Fitoterapia

  Regenerativa

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

 

Aos 80, 90,100 anos, escolha qual imagem você quer ter. Comparem as fotos, as duas mulheres têm 80 anos. Uma fez algo por si, a outra deixou o tempo fazer tudo por ela.

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

 

Fitoterapia Regenerativa: soluções para transformar a saúde e prolongar a qualidade da vida

        Pode ser visto como especulativo considerar terapias regenerativas no momento que sabemos tão pouco sobre quais intervenções são necessárias. Porém, seja cético sobre as alegações de que você pode se regenerar tomando um certo suplemento, mas, excitantemente, o conhecimento mostra recursos e muitas formas para evitar os danos que chegam com o envelhecer. Portanto, podemos considerar os recursos e terapias que “atrasam, interrompem ou invertem o processo de degeneração”, sim.

        Há ativos naturais que são capazes de minimizar e até inibir as degenerações, permitindo ao sistema orgânico se regenerar. Esses ativos têm funções importantes na prevenção e até na regressão de alguns danos já causados pelo declínio do organismo. Através da Fitoterapia Regenerativa podemos ver cura para muitas das condições mais debilitantes de hoje, desde  insuficiência cardíaca e renal e  até distúrbios neurodegenerativos.

Neste conteúdo abordei:

Fitoterapia Regenera o Cérebro?

Fitoterapia Regenera o Coração?

Fitoterapia pode regenerar o pulmão?

Fitoterapia Regenerativa no cuidado Geriátrico

Fitoterapia Regenerativa em doenças dos olhos?

Fitossubstâncias para reparo de coração infartado?

Reabastecer com oxigênio o coração danificado?

Regenerar a pele?

Reverter danos que o envelhecimento traz a Próstata?

Fitoterapia Regenera Cartilagem, Articulação e Coluna Vertebral?

O “segredo” de permanecer forte enquanto envelhece.

Saúde e envelhecimento do Coração

O que a Fitoterapia pode fazer para prevenir doenças cardíacas?

Entendendo o envelhecimento do coração e revertendo as doenças cardíacas. O sistema cardiovascular no envelhecimento. A idade pode causar muitas alterações no coração. Fisiologia do envelhecimento cardíaco e como o coração muda com a idade?

 O envelhecimento pode causar alterações no coração e nos vasos sanguíneos. Efeitos do envelhecimento no coração e nos vasos sanguíneos

Papel dos fatores de risco modificáveis no envelhecimento do coração e implicações preventivas.

Prevenindo o envelhecimento da vasculatura

Controlando a pressão arterial

Controlando seu colesterol

Artérias no envelhecimento

Alterações das válvulas

O entendimento dos mecanismos moleculares do envelhecimento cardíaco pode apoiar a aplicação clínica potencial de várias estratégias da “Fitoterapia Regenerativa" que tratam as doenças cardiovasculares e melhoram o envelhecimento cardíaco para ser saudável.

Saúde e envelhecimento do Coração

O que a Fitoterapia pode fazer para prevenir doenças cardíacas?

Entendendo o envelhecimento do coração e revertendo as doenças cardíacas. O sistema cardiovascular no envelhecimento. A idade pode causar muitas alterações no coração. Fisiologia do envelhecimento cardíaco e como o coração muda com a idade?

 O envelhecimento pode causar alterações no coração e nos vasos sanguíneos. Efeitos do envelhecimento no coração e nos vasos sanguíneos

Papel dos fatores de risco modificáveis no envelhecimento do coração e implicações preventivas.

Prevenindo o envelhecimento da vasculatura

Controlando a pressão arterial

Controlando seu colesterol

Artérias no envelhecimento

Alterações das válvulas

O entendimento dos mecanismos moleculares do envelhecimento cardíaco pode apoiar a aplicação clínica potencial de várias estratégias da “Fitoterapia Regenerativa" que tratam as doenças cardiovasculares e melhoram o envelhecimento cardíaco para ser saudável.

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

O que acelera o envelhecimento?

Posso prevenir as doenças que vem com a idade?

Há o que fazer para frear o declínio do organismo?

Pode o sistema imunológico ainda te defender na idade?

O que pode ajudar a reduzir alguns danos do envelhecimento?

Podemos manter a vitalidade e a boa aparência até aos 100 anos?

Não conseguimos pará-lo nem fazê-lo voltar, mas podemos acelerá-lo ou desacelerá-lo.

Não há varinha mágica para voltar as mãos do que o tempo e os hábitos estragaram. Mas existem soluções naturais para diminuir os efeitos do envelhecimento e os danos que o acompanham.

Talvez você tenha tentado se cuidar por conta própria e tenha ficado frustrado e perdido, se afogando em um mar de blogs e sites de saúde e informações conflitantes.

Ficará claro na discussão que vamos conduzir e que mostra que à medida que envelhecemos, as mudanças no corpo e nos órgãos exigem que  atuemos para controlar os danos que o envelhecimento tráz e que possamos prevenir as doenças que vem com o envelhecer.

 

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Por que não fazer algo para que os estragos não estraguem a nossa vida?

 A imagem fala por si só e mostra o quanto a alimentação saudável e o exercício físico ajudou na manutenção na integridade física e da saúde.

>> Com o passar dos anos o corpo se desgasta. A pele afina. Órgãos funcionam mais lentamente. As células perdem funções biológicas. E como resultado, sofremos degenerações, ficamos doentes e, ás vezes, até incapacitados.

>> A imagem mostra uma pessoa que faz regularmente atividade física e tem uma alimentação saudável e a outra que deixou a vida seguir sem se preocupar com hábitos que podiam trazer lhe um envelhecimento saudável e com melhor qualidade de vida.

Com o envelhecimento, algumas doenças chegam.

     O envelhecimento é um processo fisiológico que se acelera patologicamente. A bioquímica e a fisiologia alteradas levam à patologia, portanto, dar atenção e buscar os meios que mantenha ou restaure as funções biológicas e fisiológicas das nossas células e de nossos órgãos é determinante no processo do envelhecimento.

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

Sobre Fitoterapia Regenerativa

  Regeneração é  o restabelecimento de uma parte danificada ou degenerada. Evitar que as células percam suas funções, regenerando-as.   

Usar o conhecimento para ajudar sistemas complexos, e entender a regeneração leva a novas abordagens para reparar partes perdidas, danificadas ou doentes do corpo. A Fitoterapia Regenerativa visa tratar os danos causados pelas doenças ou pelo processo do envelhecer. A Fitoterapia Regenerativa inclui fitossubstâncias destinadas a aumentar, reparar, regenerar órgãos, tecidos, células e processos metabólicos no corpo.

     Fazer a manutenção do corpo de uma forma tão eficaz que impeça o surgimento de enfermidades que vem com o processo do envelhecer por meio de recursos que reparam os danos moleculares responsáveis pelo envelhecimento dos órgãos. Que sejam capazes de evitar ou corrigir os principais mecanismos celulares que levam a doenças associadas ao envelhecimento – mal de Parkinson e de Alzheimer e as doenças cardiovasculares, entre outras é a função da Fitoterapia Regenerativa.

 Quando mais envelhecemos, mais precisamos ter o que fazer.

Os danos do envelhecer chega tão depressa para os que vão ao seu encontro. De resto, o que é que nos faz velhos? Não é a idade, são as doenças.

Quem quer evitar e vencer os danos que o tempo vai trazer deve utilizar-se dos elementos que tem potência e força nessa jornada, pois uma boa velhice é, comumente, recompensa de uma vida bem cuidada. O dinheiro que deixamos de gastar porque não investimos na nossa saúde, será gasto com doenças. A falta de cuidados com a saúde são saques que esta na conta, pagáveis com juros.

>> As mudanças físicas que nosso corpo passa ao longo de sua jornada “natural” através do tempo é aceita pelas pessoas de forma resignada sem fazer algo que pelo menos minimize as alterações que vão ocorrer.

 O corpo humano é como uma máquina e tal como ela, precisa que seja usado meios para apertar alguns parafusos que os maus hábitos e a negligencia deixou  afrouxar  (degenerar), e necessita do combustível adequado para fazer cada engrenagem funcionar.

   O pensamento antiquado e o dogma científico há muito obstruem nossa compreensão de nosso potencial inato e inexplorado de se auto regenerar e curar. Mas a própria ciência explica por que o desgaste biológico não é uma sentença ditada pelo tempo e como as doenças crônicas não são inevitáveis ​​quando você implementa as ferramentas certas oferecidas pela natureza e todos os tecidos do seu corpo é a sua capacidade de se regenerar.

<><><><><><><><><><><><><><><><><><><>

Fitoterapia Regenera o Coração?

   A deterioração fisiológica dos órgãos devido à idade em algumas pessoas mostram, de fato, que não estão protegidos de doenças cardiovasculares, neurodegenerativas e diabetes. Apenas o controle das substâncias que não deveriam acumular em seus órgãos e no corpo e também à reposição de fitonutrientes e fitossubstâncias podem prevenir a deterioração ou restaurar o que foi danificado involuntariamente por meio de ''hábitos nocivos''.

O envelhecimento cardíaco é definido como as mudanças que ocorrem lentamente de forma progressiva e o declínio funcional do órgão com a idade.

      Os esforços atuais são dedicados a entender o processo biológico do envelhecimento e a identificar caminhos que possam ser direcionados para estender a saúde do coração. Curiosamente, evidências tem demonstrado que muitos dos caminhos que melhoram a saúde e prolongam a longevidade em vários organismos, as Fitossubstâncias despontam como recursos proterores e regeneradores.

Fitoterapia Regenerativa é um recurso ''milagroso'' para a prevenção e tratamento bem sucedido de doença cardíaca.
     A Fitoterapia Regenerativa é promissora, não apenas para evitar o declínio físico que vem com algumas doenças, mas também para melhorar a saúde dos sobreviventes de AVC e Infarto e com potencial na prevenção e tratamento da doença arterial coronariana.

    A Regeneração Cardíaca A Cardiologia acredita que o tecido cardíaco é incapaz de ser regenerado. Não muito tempo atrás, acreditava-se que o tecido cardíaco era singularmente incapaz de ser regenerado. Pesquisa experimental indica agora que isso não é verdade, e há formas de regenerar o tecido cardíaco. Pesquisas indicam que há Fitossubstâncias que são capazes de estimular as células cardíacas para regenerar o tecido cardíaco. Fitossubstâncias são capazes de estimular a formação de células progenitoras cardíacas.

Retardar o aparecimento de patologias cardiovasculares relacionadas à idade. Isso será discutido no tópico no contexto da sinalização das Fitossubstâncias que agem no envelhecimento cardíaco.

Abaixo nesse tópico detalhei mais como a Fitoterapia Regenerativa ajuda o coração.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

 

Fitoterapia Regenera o Cérebro?

Não importa a sua idade, podemos continuar a desfrutar de boa saúde e um estilo de vida ativo.

Como podemos impedir a degeneração e o encolhimento do cérebro que começa em meados de idade? Reduzir o declínio mental que começa em meados de idade? Fazendo mudança moderada em sua alimentação e estilo de vida  e utilizar dos recursos da Fitoterapia Regenerativa. É onde ela pode realizar seu feito mais nobre, levando o cérebro de volta ao equilíbrio. 

Todos nós assumimos que o cabelo cinza e as rugas são os primeiros sinais de envelhecimento, mas algumas partes do seu corpo estão se desgastando muito antes de parecermos velho. 

Mas será que nosso cérebro encolhe?

Neurologia constata que o cérebro tende a diminuir com o envelhecimento.

O encolhimento do cérebro tem sido associada ao declínio cognitivo.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Informações que abrirão claramente o caminho para a saúde e um conteúdo livre de teorias ilusórias ou utopias.

       Este conteúdo que detalha os protocolos do Fitoterapia Regenerativa esta disponível em PDF, tem um custo de R$ 3.900,00. 

       O conteúdo com mais de 900 páginas e mais 2 guias de plantas medicinais com 700 páginas cada. Nos guias mencionei as plantas e as Fitossubstâncias que contam com evidências de eficacia mostrada por estudos. Ao todo, além das experiências obtidas em casos, reuni artigos publicados. Os resumos de artigos de estudos neste conteúdo abrangem uma ampla gama de tópicos, incluindo doença coronariana, hipertensão, insuficiência cardíaca, dislipidemia e arritmia. Muitos artigos abordaram a aplicação clínica e o mecanismo de fitoterápicos no tratamento de doenças coronarianas.

Não uma ou duas vezes, mas todos os dias, repetidamente, a Fitoterapia Regenerativa faz o que a medicina moderna diz que é impossível. Não há "balas magicas ", mas cura o incurável.

  Um conteúdo com programas simples que qualquer pessoa pode implementar. Com uma mistura de sabedoria comum, muitas evidências científicas, fatos médicos convencionais e pesquisas. Como um manual fácil de seguir, passo a passo para qualquer pessoa que queira ter responsabilidade por sua própria saúde.

Optei por incluir o sistema online nos treinamentos de Fitoterapia porque assim facilita para pessoas que estão distante ter o acesso.

    No conteúdo Fitoterapia regenerativa mostro de forma clara e objetiva as Plantas Medicinais e as Fitossubstancias que contam com evidencias cientificas e suas potencialidades para coadjuvar nos tratamentos e na prevenção das doenças. Mostrei as Plantas Medicinais que realmente são eficazes, inclusive com links das publicações científicas que mostraram a evidência de eficácia.

   Oferecido on-line e para uma máxima integração. Postado por tópicos no site em páginas com acesso exclusivo para quem adquirir. E mais materiais de apoio em PDF, enviados por  e-mail. 

O conteúdo Fitoterapia regenerativa é uma revolução! Ele vai muito além das crenças que alimentam a medicina farmacêutica moderna há décadas e fornece toda a ciência de que você precisará para provar que existem outros recursos e formas eficazes de tratamento.

Combinando análise de evidências científicas com nossa mais profunda sabedoria ancestral e práticas de promoção da saúde, por meio do Tiaxica.com, ofereço um conteúdo rico em recursos para ajudar a prevenir e gerenciar as aflições mais comuns à saúde de nosso dia. Científico o suficiente, mas não excessivamente. 

 

Quantas horas?

      Não elaborei o conteúdo baseado em hora, mas em qualidade e quantidade de conteúdo, cuja duração dependerá da sua disponibilidade. Você acessará no momento que tiver tempo e progride no seu próprio ritmo e determina quando deseja realizar seus estudos, ao mesmo tempo em que passa a se beneficiar do meu suporte por meio dos sistemas disponíveis para contato. Acredito no poder do relacionamento e, por isso, ofereço suporte contínuo. Estou sempre disponível para responder perguntas e apoiá-lo em seu aprendizado. Dedicaro tempo (horas) por semana para dirimir dúvidas a respeito do conteúdo. Este roteiro o guiará passo a passo enquanto você caminha no caminho da recuperação da saúde, no seu próprio ritmo. Engajei os pilares da recuperação da saúde por meio de recursos eficazes que oferecem uma oportunidade de mergulhar o pé na Fitoterapia Regenerativa, com o apoio incondicional e os incentivos. 

Pré-requisitos:

Não tem pré-requisitos. No entanto, recomendo que tenha interesse real para se aprofundar nesses valiosos e polivalentes recursos terapêuticos, mas alerto, que se trata de um conteúdo muito amplo e profundo, portanto, ter aptidão é fundamental. O conteúdo é voltado para profissionais da área de saúde: médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermagem, terapeuta holístico e para pessoas interessadas que queiram se aprofundar no assunto.

Finalmente, quero enfatizar que me dediquei ao máximo para incluir neste conteúdo de Fitoterapia regenerativa todas as minhas experiências e diga-se de passagem foram muitas centenas, com a finalidade de ressaltar os benefícios que as inúmeras plantas podem proporcionar a cada um de nos.

 

Para saber mais, entre em contato no watsSap 41 9 98 06 55 53.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

A prevenção de doenças cardiovasculares e o tratamento estão no seu armário da cozinha ou no seu quintal.

Temos que nos lembrar de que a boa saúde do coração raramente sai de um frasco de remédio.

As doenças do coração mata 320 mil pessoas todo ano. No Brasil, são 320 mil óbitos por ano, uma pessoa a cada dois minutos.

   Infelizmente, milhões de pessoas desconhecem o extenso corpo de estudos que mostram o uso de Fitossubstância para prevenir e até mesmo reverter doenças cardíacas. Se você está considerando usar uma erva para gerenciar as doenças cardíacas, por favor, procure as que podem ser usadas em conjunto com os medicamentos que foram prescritos pelo seu cardiologista. É importante acentuar no hábito alimentar diário o uso das plantas medicinais, alimentares e as fitossubstâncias que tiveram sua eficácia confirmada. Há vários estudos que indicam evidências de eficácias de Fitossubstâncias.

OBS: Este conteúdo esta no fomato de um livro e faz parte do conteúdo da Fitoterapia Regenerativa.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

A Fitoterapia pode ajudar na prevenção ou no tratamento para quem sofreu um acidente vascular cerebral.

     O consumo de chá está associado a risco reduzido de acidente vascular cerebral. Isso evita que a parede da artéria fique lesada ou inflamada, o que vai prevenir a deposição de gorduras e cálcio, que levaria à formação de placas nestas paredes, o que em última instância causa o entupimento ou a diminuição do calibre da artéria, com consequente interrupção ou diminuição extrema do fluxo de sangue, levando ao AVC.

AVC Derrame  90% dos casos de AVC decorrem de fatores que podem ser prevenidos.

      O Acidente Vascular Cerebral – AVC, que ainda é conhecido por muitos como derrame, é a segunda principal causa de morte no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, um brasileiro morre a cada cinco minutos em decorrência do AVC, contabilizando mais de 100 mil óbitos por ano. Anualmente, 100 mil pessoas morrem em todo o país, devido ao AVC.

     O AVC é um problema vascular cerebral e o infarto é um problema vascular do coração. A pessoa que já passou por um AVC, corre sérios riscos de ter um infarto e a pessoa que já teve um infarto, corre sérios riscos de ter um AVC.

Quem já sofreu um AVC terá outro? Sim.  É muito importante descobrir a causa do primeiro para prevenir o segundo, que comumente tem consequências mais severas.

    O AVC pode ser evitado na maioria das vezes, principalmente quando se tem acesso à recurso que ajude a evitar. É preciso, cada vez mais, difundir na população noções de risco e de causas e de como proceder para evitar as doenças cerebrovasculares é a importância de manter hábitos de vida saudáveis, fazer exercício físico diariamente, não fumar e evitar bebida alcoólica em excesso. Com a prevenção, podemos reduzir muito o risco de AVC. Além de adotar as medidas de prevenção sugeridas pela medicina, é necessário conhecer os recursos naturais que podem ajudar na prevenção.

     Seja por bloqueio ou ruptura, temos que entender que a interrupção do fluxo sanguíneo causa prejuízo na vascularização cerebral. A combinação dos fatores de risco pode aumentar o processo da aterosclerose - depósito de gordura - e pode ocasionar o bloqueio completo do fluxo de sangue. Esse mesmo processo pode ocorrer em outros vasos da circulação, como nas artérias carótidas e nas artérias do coração e das pernas.

    A maioria dos problemas cardiovasculares, de acordo com especialistas, poderia ser evitada ou postergada por meio de medidas preventivas simples e a adesão às recomendações médicas. A forma de prevenir a doença é manter uma vida regrada, realizando atividades físicas e comendo comidas saudáveis, evitando alimentos industrializados e embutidos.

A doença aterosclerótica (endurecimento das artérias), por exemplo, tem início na alimentação e evolui com o passar do tempo.

OBS: Este conteúdo esta no fomato de um livro e faz parte do conteúdo da Fitoterapia Regenerativa.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

 

Fala das ervas (fitoterapia) chinesa?

      O fato é que quase não usamos a Fitoterapia chinesa no Brasil por uma série de motivos, logo, não há que se ''perder tempo com teorias'' que só fazem sentido se estudadas como fundamento da Fitoterapia. A Fitoterapia chinesa, que, obviamente, tem seu valor, é citada, mas não super valorizada em detrimento da abrangência dos estudos realizados em todo o continente e das plantas muito utilizadas em outras países, que são igualmente importante no arsenal terapêutico. Sem contar que a Fitoterapia com as ervas da nossa flora é polivalente.

Um bom conteúdo de Plantas Medicinais precisa ser conciso, conter informações reais, ser pautado na vivência, na experiência, nas evidências e ensinar a usar sempre as plantas brasileiras, salvo as fitossubstâncias e plantas que suas produções estão em outros países.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

  • Um conteúdo cuidadosamente escolhido e estruturado para apoiar a integração e aplicação do conhecimento.
  • Com este curso você terá um amplo conhecimento sobre a Fitoterapia e suas principais formas de uso. Esse curso irá destaca a importância atual da Fitoterapia, os seus principais recursos e suas formas de usar e elaborar.

  • O conteúdo desse curso está ancorado por minhas raízes de conhecimento ancestral, sendo constantemente alimentado pelas evidências confirmadas por pesquisas científicas. Com uma compreensão detalhada de como as plantas funcionam, como são utilizadas e os processos patológicos que elas podem ser inseridas. Através deste curso, vamos explorar a Fitoterapia e sua aplicação terapêutica concreta.

   É possível classificar a Fitoterapia em três condições:

  • Para as doenças que podem ser curadas apenas com a Fitoterapia;
  • Há doenças que a Fitoterapia tranquilamente pode ser o tratamento principal.
  •  E aquelas doenças nas quais a Fitoterapia pode auxiliar conjuntamente a outras abordagens terapêuticas.

 Quais doenças podem ser tratadas com a Fitoterapia?

  •       Todas podem porque, nas ervas, encontramos fitossubstâncias com atividade anti-inflamatória, anticoagulante, antibacteriana, antiviral, analgésica, antiúlcera, antialérgica e etc.
  •      A Fitoterapia por milhares de anos foi usada para salvar vidas e ajudar a lidar com todos os tipos de doenças. A Fitoterapia pode ser usada em qualquer fase das doenças ou para evitar o agravamento em um determinado estágio de doenças agudas e graves. O uso de ervas torna possível para acelerar o processo de cicatrização e reduzir significativamente o número de medicamentos consumidos. Na prevenção de muitas doenças, a Fitoterapia é o tratamento principal.
  • Não se pode simplesmente dizer que não há mais nada a fazer, sem antes tentar esse recurso tão valioso que surpreende com excelentes resultados. A Fitoterapia pode e deve ser utilizada conjuntamente à terapêutica convencional ou quando não se obtém desta os resultados esperados.

Obs. Fitoterapia não é homeopatia.

Colocar a Fitoterapia no mesmo barco das técnicas ditas “alternativas” é um grande erro.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

     Pesquisadores de todo o mundo, estão tentando descobrir o que pode trazer um excelente estado de saúde na idade. Observando, de fato, os hábitos e o estilo de vida é um dos segredos para viver 100 anos? De acordo com o algumas pesquisas, as causas da longevidade são encontradas na nutrição e também naturalmente nas fitossubstancias que possam evitar a deterioração fisiológica do corpo e dos órgãos devido à idade. Das evidências encontradas, constatou-se, de fato, que dentre as fitossubstancias há as com fortes propriedades capazes de combater todas as doenças tipificadas como sendo do processo do envelhecimento, incluindo as cardiovasculares e neurodegenerativas.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

        Se, por um lado, entendemos como detectar o potencial para alcançar uma longevidade, agora muitos de vocês terão prazer em ter alguns exemplos práticos para 'prolongar' a nossa curta existência. Quantas vezes você se perguntou qual é o segredo para viver 100 anos: bem, hoje você não precisa mais se preocupar em encontrar a resposta, pois evidências cientificas, identificaram, pelo menos em parte, qual é a combinação certa para uma vida longa. O estilo de vida que levamos tem uma influência decisiva em nossa longevidade.

O elixir de vida longa existe? Se queremos viver mais e com mais saúde, devemos eliminar da nossa alimentação os alimentos com gordura e substituí-los pelos ricos em fitossubstâncias.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Lições para conter a doença arterial coronariana

       As pessoas tem uma notável falta de consciência e conhecimento sobre doenças cardiovasculares. Este trabalho analisa a confusão e as percepções errôneas relacionadas às prevenções de doenças vasculares e discute as implicações dos riscos, oferece informações para pacientes e para profissionais que trabalham com esses pacientes, incluindo clínicos.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Prevenção verdadeira e falsa de doença coronariana.

    Em uma época em que o marketing transformou ostensivamente os procedimentos e as estatinas como as únicas formas seguras de prevenir um infarto, por exemplo, desprezamos outros recursos que podem ajudar. Embora, seja quase imbecil em sua simplicidade, aqueles que procuram maneiras de modular a proporção lipídica naturalmente em favor das diretrizes lipídicas elaboradas pelas grandes empresas farmacêuticas podem ter certeza de que há fitossubstancias que podem ajudar. Às vezes, porém, o óbvio não é convincente o suficiente - certamente não para as pessoas hiper-racionais e "baseadas em evidências" ou seguidoras de protocolos, hoje em dia -, felizmente, temos a ciência para dar apoio e credibilidade adicionais e talvez até evite que alguns de nós sejam criticados por afirmar o óbvio, por exemplo, que um suco pode ser benéfico para sua saúde e que após um ano de uso, a placa que obstruiu as artérias carótidas foi reduzida em até 30%, enquanto os bloqueios do grupo controle aumentaram em 9% - invertendo efetivamente o processo da doença em até 39% em um ano e a pressão arterial sistólica foi reduzida em 21% no primeiro ano. Uau, certo? Sim, documentar as pesquisa que mostram que você pode reverter o envelhecimento dos órgãos e as doenças degenerativas através de fitossubstancias e modificações no estilo de vida é fundamental. Isso porque a natureza fornece como fonte de nutrição um medicamento com propriedades terapêuticas possivelmente inigualáveis ​​para a saúde do coração.

    Não acho que as doenças cardíacas sejam evitadas e ou revertidas usando apenas procedimento médicos tipo colocação de Stent ou cirurgia de revascularização do miocárdio e medicamentos convencionais. Para prevenir verdadeiramente e até, as vezes, “reverter” as doenças cardíacas e vasculares, não devemos buscar a falsa prevenção de doença coronariana. A prevenção verdadeira geralmente inclui: a redução do uso de medicamentos, a adição de exercícios regulares, algumas mudanças na alimentação, evitando alimentos gordurosos e a reposição de nutrientes vitais ao organismo, bem como a introdução das fitossubstâncias que vão agir na prevenção e na cura.    

Pessoa com 15% de fração de ejeção, na fila de transplantes, foi retirado da fila, e após 4 meses apresentou fração de ejeção de 35%, confirmado pela ecocardiografia.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

 

Fitoterapia pode ajudar em doenças dos olhos?

Fitoterapia Regenerativa regenera os olhos e restaura a visão?

Sim. Vejam os casos que relato.

Este crochê foi feito por uma jovem de 36 anos que tinha um prognóstico de cegueira, aliás, quando iniciou o tratamento com a Fitoterapia, ela já estava cega de um olho e o outro estava preste a cegueira.

 Eliane já havia perdido a visão de um olho e parte da visão do outro olho, e o médico a fez saber que a sua doenças era irreverssível.

Seu quadro está estabilizado com ajuda Fitoterapia, além de haver melhora de alguns dos sintomas, houve uma regressão da pigmentação e uma regeneração da visão. Ela continua em tratamento e esperamos mais surpresas agradáveis.

Aceitei esse desafio com o objetivo de tentar conter a doença no olho que tinha um mínimo de visão.  Por ser uma doença ocular grave e por estar em um estágio bem avançado, visto que uma visão já estava ‘‘perdida”, assumi o caso sem dar certeza de um resultado.

Retinite pigmentosa ou retinose pigmentar é uma doença que causa cegueira e não há tratamento eficaz para essa condição.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

A Fitoterapia pode regenerar o pulmão?

Sim, pode. Vou dar exemplos aqui.

        Apesar de seguir à risca as orientações médicas e tomar as medicações conforme indicado, no senhor E J, a sarcoidose afetou severamente seus pulmões e causaram lhe graves danos, levando-o a internamentos frequentes na UTI, internando todo semana, permanecendo em média três dias na UTI). Foi informado pelo médico que esses danos eram irreversíveis, e poderia a qualquer momento se agravar e leva-lo a morte. Inclusive, além da falta de ar que comprometia a função respiratória, estava escarrando sangue com frequência.

Teve seu quadro estabilizado com ajuda da Fitoterapia e já completou um ano sem ter que se internar. A melhora do seu quadro clínico surpreendeu o pneumologista.

> A sarcoidose é uma doença sistêmica de causa indeterminada, caracterizada por granulomas não-caseosos. Embora possa afetar qualquer órgão, esta doença tem sua mortalidade relacionada principalmente ao acometimento pulmonar, presente em 80% a 90% dos pacientes.

 A Fitoterapia pode ajudar a melhorar doença pulmonar hereditária?

> Sim, veja o caso de uma senhora de 42 anos também acometida de uma doença pulmonar grave que já havia causado a morte de outros familiares, portanto, no seu caso, considerada hereditária. Apesar de seguir à risca as orientações médicas e tomar as medicações conforme indicado, ela via seu quadro, severamente, se agravando a cada dia e seus pulmões com danos graves, levando-o a internamentos frequentes na UTI. Foi informada pelo médico que esses danos eram irreversíveis, e poderia a qualquer momento se agravar e leva-lo a morte. Inclusive, além da falta de ar que comprometia a função respiratória estava, para seu desespero, acentuando a cada dia mais.

Teve seu quadro estabilizado com ajuda da Fitoterapia e já completou um ano e meio sem ter que se internar. A melhora do seu quadro clínico surpreendeu o pneumologista que já aumentou o tempo para suas idas ao seu consultório. Aliás, as consultas, eram apenas para o médico dizer que seu quadro estava agravando e que a medicina, ainda, não tinha nem uma boa notícia.  .

A Fitoterapia pode ajudar a melhorar enfisema pulmonar?

> Senhor de 59 anos com enfisema pulmonar. Foi informado pelo médico que seu quadro poderia a qualquer momento se agravar e leva-lo a morte. Inclusive, além da falta de ar que comprometia a função respiratória, estava com dificuldade de dormir. Teve seu quadro estabilizado com ajuda da Fitoterapia. A melhora do seu quadro clínico surpreendeu o pneumologista.

> Homem de 54 anos, por conta de um Enfisema Pulmonar tinha muita dificuldade de respirar e não conseguia mais caminhar e tinha dificuldade para dormir (ficada recostado em almofadas), devido a função reduzida do seu pulmão. Com duas semanas de um tratamento com  a Fitoterapia surpreendeu o seu Pneumologista ao apresentar melhora da função pulmonar. Em casos como este, até o momento a Pneumologia não tem meios para conter a evolução do Enfisema e nem formas de aliviar os seus sintomas. Como paliativo foi indicado o uso da bombinha.

> Senhora de 66 anos, que por causa de uma doença pulmonar dependia de fazer uso da bombinha para respirar. Após realizar um tratamento com a Fitoterapia, ela não depende mais da bombinha.

> Na medicina, ainda, não existe cura para sarcoidose, o enfisema, a bronquiolite, a fibrose.

> Eu também não sei se a Fitoterapia pode curar, a sarcoidose, o enfisema, a bronquiolite, a fibrose e outras doenças graves que afetam o pulmão, mas e principalmente, só pelo fato de controlar a evolução dos danos e melhorar, acentuadamente, os sintomas e evitar os frequentes internamentos, "damos por satisfeitos" por poder gerenciar doenças pulmonares que até o momento não há um tratamento que seja eficaz.

   É impressionante a felicidade que experimentam pacientes quando sustentam uma grande melhora dos sintomas e se livram dos constantes internamentos.

Estes exemplos mostram a importância de se beber, distribuídas vezes durante o dia alguns chás medicinais, principalmente quando se tratar de doenças que se apresentem como incuráveis. Com base neste caso e outros igualmente graves, convenci-me mais ainda de que as ervas podem ajudar muito.

 

<><><><><><><><><><><><><><><><>

 

Cito este outro caso como exemplo do potencial da Fitoterapia Regenerativa. 

     Após um acidente vascular cerebral isquêmico, a senhora Mari de 84 anos, foi colocada sob cuidados paliativos. O médico disse para família “não há mais nada que possamos fazer” e lhe dá duas semanas de vida. Uma ressonância magnética mostra os danos causados pelo AVC e um encolhimento do cérebro. Ela não podia mover nada além de seus olhos e boca e não reconhecia seus familiares.

    A família providenciou uma cama hospitalar, um gerador de oxigênio e permanecia 24 horas por dia sob atenção de cuidadores especializados. Seu filho procura ajuda e recebe uma orientação fitonutricional ​​na forma de sucos e chás, pois ela só pode ingerir alimentos sólidos. Começa a melhorar, imperceptivelmente no começo e depois mais a cada dia. Três meses depois, é óbvio que ela está comunicando suas necessidades com clareza suficiente para participar de seu próprio tratamento. Ela sabe quem é e onde ela está, também reconhece seu marido e família novamente. Oito meses depois a senhora Mari sai diariamente com seu marido. Aos 89 anos, orgulha-se de empurrar a vida pra frente, como ela diz.

      Para as pessoas que tiveram um acidente vascular cerebral, a Fitoterapia Regenerativa é a melhor esperança de recuperação, especialmente se iniciada nas primeiras semanas após a lesão, pois com o tempo, cicatrizes se desenvolvem, o que impede que a lesão se espalhe, mas também impede que as células novas entrem no local.

     Qualquer oportunidade em potencial para reduzir a incapacidade relacionada ao acidente vascular cerebral e melhorar o resultado funcional é importante e desenvolver estratégias para melhorar a função após um AVC ter ocorrido é vital. Por exemplo, a chave para a recuperação do AVC é persuadir as células cerebrais a se curarem sem criar mais danos no processo. Levar Fitossubstâncias para ajudar no reparo do tecido cerebral depois que um derrame priva o cérebro do oxigênio é fundamental.

    O cérebro é plástico e coopta outros circuitos e caminhos para compensar os danos e restaurar a função. A Fitoterapia Regenerativa contribui nesse processo, uma vez que ajuda a diminuir a inflamação e ao diminuir a inflamação o cérebro se ajusta, então a pessoa pode começar a recuperar as funções. O cérebro tem células de auto-renovação - chamadas células-tronco neurais - que podem se diferenciar em múltiplos tipos de células. Após um acidente vascular cerebral, essas células se movem em direção ao dano para repará-lo, mas como regra geral, as células são insuficientes e, às vezes, não reparam o funcionamento do tecido cerebral, assim os danos permanecem.

   Para persuadir o cérebro a curar, os desafios principais é manter as células vivas por tempo suficiente e como integrá-las nos circuitos neurais, mas para reparar o tecido danificado e restaurar a função temos que contribuir com recursos que ajude nessa tarefa. Manter mais neurônios vivos na área danificada e menos inflamação são estratégias para evitar mais danos. Há fitossubstâncias que possuem habilidades regenerativas, e devemos reconhecer que a regeneração é um processo biológico que precisa dessas habilidades fitoregenerativas.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Pressupostos Submetidos à Prova

       Para ser sincera, eu não sabia se a Fitoterapia podia ajudar essas pessoas que mencionei acima, mas, por confiar nesse polivalente recurso, aceitei o desafio.  Foi um prazer observar os seus progressos. Essas pessoas são uma das razões por que estou segura de que o uso da Fitoterapia Regenerativa abriga tamanha promessa para pacientes de todas as doenças.           

<><><><><><><><><><><><><><><><>

    Quando apliquei estes princípios que chamo de Fitoterapia Regenerativa no tratamento de meus familiares e de pessoas que me solicitaram ajuda, os resultados foram nada menos que espantosos. Eu acompanhei diversos pacientes que saíram da cadeira de rodas e passaram a caminhar novamente. Ajudei pacientes com cardiopatia grave a sair da lista de transplante do coração.  Pessoas pacientes com doenças oculares incuráveis recuperaram a visão e outras tiveram melhorias significativas na visão. Pessoas com fibromialgia que passaram a viver sem dor. A Fitoterapia Regenerativa é um recurso polivalente e altamente preventivo.

Nesta época de pesquisas bioquímicas, já somos capazes de determinar o que está acontecendo em qualquer parte de qualquer célula, bem como em cada órgão.  

      Assim sendo, recomendo este polivalente recurso aos médicos que estejam dispostos a encarar objetivamente as boas evidências. Se você é um paciente, não espere que seu médico embarque de imediato nesta ideia. Como eu disse, as informações contidas no programa de Fitoterapia Regenerativa são o resultado de 49 anos de vivencia e estudos voltados à verdadeira Fitoterapia.

      É importante que você se cientifique das informações fundamentais sobre como seu corpo funciona e sobre o que é necessário para que ele se proteja e torne-se ou permaneça saudável.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Fui em busca do conhecimento

     Sempre presumi que envelheceria como minhas avós, minhas tias e minha mãe. Com o passar dos anos, elas sofreram de doenças cardíacas e outras doenças e complicações que frequentemente a medicina associa ao envelhecimento, como rigidez nas articulações, falta de mobilidade e diminuição da massa muscular. E por um tempo lá, vi que envelhecia exatamente como elas. Por muitos anos, todos os dias comia o que havia aprendido sobre uma ‘’alimentação saudável’’. Eu estava fazendo tudo certo - ou assim eu pensava - e então imaginei que minha saúde e meu envelhecimento eram claramente um caso de genes ruins. Eu herdei o mesmo DNA que meu minhas avós, minhas tias pensei, então eu estava fadada a ser doentes como elas. Temos um histórico familiar de doença cardíaca em ambos os lados da família. Traços do lado do meu pai e ataques cardíacos no da minha mãe.  Apenas um rápido aparte, tive a grande vantagem de conhecer meu bisavô paterno. Meu bisavô viveu até 103 anos, nunca viu um médico em sua vida. Ele não tinha doença. Ele seguiu uma alimentação do tipo caseira, mas bem variada. Ele cultivava seu alimento. Mas notei que nos seus filhos e netos, a longevidade e a carga de doenças eram dramaticamente diferentes. Meu avô e tios tinham muito mais doenças e não viveram por tanto tempo. Eles tiveram uma alimentação pobre em nutrientes e ricas em toxidades. 

Para ser franca, eu estava completamente errada.          

    Felizmente, eu descobri isso antes de adquirir doenças. Claro, eu tinha certas coisas em comum com minhas avós, em particular podia ter muitos dos mesmos problemas de saúde com os quais elas lutaram. Mas o que aprendi desde então, é que teria esses problemas de saúde não porque temos o mesmo DNA, mas porque tínhamos hábitos semelhantes e vivíamos em ambientes semelhantes, os quais moldaram nossa unidade biológica e até mesmo o nosso corpo de maneiras notavelmente semelhantes.

    Logo, eu percebi que eram esses hábitos e estilos de vida que nos fazem envelhecer tão rapidamente e não os nossos genes. Descobri que é possível envelhecer sem ter as doenças e sem degenerar e que o poder de fazê-lo está em nossas próprias mãos ou, mais precisamente, na natureza. Assim desarticulei as tentativas de aplicar à mim o fadado destino desta “unidade genética” desse parentesco “indissociável”.

   Existe uma controvérsia na determinação da genética como fator mais importante para ter saúde e o “geneticamente determinado” caí por terra quando vemos que de que adianta uma boa genética, se ignorarmos outros fatores: o estilo de vida ou o ambiente em que se vive, bem como os recursos que podem preservar a integridade do corpo, ou restaurar o que já degenerou?

<><><><><><><><><><><><><><><><>

 

O que descobri é tão notável que mudei o rumo de minha vida.

    Hoje sei que, mesmo se houver uma forte tendência para a ocorrência de problemas cardíacos na família, a doença cardíaca pode ser evitada através de vários recursos e meios. E,  todos os esforços para evitar os danos degenerativos dos órgãos e do corpo podem ser inutilizados, em boa parte, se a pessoa não minimizar o grande prejuízo que ela mesma faz ao ignorar os conselhos que a própria ciência vem dando.

     Num mundo que reivindica tudo para os “especialistas”, somos influenciados a procurar os especialistas. Não vou ignorar a Biologia, nem tão pouco, os especialistas e as tecnologias, mas logo, vi que se eu não aliar outros recursos que podem ajudar a frear os danos e as doenças que os especialistas não conseguem resolver, a descida da ladeira será certa. Nunca é demais repetir: a biologia é biologia, é o que as ferramentas da medicina moderna, "ainda, parece ignorar", esquecendo o papel da saúde global dos órgãos que precisa ser considerado. Infelizmente, a medicina tem centralizado na genética e em procedimentos e produtos de altas tecnologias e menosprezado recursos que realmente oferecem resultados.

     Sempre perguntei, o que permitiu que em algumas comunidades pessoas chegassem aos 100 anos de vida em boa saúde física e mental? O que fizeram? Porque essas pessoas parecem estar protegidas de doenças do coração, do AVC, neurodegenerativas (parkinson e alzaimer), oncológicas, diabetes, cataratas? O que elas fazem que as livram de ter catarata?

Pesquisadores relataram, por exemplo, que não viram nenhum idoso com catarata em algumas comunidades.

Existem evidências consideráveis, bem como  ​​as constatações feitas nessas comunidades de pessoas longevas de que podemos controlar os danos que ocorrem no processo de envelhecimento e evitar doenças. Na verdade, todas as benesses dessas pessoas é fruto de várias ações que culminaram com uma vida mais longa e em boas condições de saúde.

   Por mais natural que seja, os danos que vem com o envelhecer preocupa a todos nós, afinal, quanto mais velhos ficamos mais os problemas em relação à saúde costumam aparecer e se intensificar. Infelizmente, a maioria de nós compartilha de uma crença culturalmente apoiada de que as degenerações e as doenças são inevitáveis ​​à medida que envelhecemos. Mas, o que nossa cultura não nos ensina é que as doenças e as degenerações não aparecem do nada.

    Precisamos dissipar os equívocos e realizar ações para a prevenção dos danos e das doenças e para melhorar a saúde, pois o tempo é inexorável e precisamos deter o desgaste que ele produz e não há nada mais angustiante do que considerar que cada segundo que passa na proporção em que nossas células são mais ou menos afetadas, nossos órgãos começam a sofrer degenerações e nosso sistema imunológico declina. Então vamos ter vários problemas de saúde. À medida que ficamos mais velhos, as funções biológicas do nosso corpo, quando não fazemos nada para preservá-la, fica prejudicada, resultando nas conhecidas degenerações e enfraquecimento do sistema imunológico.

    Precisamos aumentar nosso conhecimento não apenas do funcionamento do corpo (fisiologia e biologia) e do processo do envelhecer, mas da própria vida, a fim de intervir decisivamente e ver que o que deu certo na vida dessas pessoas não foi privilégio, genética ou o ambiente onde elas vivem. Percebe-se que, além dos bons hábitos de vida sem perceber essas pessoas estão repondo no organismo delas aquilo que, com o tempo, ele deixou de produzir, bem como, estão eliminando o que foi acumulado indevidamente. Parece que isso que foi capaz de evitar ou corrigir os processos celulares que levam a doenças associadas ao envelhecimento – mal de Parkinson e de Alzheimer e as doenças cardiovasculares, entre outras como supõem os especialistas.

    Por meio de atitudes e recursos naturais foram capazes de fazer a manutenção do seu corpo de uma forma tão eficaz que permitiu evitar as doenças que costumam aparecer com a idade. Esses idosos que chegam facilmente aos 100 anos e com boa saúde mostram que existem formas de prevenir, desacelerar ou frear as doenças e seus avanços e até de consertar alguns danos. Isso ficou muito claro, por exemplo, o fato de não terem catarata.

    Enquanto muitos mistérios do coração e artérias permanecem sem solução, as pessoas longevas dessas comunidades sabem como evitar ou adiar a doença cardíaca.  Na realidade, parece que sabem a melhor forma de varrer e de não deixar que os entulhos entulhem a suas artérias. A prevenção da aterosclerose pode ser feita com certas medidas naturais, mas a medicina diz que temos que tomar as perigosas estatinas.

    A medicina, hoje por meio dos exames tecnológicos mostra que quando envelhecemos nosso cérebro encolhe, o coração aumenta de tamanho, mas apesar de toda sua evolução não veem qualquer possibilidade de que as pessoas podem potencialmente impedir que seu cérebro encolha e o coração aumente. O fato é que eles estão, se é que estão buscando meios para impedir que o cérebro encolha e o coração aumente, nos recursos errados. Digo isto, porque não há como negar que existe um benefício real nas práticas simples que essas comunidades de pessoas longevas fazem e são vistas a olho nu, que estão ajudando.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

    

Este super conteúdo não surgiu evidentemente de nenhuma inspiração momentânea.

    Pelo contrário, é fruto 50 anos de estudo das ervas medicinais. É um conteúdo cuidadosamente elaborado como fruto de diversos anos de trabalho. Corresponde a uma compilação aprimorada das ervas por mim utilizada e extensivamente experimentada no dia a dia. Para tanto, no presente trabalho procurei oferecer as pessoas interessadas em cuidar da saúde por meio da Fitoterapia diversas informações muito desejáveis e pouco encontradas em literatura sobre esse assunto atualmente comercializada.

Ao longo do conteúdo, exemplos cuidadosamente selecionados são apresentados, para que o leitor compreenda a importância das plantas medicinais. Assim, uma combinação muito cuidadosa de teoria e prática permeia todo o conteúdo.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

Percebi que o dogma da medicina é lento para mudar e ficam aguardando “evidencias cientificas”. Quer evidência maior do que ver pessoas que chegam e até passam dos 90 anos sem catarata, e com os capilares que se parecem com os de pessoas mais jovens - e comparável ao de indivíduos de secente anos?

   Ainda não conheci ninguém que não quisesse ter uma saúde excelente. A maioria de nós supõe que sempre a terá. Mas a verdade é que muitos de nós (inclusive os médicos) estão perdendo a saúde a cada dia. Sei disso, já que cuidar da saúde é o que faço há 49 anos.

   Todo mundo quer preservar ou recuperar sua saúde, mas nem sempre sabe do que precisa para atingir essa meta. Todavia, é evidente que é muito mais fácil manter nossa saúde do que tentar recuperá-la após ter sido perdida. A prevenção de doenças deveria ser a primeira preocupação de toda pessoa. Mas a quem você recorre quando quer saber mais sobre a melhor maneira de proteger sua saúde? Seu médico está lhe dando essas informações? Na verdade, a maior parte de nossos programas de medicina preventiva tenta simplesmente detectar doenças antecipadamente.

      Há aparentemente um abismo entre o cientista pesquisador e o médico prático. Muito embora os pesquisadores estejam fazendo descobertas tremendas sobre recurso naturais que previnem doenças, muito poucos médicos vêm aplicando esses recursos junto a seus pacientes. Eles simplesmente esperam até que os pacientes desenvolvam uma doenças para, então, começar a tratá-la. Os médicos parecem satisfeitos em permitir que as companhias farmacêuticas determinem novas terapias através de seus remédios.

       Apesar dos scanners de ressonância magnética e tomografia computadorizada, angioplastia, cirurgias de ponte de safena, próteses de quadril e joelho, quimioterapia, radioterapia, antibióticos, técnicas cirúrgicas de ponta, medicamentos avançados e unidades de terapia intensiva, a medicina ainda perde muitos pacientes. Eu não sabia quanto de frustração ainda seria capaz de tolerar com tudo que a medicina oferece, mas perde muitas vidas precocemente.

Apesar de toda evolução, a ciência e a tecnologia ainda não conseguiu imitar a natureza.

<><><><><><><><><><><><><><><><>

"O envelhecimento é uma escolha''.

     Não temos que envelhecer como nossos pais. Embora eu tivesse essa convicção ha muito tempo, nao fazia idéia de que ela estava destinada a se tornar a palavra de ordem de uma nova geração de adultos -uma geração de homens e mulheres altamente motivados e educados, dispostos a otimizar a saúde e o bem-estar enquanto for humanamente possível. A Solução para não Envelhecer: a de que o tempo passa para todos nós, mas envelhecer é uma escolha. Esse é um fato comprovado pela pesquisa científica, que está na base do revolucionário programa envelhecer sem adoecer descrito em Fitoterapia Regenerativa.

Para conseguir retardar o envelhecimento é necessário possuir uma filosofia específica de vida, na qual os excessos não sejam permitidos, e onde as gorduras, vícios, e excesso de sol são banidos quase na sua totalidade. Existem algumas coisas que devem ser banidas para garantir uma prevenção das doenças que vem com o envelhecimento, outras porém devem ser acrescentadas sagradamente.