar muitas dessas ervas para tratar e prevenir doenças e enfermidades.

   Sua cozinha deve funcionar como o seu armário de remédios naturais, assim não precisará recorrer à farmácia e não terá que estocar remédios. Da mesma forma, você pode tirar as vantagens preventivas que as ervas oferecem.

Essas ervas oferecem numerosos benefícios, sem os efeitos indesejáveis de tratamentos e remédios convencionais.

     As ervas são geralmente muito saudáveis como chás ou temperos, você pode cultivá-las em espaços menores. Essas ervas podem ser cultivadas ao ar livre ou em vasos em seu quintal. Você pode até mesmo cultivá-las em sua varanda.

Quem morou no sitio e estava a 139 km do socorro médico sabe o valor desses ingredientes naturais.

As pessoas de hoje, que tem o médico" a tempo e a hora" não sabem, e às vezes, nem querem usar os recursos caseiros. Preferem os antibióticos, mesmo sabendo que estão correndo o risco até de morrer ou de causar danos a sua saúde. 

Quem morou no sitio e estava a 139 km do socorro médico sabe o valor desses ingredientes naturais.

As pessoas de hoje, que tem o médico" a tempo e a hora" não sabem, e às vezes, nem querem usar os recursos caseiros. Preferem os antibióticos, mesmo sabendo que estão correndo o risco até de morrer ou de causar danos a sua saúde..

 

Alecrim- Rosmarinus officinalis


Enquanto supervalorizam o chá verde, menosprezam uma erva que é tão importante quanto, ou até superior em benefícios, o alecrim.

 Dentre os benefícios do alecrim, destacam-se as intensas atividades antioxidante e anti-inflamatória, que justificam seus efeitos em diversas doenças. O botânico Dr. James Duke do Departamento de Agricultura dos EUA, criou um banco de dados que lista todos os compostos químicos conhecidos em mais de 1.000 plantas comestíveis, incluindo as ervas mais comuns e as especiarias. De acordo com Duke, o alecrim contém mais de duas dezenas de antioxidantes, é o único composto em seu banco de dados CRC Handbook of fitoquímicos biologicamente ativos, (1992) a ter regulação imune, anti-inflamatória, antioxidante e outras atividades.

 É adstringente, sudorífico e estimulante, alecrim foi usado por civilizações antigas para fortalecer a memória e proporcionar alívio da dor. Também é útil como um antiespasmódico e pode ajudar pessoas que sofrem de asma.

 

Basta ferver alguns folhas em água por 3 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sopa rasa para 3 xícaras de água (300 ml). Veja mais em alecrim

Canela

    Se a ciência já se encantava com o poder dos antioxidantes contra os radicais livres, que são moléculas produzidas pelo próprio corpo, cujo excesso está na raiz dos males degenerativos, hoje, ela se surpreende ao desvendar que os antioxidantes estão presentes em ingredientes simples.

    A canela contém substâncias protetoras da saúde e vem deixando cientistas surpresos com seu potencial terapêutico. Toda pessoa deveria consumir um pouco de canela em sua alimentação diária. Esta especiaria é grande em tudo, de sobremesas até para fazer chás. É boa para controlar a náusea, o diabetes, promover a saúde do coração, lutar contra o Alzheimer, a artrite e o câncer.

 Basta ferver alguns pedaços de canela em água por 5 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 2 pedaços de 3 cm para 3 xícaras de água (400 ml). Veja mais em canela 

Cravo - da - Índia

     Os diversos trabalhos científicos acerca do Cravo tem mostrado as diversas propriedades terapêuticas do cravo - é esti

mulante, expectorante, sedativo, carminativo, antiespasmódico e digestivos. Ela ajuda a evitar flatulência, estimular a digestão. É um tônico geral, tanto para a fraqueza física e intelectual. Seu principal valor terapêutico é devido à alta concentração de eugenol. É bom para o sistema imunológico, e particularmente é eficaz em infecções da boca e dos dentes.

    Algumas complicações vasculares e neurológicas em diabéticos experimentais foram melhoradas através da utilização do eugenol de óleo de cravo. Isso indica que pode ter ação terapêutica para a neuropatia diabética e vasculopatia em seres humanos com diabetes.

    A inalação de partículas de motores diesel de ar poluído pode causar inflamação pulmonar e pode prejudicar o funcionamento mecânico dos pulmões. Uma pesquisa feita no Brasil usando óleo de cravo para tratar danos nos pulmões causado por respirar ar poluído. O Eugenol, um substancia presente no óleo de cravo mostrou que possui pro

priedades anti-inflamatórias e antioxidantes em experiências com amostras de tecido pulmonar.

   Este experimento utilizou camundongos para analisar o possível papel protetor do eugenol contra lesões pulmonares induzidas por partículas de diesel. Os ratinhos foram expostos a partículas de motores diesel por uma hora e, em seguida, alguns foram expostos ao eugenol. Após 24 horas, foram avaliadas uma variedade de medidas de função pulmonar. Os pesquisadores descobriram que os ratos que receberam eugenol evitaram alterações na mecânica pulmonar, inflamação pulmonar e colapso alveolar que havia sido causado pela exposição das partículas de diesel.

  Mastigar um cravo várias vezes ao dia. Tem um sabor agradável, e age como um relaxante. Mastigar cravo é uma boa ideia para aqueles que tentam deixar de fumar. É um bom antisséptico bucal para a halitose: ferver alguns cravos em um pouco de água por 3 minutos, deixe esfriar, em seguida, enxágue e gargareje com o chá coado.

Basta ferver alguns cravos em água por 4 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sobremesa para 3 xícaras de água (400 ml). Veja mais em cravo-da-india

Cúrcuma- longa

   

     Os muitos benefícios desta especiaria ainda são segredo, a não ser que você não tenha acompanhado as notícias das pesquisas sobre ela.

A cúrcuma-longa que é a erva medicinal mais importante do mundo para a nossa saúde.

    A lista de benefícios já confirmados é tão grande que temos a certeza que, a cúrcuma é indispensável em nosso dia a dia. No mínimo, o uso da cúrcuma deve ser reconhecido como uma atitude inteligente quando visamos a prevenção, uma vez que ela possui a capacidade de modular 170 processos fisiológicos distintos dentro do corpo de um modo que pode melhorar o sofrimento físico.

    A ciência por meio de vários estudos de bioequivalências vem agora, confirmar que esta especiaria, a cúrcuma - longa tem propriedades terapêuticas relevantes para mais de 500 diferentes problemas de saúde, e pode, portanto, conceder aqueles que a usam uma proteção significativa em muitas doenças que causam sofrimento humano. A curcumina presente na cúrcuma-longa é uma das substâncias naturais mais estudadas no mundo e conta, com mais de 5100 referências revisadas e publicadas. 1400 destas indicam seu valor em mais de 500 problemas de saúde. É um potente antioxidante, pode ser utilizado para desintoxicar o fígado, e ainda alivia a dor. Há evidências de que a cúrcuma pode proteger contra a doença de Alzheimer e ainda prevenir o câncer da mama. Talvez os benefícios mais documentados de cúrcuma é na sua capacidade de combater as células cancerosas.

 A Cúrcuma tem inúmeros benefícios para a saúde e é fácil de incorporar em sua cozinha. O tempero pode reduzir a inflamação, combater a depressão, reduzir doenças cardíacas e diabete, e tem sido pesquisada extensivamente por sua capacidade de vencer o câncer. Cientistas de todo o mundo têm encontrado no Cúrcuma substância para impactar positivamente mais de 581 doenças e condições diferentes. É a planta mais pesquisada no planeta.

Enquanto nós comumente pensamos no Cúrcuma como tempero, ele oferece os seus benefícios medicinais de outras maneiras também. Apenas certifique-se que você sabe como otimizar a absorção de Cúrcuma para colher o máximo de seus benefícios.

Basta ferver pedaços do rizoma de cúrcuma em água por 3 minutos, deixe esfriar um pouco e beber. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sopa rasa para 3 xícaras de água (400 ml). Veja mais em curcuma-longa

Gengibre

   

   O gengibre ajuda em mais de 100 problemas de saúde.

A lista de benefícios já confirmados é tão grande que temos a certeza que, o gengibre é indispensável em nosso dia a dia.

 Muitos benefícios do gengibre a nossa saúde com base em evidências tem sido revelado e são baseados em evidências reveladas por estudos. São muitas pesquisas que vem confirmando os benefícios dela para a nossa saúde. Já é estudada para mais de 100 problemas ou sintomas. Tornando-a um dos mais versáteis chás baseados em evidências científicas do mundo. É uma planta que eu recomendo manter sempre a mão em sua cozinha. Não só é uma adição maravilhosa para sua cozinha, mas também tem propriedades medicinais suficientes para preencher vários livros. É uma rica fonte de antioxidantes, incluindo gingerol, shogaols, zingerone e muito mais.

Os benefícios para a saúde de gengibre são surpreendentes.

   A parte medicinal mais utilizada da planta é o rizoma. O gengibre realmente tem atividade antibacteriano de amplo espectro, antiviral, antioxidante, propriedades antiparasitárias entre tantas outras ações farmacológicas. A erva é boa em acalmar a náuseas, enjoos e a digestão, serve também para combater alguns tipos de câncer, inflamação e estimular o sistema imunológico. Chá de gengibre pode ser usado para resfriados, dores de garganta e dor de estômago.

 Basta ferver pedaços de rizoma de gengibre em água por 3 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sopa rasa para 3 xícaras de água (400 ml). Veja mais em gengibre 

 

Hortelã-pimenta - Peppermint

    Contém mentol um ingrediente presente em remédios para doenças respiratórias. Como o Prevent Disease relata, o mentol é capaz de relaxar os músculos das vias respiratórias e de facilitar a respiração. É bom para a garganta e os pulmões, tosses suaves e desobstruente das vias aéreas. Ao beber o chá, segure-o até próximo ao rosto para que os vapores medicinais também sejam inalados.

 Além do cheiro delicioso, a Universidade de Maryland em estudo mostrou que a hortelã-pimenta é maravilhosa para dor de estômago. Antibacteriana, antifúngica, antiviral. A hortelã-pimenta pode ser utilizada para tratar a diarreia, flatulência, dores menstruais e o resfriado comum. Ela acalma os músculos do estômago e melhora o fluxo de bílis. Faz uma combinação perfeita com o suco de abacaxi.

Basta ferver alguns folhas em água por 2 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sopa da folha picada para 3 xícaras de água (400 ml). 

Manjericão

 

É ótimo para sua saúde.

Na medicina tradicional, é usado para tratar enjoos, problemas respiratórios e reumatismo. Oferece inúmeros benefícios medicinais.

 É tão benéfico para a saúde que em alguns países é chamado de erva santa. (Manjericão santo). O Manjericão também tem ação anti-inflamatória e até para reduzir a flatulência e náuseas.  Melhora a circulação, reduz a oxidação do colesterol, reduz inflamação e aumentar a imunidade. Pode também tratar dores de estômago e dores de cabeça.

Basta ferver alguns folhas em água por 2 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 8 folhas para 3 xícaras de água (400 ml). ver mais em manjericao

 

Orégano

    Orégano é uma erva maravilhosa que contém fitonutrientes potentes que traz benefícios para a saúde. De acordo com um estudo o orégano tem um dos maiores índices de atividade antioxidante, tem 42 vezes mais antioxidante que o suco da maçã. Você pode colocá-lo em sua pizza, mas o que você provavelmente não sabia é que o orégano pode beneficiar muito a sua saúde.

    Não é apenas para pizza; orégano tem ação que vão muito além de seu fascínio culinário.

O orégano deve ter um lugar de destaque na sua cozinha. Ele é rico em vitamina K, manganês e cheio de antioxidantes e fitonutrientes. Pesquisas já ligaram esta erva com perda de peso, a saúde digestiva, ao combate de bactérias patogênicas e alivio de dor. É um agente antibacteriano, antioxidante e antifúngico, anti-inflamatório, e anti-histamínico. Inalados, os vapores de orégano são ótimos para abrir as vias aéreas e ajudar com problemas de sinusite. O Carvacrol e ácido rosmarínico presente no orégano ajudam no descongestionamento. O orégano pode matar patógenos de origem alimentar (Listeria monocytogenes, Staphylococcus aureus e E. coli).

Basta ferver alguns folhas em água por 2 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sopa rasa de suas folhas para 3 xícaras de água (400 ml).   leia mais oregano-selvagem  

Sálvia

A Sálvia foi chamada de Erva do Ano pela Herb Association International. Suas qualidades medicinais são de longo alcance. Os antigos egípcios usaram para ajudar na fertilidade, enquanto outros usavam para parar o sangramento menstrual excessivo. A erva fortalece o sistema nervoso,  aguça os sentidos, ajuda na gástrica, pode melhorar a clareza mental, manter níveis mais baixos de açúcar no sangue em diabéticos, e pode até mesmo prevenir a doença de Alzheimer.

 Feito em chá, você pode usar para o alívio da dor de garganta, aliviar a digestão, acalmar a tosse, e até mesmo melhorar a memória. Um estudo descobriu que com o consumo da sálvia podemos melhorar a pontuação em testes de memória.

Basta ferver alguns folhas em água por 2 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 5 folhas para 3 xícaras de água (400 ml).

 Tomilho

   Tomilho vem da palavra grega "timo", que significa coragem. Tem sido transmitida de curandeiro para curandeiro durante séculos. Tomilho é uma erva comum com um passado místico, onde os soldados gregos antigos usavam a planta antes da batalha para reforçar sua coragem. Parece também que o tomilho pode ajudar a respirar melhor. As virtudes do tomilho: Graças aos seus componentes, o tomilho possui propriedades antissépticas e exerce uma ação notável sobre os estados febris, as tosses, nomeadamente a tosse convulsa das crianças, e as bronquites. É excelente para a tosse, bronquite e asma. Também alivia a dor de garganta, por isso é uma ótima opção, quando bateu uma infecção respiratória é só fazer em infusão (chá) e inalar os vapores.

 

Utilizações:

Esta maravilhosa planta facilita a digestão e descontrai os músculos, pelo que constitui um ótimo calmante do sistema nervoso, revelando-se por isso um eficaz antiespasmódico, sobretudo a nível dos intestinos e do estômago. Igualmente de salientar a sua ação benéfica em casos de angústia, stress e enxaqueca.

No caso de gripe (com ou sem tosse), beba o chá o mais quente possível e, se tiver as vias nasais obstruídas, inspire ao mesmo tempo o vapor que se liberta. Uma colherzinha de mel serve para adoçar o chá e reforça o efeito no caso de tosse renitente.

No caso de gengivas ou garganta inflamada, os gargarejos à base de tomilho fazem maravilhas, e já existem algumas preparações farmacêuticas que contêm um dos seus constituintes principais, o timol. O tomilho é um antibiótico natural.

Nos casos de depressão, astenia e esgotamentos, os banhos quentes com tomilho são tonificantes e revitalizantes, um verdadeiro estímulo natural.

Se for feito num cataplasma, que pode ser usado para as irritações da pele. A erva também tem antifúngico, expectorante, diurético, antibiótico, antiparasitário, e usos antissépticos. Por último, o tomilho é maravilhoso para desintoxicação do fígado.

Há ainda alguém que nunca tenha usado o tomilho em culinária ou em chás? Certamente, sim. Infelizmente, não sabem o que estão perdendo. Quer fresco ou seco, o sabor ligeiramente picante do tomilho faz maravilhas no tempero de saladas, assados, grelhados, guisados e tantos outros pratos.

Na forma de chá: basta ferver alguns folhas em água por 2 minutos, deixe esfriar. OBS: contar os minutos a partir do momento que iniciou a fervura. Dose: 1 colher de sopa rasa da folha para 3 xícaras de água (400 ml).

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade