A consultoria

  Cada pessoa possui particularidades, fisiológicas, biológica e comportamentais e é exatamente por isso que um atendimento visando entender os aspectos apresentados e os objetivos a serem alcançados é importante.

    Para isso, se faz necessário a avaliação do histórico clinico que visa observar se o organismo da pessoa pode receber as recomendações de chás que sejam específicas e absolutamente ligadas as suas características físicas.

   Com base no histórico clinico, elabora - se o plano correto de chás. Oferece lhe as combinações certas, adequado a necessidade do seu organismo e as plantas certas para a sua condição clínica.

 

    Nesse processo leva-se em conta altura, idade, hábitos alimentares e atividades que a pessoa pratica no seu cotidiano, bem como os medicamentos em uso que devem ser listados quando nos enviar seu histórico. Outro fatores também são de extrema importância nessa avaliação e garantem a segurança da pessoa ao iniciar o uso dos chás medicinais. Assim, a pessoa deve passar os resumos dos exames laboratoriais que foram solicitados pelos médicos que lhe acompanha para o email que oferecemos por meio do telefone quando solicitar a consultoria.

     Considerando a seriedade com que se deve tratar a saúde de qualquer pessoa antes de iniciar algum tratamento, é imprescindível que haja um diagnóstico correto do que deve ser tratado, mesmo quando se pretende fazer uso de um chá medicinal.   São muitos os fatores que contribuem para os sintomas e as causas de uma doença, por isso também se exige um diagnóstico médico para se fazer uma orientaçao de ervas.

 

     A Fitoterapia é um recurso de tratamento super eficaz, desde que usada adequadamente.

     Devido à crescente procura pelas ervas medicinais nosso serviço de consultoria tem a finalidade de orientar quanto ao uso seguro de erva medicinal e em quais doenças e seus estágios pode-se valer das propriedades das ervas, qual o grau de eficácia em relação aos medicamentos sintéticos, forma de uso e de preparo.-

 - Se você recebeu uma sugestão para fazer uso de uma planta e esta em dúvida, podemos lhe ajudar.  As instruções para o uso adequado, podemos esclarecer.

- Muitos chás estão sendo preparados de forma errada, por isso não surte o efeito desejado.

Existem várias formas de prepará-los para se conseguir as substâncias desejáveis para obtenção do alívio ou da cura de doenças. Podemos lhe ensinar.

- Antes de iniciar o uso, é preciso ter certeza absoluta sobre a planta procurada para fazer um chá.

- O consumo de plantas medicinais é seguro como auxílio para uma doença já diagnosticada, tornando-se coadjuvante nos tratamentos requeridos.

Saiba como coadjuvar solicitando uma consultoria

 

      As plantas medicinais, como parte de um conjunto de medidas, contribuem como um recurso complementar aos tratamentos convencionais. As ervas medicinais podem e devem ser utilizada conjuntamente à terapêutica convencional.

       Muitas pessoas já fazem uso regular da fitoterapia para reforçar o tratamento convencional. Há muitas evidências que indicam que pacientes que fazem usam desse recurso têm maiores índices de recuperação que aqueles que apenas seguem o tratamento convencional.

 

 

Este polivalente recurso terapêutico vai lhe ajudar a:
    diminuir gastos com medicamentos,
    debelar doenças chamadas de incuráveis,
    reduzir internações hospitalares,
    evitar cirurgias desnecessárias,
    prevenir e evitar mutilações de órgãos e membros,
    acabar com a mascaração de sintomas;

    prevenir a iatrogênia, (males e doenças causadas por efeitos adversos de medicamento ou procedimento médico e exames)

     A fitoterapia, sem sombra de dúvida, contribuirá para diminuir gastos e é o recurso terapêutico que mais contribui para a cura e a prevenção. Além de ajudar a evitar tantos procedimentos médicos desnecessários, evita o sofrimento humano. É possível também reduzir e mesmo eliminar algumas das consequências severas dos remédios, o custo e até um tempo de internamento.

   Esse recurso não vai substituir os recursos médicos e alopáticos, mas deve ser somado a eles, para curar as enfermidades que os recursos da medicina não consegue resolver. Faça-os, quando for o caso, conjuntamente, um auxiliando ao outro.

 

 

Atenção ao horário.

Pessoas de outros países atenham-se ao fuso-horário.

Atendo pessoas em todo o Brasil e de outros países.

 

Por que Não dou receita de tratamento para doenças no site.

   Para passar uma sugestão de chá ou um tratamento é imprescindível que haja um diagnóstico correto do que deve ser tratado. Pois existem vários sintomas para uma mesma doença e várias doenças com os mesmos sintomas. (o médico tem instrumentos que são os exames para fazer um diagnóstico).

   É preciso também avaliar o histórico clínico da pessoa, bem como os medicamentos que ela esta tomando para evitar a interação medicamentosa.

 

Pelo fato de ser natural não elimina a necessidade de ter cautela no seu uso.

   Nenhum tratamento é isento de risco na sua aplicação, por mais correta que seja e por melhor que seja a forma terapêutica, pois se lida com a variável humana de interação e resposta ao que a pessoa é exposta. Por conta disso a orientação correta é imprescindível.

   Qualquer substância que seja capaz de modificar uma função do organismo e que possa resultar em mudanças fisiológicas, mesmo sendo natural, deve ser usada com cautela.

   É preciso lembrar que tudo o que é ingerido é assimilado pelo organismo, principalmente os chás, suas substâncias vão atuar e repercutir no organismo como um todo, inclusive afetando um órgão de forma benéfica ou maléfica.
         

 

Manual

      Vamos fazer uma comparação: quando adquirimos um eletrodoméstico, recebemos com ele o manual que nos ensina a utilizá-lo. No entanto, recebemos a máquina mais complexa, o nosso organismo, sem um manual. Entendemos que uma das razões é porque não somos feitos em série. Como prova disso, nossas impressões digitais são únicas. Então, cabe a nós criarmos o nosso próprio manual. Para isso, temos de conhecer a anatomia e a fisiologia de nosso organismo. É por isso que, quando se trata de nossa saúde, não podemos brincar. Temos de conhecer essa maravilhosa máquina e contar com a assessoria de um bom profissional, pois, apesar da evolução da medicina, suas peças dificilmente podem ser trocadas.

     É importante que cada um de nós se torne responsável pela própria saúde, ou seja, que tenhamos o controle remoto de nosso organismo em nossas mãos. Não devemos colocar nossa saúde sob a responsabilidade de maus profissionais.

 

       Estudando a importância das plantas medicinais na prevenção e cura das doenças tenho procurado oferecer, por meio de palestras, telepalestra, cursos e livros, uma visão de que as ervas (os chás), embora não sejam medicamentos, têm propriedades medicinais que lhes conferem ação na melhoria ou mesmo na cura de muitas doenças, podendo, assim, resolver vários problemas de saúde.


     Hoje conto com uma vivência de 46 anos em ervas medicinais e tenho mostrando a população a grande riqueza contida na natureza, que se utilizados corretamente podem aumentar as chances de cura de uma doença.

 

 

   Sou autora do livro Ervas medicinais fonte de saúde e longevidade.

   Realizo palestras de conscientização para o uso correto das ervas. Palestrei em vários congressos no Brasil.

Ministro curso de Fitoterapia para os profissionais seja ele de medicina, de farmácia, de enfermagem, de odontologia, de fisioterapia, de veterinária, de estética e de massoterapia.

 

     No tiaxica.com lançamos as sementes, fazemos uma tempestade de idéias e, no fim, só brota saúde e se seguir nossos conselhos colheram qualidade de vida. As pessoas que participam de nossos grupos e de nossos cursos ou tem a nossa consultoria aprendem a se curar e a ter mais vida na sua vida.

Com ajuda especializada é mais fácil fazer a mudança necessária, aprende-se a resolver muitos problemas de saúde que já incomoda.

Não é exatamente fácil mudar vários hábitos alimentares, cortar alimentos, substituir, mas quando você está bem orientado e tem boas sugestões de opção, certamente facilita muito a vida.

     A alimentação passa a ser um prazer e não um mix de restrições e culpas. Ter um programa de alimentação saudável, que tem resultado efetivo na saúde.  Aprender a escolher melhor os alimentos e a gostar dessas escolhas. O mais importante, aprender a se alimentar de forma saudável e com prazer. Conhecer um mundo novo, saudável, saboroso e com inúmeras possibilidades alimentares. Começar uma nova fase, uma fase de consciência nutricional, uma fase saudável, adotando um novo estilo de vida. As melhoras são notadas nos exames laboratoriais.

 

    A Internet está cheia de informação para qualquer um que queira acessá-la. Mas, nem todas são verdadeiras. Há muita verdade, e isso é um fato, e há muita mentira, informações erradas e até um certo terrorismo propagado por pessoas que muitas vezes não entendem do assunto.

 

     A internet é uma nova realidade na comunicação e, por estar próxima das pessoas e ter velocidade, é capaz de potencializar assuntos. Ela se tornou um grande instrumento para a difusão de conhecimentos, o que permitiu a disseminação de informações incorretas ou prejudiciais. Mas neste mar de informações virtuais, como podemos nós distinguir o que é verdadeiro do que é falso? Infelizmente, a distinção entre a informação e a desinformação, ou seja, a tarefa de separar o trigo do joio, tal como acontece na vida real, fica por nossa conta.
    

O usuário tem de comparar e filtrar as informações e conferir se estão ou não dentro dos critérios mínimos de confiabilidade.

     Isto representa um problema numa sociedade com baixos níveis culturais e com uma cultura de pensamento crítico praticamente inexistente, fator que explica o porquê de, até pessoas que deveria saber melhor, muitas vezes se deixarem levar por informações apenas porque estas soam serem do bem. Isto é perigoso, especialmente quando a desinformação está disponível num mero clique e onde as pesquisas e as leituras são geralmente feitas de forma superficial.
     
      Muitas dessas desinformações são feitas por pessoas bem-intencionadas que apenas pretendem partilhar algo que pensam ser verdade e de interesse. As histórias que contam para propagar uma pseudo informação (desinformação) possuem diversos elementos que contribuem para a sua popularidade. Especialmente quando anunciam uma cura milagrosa para uma doença incurável. Com misturas de meias-verdades, atribuí-se uma credibilidade a ideias que se tornam parte do próprio senso comum e, como tal, fica como uma verdade inquestionável para muitas pessoas.

 

    O Serviço de Consultoria, destina-se às pessoas que buscam esse recurso como uma opção terapêutica para coadjuvar com seus tratamentos e aos profissionais da área de saúde que queiram oferecer este recurso aos seus pacientes.

 

 

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade