Guia de plantas medicinais que são descritas em todos os seus detalhes:

  • Imagens por meios de fotos
  • Nome botânico, nomes comuns.
  • propriedades medicinais
  • modos e formas de usos
  • usos tradicionais
  • interações medicamentosas e contraindicações
  • componentes identificados
  • receitas e mais...

 

Este livro não surgiu evidentemente de nenhuma inspiração momentânea.

    Pelo contrário, é fruto de 49 anos de estudo das ervas medicinais. É uma obra cuidadosamente produzida como fruto de diversos anos de trabalho.     

      Corresponde a uma compilação aprimorada das ervas por mim utilizada e extensivamente testada. Para tanto, no presente livro procurei oferecer ao leitor diversas informações muito desejáveis e pouco encontradas na literatura do mesmo gênero atualmente comercializada no Brasil.

Ao longo do livro, exemplos cuidadosamente selecionados são apresentados, para que o leitor compreenda a importância das plantas medicinais. Assim, uma combinação muito cuidadosa de teoria e prática permeia todo o livro.

Informações inéditas e confiáveis sobre ervas medicinais que você não vai encontrar na internet e em nenhum outro livro.

 

Podemos preservar a saúde e também prevenir doenças.

      Algumas pessoas já fazem uso regular da fitoterapia para reforçar o tratamento convencional, há muitas evidencias que indicam que pacientes que fazem usam desse recurso têm maiores índices de recuperação que aqueles que apenas seguem o tratamento convencional.

 

 

Você sofre com  dores?

     A fitoterapia é um tratamento seguro, natural e eficaz. Ganhe qualidade de vida ao aprender a se curar. As abordagens terapêuticas feitas com as ervas medicinais realizam curas e têm aliviado uma dor por mais intensa que seja (em poucos minutos), quando nem mesmo a mofina ou outros procedimentos ajudou.

 

     Elaborei este livro com compilação de trabalhos científicos sérios e fontes bibliográficas confiáveis.

Seu conteúdo está fundamentado também em conhecimentos tradicionais e estudos científicos atualizados sobre plantas e vegetais utilizados na prevenção e tratamento de diversas doenças. Ele está completado com dicas e sugestões diversas, as quais, de forma direta, podem auxiliar e ser de interesse público.
As ervas mais importantes para a saúde são descritas com clareza, acompanhadas de indicações de uso e modo de tratamento.

     Mostro o que realmente funciona para se ter uma vida melhor, mais equilibrada e só relacionei no livro dicas e receitas que realmente são eficazes e possam contribuir para a saúde. Finalmente, quero enfatizar que me empenhei para incluir neste livro todas as minhas experiências, com a finalidade de ressaltar os benefícios que as inúmeras plantas medicinais podem proporcionar no tratamento e na prevenção de doenças.
     Neste livro coletei também alguns estudos que confirmam o uso tradicional de diversas substâncias naturais para fins medicinais e mostro que a ciência confirma a tradição. O livro é fruto de 43 anos de estudos e vivência.

    As sugestões aqui apresentadas, se aplicadas simultaneamente com outras abordagens terapêuticas: acupuntura, massoterapia e alopatia, serão de grande valia.
   O índice de assuntos, bem detalhado, mostra para cada problema de saúde a erva que poderá ajudar no alívio, ou na cura.

 

         A única forma de fugir das doenças e escapar das cirurgias, dos remédios perigosos e caros, e da velhice sem qualidade de vida é a profilaxia, ou seja, PRE-VEN-ÇÃO!

 

       Se você compreender sua condição e suas opções do tratamento, você pode viver uma vida mais produtiva e mais confortavelmente. Coloque este conhecimento prático para usar na vida diária e ver rapidamente os benefícios.

 

Medicina da natureza

      Antes não havia a medicina moderna e sua farmacopeia de drogas sintéticas, havia plantas, e as civilizações antigas sabiam como usá-las para tratar doenças comuns e até mesmo doenças que ameaçavam a vida.

       Há momentos em que pode ser mais inteligente usar um chá de ervas do que um produto farmacêutico. Às vezes, uma erva oferece uma alternativa mais segura. Por exemplo, pegue a camomila: as suas flores foram usadas há séculos como um calmante suave. Não é hábito usá-la, mas um estudo feito pela Universidade de Michigan descobriu que a camomila tem a mesma eficácia que muitos medicamentos prescritos para dormir quando administrados a adultos com insônia. Do mesmo modo, o óleo de hortelã-pimenta demonstrou ser tão eficaz quanto os medicamentos para aliviar a síndrome do intestino irritável, mas sem os efeitos colaterais perigosos. E os estudos clínicos mostraram que a sálvia pode aliviar a dor de garganta e o chá de hibisco diminui suavemente a pressão sanguínea.

        Infelizmente, a reverência pelo uso de plantas medicinais na vida cotidiana ainda está em grande parte, desvalorizada. Mas se você estiver interessado em usar remédios naturais para sustentar a sua saúde, você deve saber que há muitos à sua disposição. 

 

 

      O gasto para para ter acesso e ampliar o conhecimento em Fitoterapia (ervas medicinais) é permanente, isso porque os estudos das plantas medicinais são infinitos e todos os anos algumas centenas de estudos são realizados.

  Nesses 49 anos de estudos e pesquisa acumulei um arquivo com 3423 estudos científicos de plantas medicinais. Gradativamente o conteúdo desse arquivo será disponibilizado para os colaboradores financeiros do site.

 

As pessoas se entupindo de remédios!

Enquanto ignoram o valor dos chás e de uma alimentação saudável se entopem de remédio.

Gente, às vezes, fico aqui pensando e perguntando porque tanta doença?

     Fibromialgia, artrose, artrite, gastrite, pressão alta, diabetes, alergias, enxaquecas, renite, e outras muito mais graves poderiam ser resolvidas com uma simples mudança de hábito alimentar e a inclusão de uns chazinhos no seu dia a dia!

 

Aos médicos que desejarem experimentar este valioso e eficaz recurso terapêutico, este livro será de grande utilidade.

 

       O Dr Google é consultado por quem tem problema de saúde e por aqueles que querem economizar na consulta com profissionais especializados.

      Segundo estastisticas mais de 80% das pessoas no Brasil buscam informação sobre saúde na internet. O problema e que a maioria dessas pessoas não se certifica se as informações são confiáveis.

      A facilidade que a internet oferece no acesso às informações pode se tornar um perigo para usuários. Os riscos de quem segue apenas as orientações obtidas na internet para tratamento de problema de saúde é grande.

      As pessoas precisam ser mais criteriosas quando buscam informações em sites, especialmente os que falam de ervas medicinais. As páginas e blogs que abordam esse assunto tem muitos erros de informação ou omitem informações essenciais, como os efeitos colaterais de algumas ervas ou do mal uso delas. Poucos sites apresentavam as informações corretas. É importante ver quem fez e mantém o site ou o blog.

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade