O nome científico da planta Garra do Diabo é Harpagophytum procumbens D.C

   Diversos estudos demonstraram que essa erva possui efeito analgésico e anti-inflamatório. Ela é composta de princípios amargos, como harpagosídeo, arpagídeo, fitoesteróis. Individuos com dores apresentam melhora com seu uso. Em um estudo comparativo com pacientes com dor crônica nas costas, o grupo tratado com um extrato de garra do diabo contendo 200-400 mg de harpagosídeo durante quatro semanas contra o grupo placebo mostrou que o número de pacientes que relataram dor era significativamente menor que o grupo placebo e que o efeito analgésico do extrato se deu de forma dose-dependente.  A dose recomendada para distúrbios inflamatórios e dor é de 4,5 g. O  harpagosídeo possui baixo índice de toxicidade.

 

O uso do harpagopito juntamente com a curcumina apresentou resultados efetivos tanto no alívio de dores, como na desinflamação.

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade