Quеm nãо gosta dе tomar um chá bem geladinho, еm um dia com аquеlе sol escaldante. O chá de hibisco é refrescante, tem um sabor delicioso e ainda faz bem a saúde. 

 

 

Composição do hibisco

Análises químicas mostraram a presença, no cálice seco desta planta, de cromo, cobre, ferro [Moussa, Tarek Nasser], e contém um grande quantidade de riboflavina e ácido ascórbico, bem como ácido hibisco, ácido tartárico, ácido málico e ácido cítrico, antocianinas diferentes como delphinindin-3-glucoside, delphinidin-3- xiloglucósido, delphinidin-3-sambubiosídeo, cianeto-3-xiloglucósido e flavonóides como hibiscitina, gossyptin, gossyptin-3-glucoside e sabdaretine [- Gruenwald, J .; Brendler, T. e Jaenicke, C, - Khalaf Allah, Abdul Aziz Mohammed, Qi, Y .; Chin, K .; Malekian, F .; Berhane, M. e Gager, J].

Também existem polissacarídeos solúveis em água e contém o composto fenólico ácido protocatequico (PCA) [10], a cor vermelha característica produzida pela decocção desta planta é produzida as antocianinas [Wang, J. e Lenardo, M.].

 

 

Ação farmacológica

 Como é comum na família das Malváceas a grande quantidade de mucilagens, esta espécie proporciona propriedades demulcentes úteis no caso de constipação e na irritação das vias respiratória. Os flavonóides exibem uma atividade antiespasmódica, colerética, hipotensora e diurética suave. Nesse sentido, o extrato aquoso demonstrou em animais de laboratório atividade antiespasmódica ao nível da musculatura lisa intestinal. O extrato hidroalcoólico, por sua vez, produziu uma ação inibidora sobre a enzima que converte a angiotensina I em angiotensina II, atividade esta que parece estar relacionada com a flavona gosipetina.

Os extratos de Hibiscus têm demonstrado reduzir a taxa plasmática dos lipídeos totais, colesterol total e triglicerídeos por um mecanismo ainda não esclarecido, onde existiria um sinergismo com os fitosteróis, estimulando os sistemas enzimáticos do fígado, e, por outro lado obtendo uma maior eliminação de gordura ao nível intestinal, sinergizada com a atividade colerética dos flavonóides. Também se pode analisar uma redução do nível de transaminases e fosfatase alcalina em fígados inflamados. As antocianidinas proporcionam um efeito vasodilatador periférico e angioprotetor. Neste último caso, pode-se observar que os flavonóides inibem as enzimas –quimotripsina, quelastase e tripsina. O extrato etanólico da planta inteira produziu efeitos hipoglicemiantes em rato.

 

O consumo de Hibiscus sabdariffa extrato de água (Chá) melhora o potencial antioxidante sistêmico em indivíduos saudáveis.

Pubmed 22331521 Publicado Data: 13 /02 / 2012 Estudo Humano

 

Hibiscus sabdariffa reduziu significativamente os triglicerídeos séricos e a pressão arterial sistólica.

Pubmed 26982618 Publicado 31/05/2016 Estudo Humano

 

Um extrato rico em antocianina de Hibiscus sabdariffa teve atividade hepatoprotetora.

Pubmed 27564372 Publicado 25 / 08/ 2016  Estudo Animal

 

Hibiscus sabdariffa tem efeitos hepatoprotetores e antioxidantes contra lesões hepáticas induzidas quimicamente.

Pubmed 21082285 Publicado 17 /11 / 2010  Estudo Animal

 

Obs: há mais estudos como estes acima relacionados, mostrando a eficácia do hibisco na prevenção e no tratamento de diversas doenças e já estão disponíveis apenas para os alunos do curso de Fitoterapia online e dos colaboradores financeiros do site tiaxica.com
 

Ao clicar nos números grifados você será direcionado ao resumo da publicação científica.

 

 

A opinião da medicina popular asiática e africana de que hibiscus sabdariffa é bom para o sistema circulatório tem sido confirmada na pesquisa.

Cientistas da Universidade do Arizona em Tucson recentemente publicaram uma revisão abrangente de estudos anteriores, concluindo que o chá "reduziu significativamente a pressão arterial sistólica e diastólica em adultos com hipertensão essencial pré-moderada e diabetes tipo 2".

     Chá de Hibisco ajuda a controlar a pressão

Um estudo mostrou que o chá, feito da flor do hibisco, ajuda a diminuir a pressão sanguínea. Apenas três xícaras por dia pode ajudar a evitar doenças e ataques cardíacos, além de problemas nos rins. A bebida contém uma grande quantidade de antioxidantes que, por sua vez, ajudam o corpo a eliminar radicais livres nocivos. Essas substâncias danificam células e o DNA contido nelas.

     Estudos mostraram que há um elo entre antioxidantes e a prevenção de doenças que envolvam os rins e o coração. A última pesquisa envolvendo o chá de hibisco contou com a ajuda de 67 voluntários, entre 30 e 70 anos, que apresentavam pressão alta. As pessoas foram divididas em dois grupos. Um tomou um remédio “placebo” (feito de farinha) , o outro grupo foi tratado com chá de flor de hibisco. Depois de seis semanas, o grupo que estava usando o chá apresentou uma queda de pressão de 7,2%, em média (alguns apresentaram queda de até 13%). As pessoas que estavam usando o placebo apresentaram 1,2% de redução, apenas.

     No entanto, os pesquisadores advertem que o estudo foi muito pequeno e mais pesquisas precisam ser feitas para descobrir se o chá de hibisco pode ser usado como forma de tratamento.

 

Uma planta соm tantas fitossubstâncias nãо pode ficar limitada apenas аоѕ uso na forma de chá. Aposte nо sabor е nа ѕuа saúde е sempre que possível acrecente o chá do hibisco a outros alimentos. Essas gelatinas foram preparadas no chá de hibisco.

 

 

 

 

 

Você sabia que chá de hibisco ajuda a emagrecer emagrece, dá disposição e combate o inchaço?

   Um chá que virou moda no mundo fitness. Tudo porque perceberam que a flor de hibisco sabidarrifa traz muitos benefícios para quem quer emagrecer. Esse chá facilita regulariza o intestino e combate a retenção de líquido.

Ele tem antocianina - pigmento da família dos flavonoides -, que tem ação antioxidante, combatendo os radicais livres, além de ajudar na circulação sanguínea. Porém, alerto já foi constatado caso de reação alérgica com edema de glote.  
Indica –se a ingestão de apenas três xícaras diárias do chá quente ou gelado.
O hibisco tem vitamina C, que diminui a pressão na parede dos vasos sanguíneos, melhorando a circulação.

 

 

 

As plantas de hibisco são nativas de locais temperados, tropicais e subtropicais ao redor do mundo. O chá feito de flores de hibisco é conhecido por muitos nomes em muitos países e geralmente é servido tanto quente quanto frio.

       A espécie da planta Hibiscus sabdariffa tem sido, há muitos anos, usada em diferentes países ao redor do mundo como um ingrediente culinário e terapêutico.

É utilizado para a preparação de doces, gelatina e bebidas quentes ou frias. De acordo com diferentes estudos etnobotânicos, alguns medicamentos tradicionais usam o extrato aquoso desta planta como diurética, para o tratamento de distúrbios gastrointestinais, distúrbios hepáticos e hipercolesterolemia e como diaforética e antihipertensiva. E é usado como bebida antiobesidade. [Gruenwald, J .; Brendler, Herra-Arllano, A; Romer, Kim, J; Então, H; Youn, M; Kim, H, Lin, H.; Chen, J., Kuo,]

 

Indicações

 É indicado no tratamento dos espasmos gastrintestinais, prisão de ventre, falta de apetite, dispepsias hiposecretoras, disquinesias hepatobiliares, gastroenterites, hipertensão, varizes, hemorróidas, ansiedade, insônia, resfriados e gripes.

 

Concentração recomendada

Ferver por 2 minutos uma porção como a mostrada na foto para 600 ml de água. Tomar aos poucos durante o dia.

- Extrato Seco (5:1): 100-400mg, 2 cápsulas, 3 vezes ao dia.

 

Que tal um chá ou sorvete de hibisco.Para fazer o sorvete.

Em dois litors de água fervendo, acrescente 3 porções de hibisco igual a mostrada na foto acima. Deixe ferver por mais 5 minutos, coe. Deixe esfriar adoce a gosto. Coloque nas formas e leve ao congelador da geladeira.

 

   Chá de Hibisco (Hibiscus sabdariffa)

Além de auxiliar na perda de peso, pode ajudar no controle da pressão e do colesterol.

  O chá da flor de hibisco é famoso pelo aroma agradável que exala, tem um sabor delicioso e inigualável, sendo um dos chás mais gostosos e apreciados do mundo. Seu chá ou suco pode ser utilizado gelado no verão e servido no chá da tarde. Pode ser bebido quente ou frio. Tem um sabor cítrico.
    O resultado de pesquisas mostra que as taxas de triglicérides, colesterol total e LDL colesterol eram menores no grupo que usava o extrato de hibisco se comparado aos que não usavam. Usado também para melhorar a capacidade do nosso corpo para gerenciar o estresse e estimular a desintoxicação. Fortalece o coração e os vasos sanguíneos, diminuindo a pressão sanguínea e reduzindo os níveis elevados de colesterol no sangue. O consumo do chá de hibisco auxilia ainda na redução da pressão arterial.
 
 Por ser rico em mucilagem, uma mistura complexa dos polissacarídeos que dão forma a uma fibra gelatinosa quando a água é adicionada auxilia no emagrecimento.
    Portanto, beber de três a quatro xícaras do chá entre as refeições pode contribuir para a perda de peso. As mucilagens presentes no hibisco, diminuem a absorção de carboidratos e gorduras, ajudam no aumento do bolo fecal favorecendo o funcionamento do intestino. Ele é um diurético leve, que ajuda a evitar a retenção de líquidos.

    Seu consumo regular é associado à menor chance de sofrer de prisão de ventre e infecções da bexiga.
Um chá feito a partir de Hibiscus sabdariffa melhora o perfil lipídico no sangue em pacientes com diabetes. Os resultados de um estudo feito em humano (publicação em 01 de agosto de 2009), mostraram que o chá de Hibiscus sabdariffa tem um efeito significativo sobre o perfil lipídico no sangue em pacientes com diabetes.

 

    No livro Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade mostrei a mais nova e importante ação medicinal do hibisco descoberta por um trabalho científico. É o primeiro livro que revela como esta erva pode ajudar em um problema de saúde que atinge milhoes de pessoas.

 

 

Cubos de gelos do chá de hibisco

 

 

Cubos de gelos feitos do chá de hibisco

 

 

 

Flor do Hibisco

 

 

A erva moída fica mais fácil de calcular a quantidade.

Compra-se o hibisco como mostrado na foto, retira as partes que estão estragadas, pedras e pedaços de terra (infelizmente, no Brasil falta qualidade e as ervas vem com coisas indesejáveis)  e depois moe no liguidificador para trnsformar em pó.

 

Apenas despejar a àgua quente sobre o hibisco não extrai todos os seus principios ativos.

 

 

 

Licor do chá de hibisco

 

Geleia de chá de hibisco

 

 

     Flagrante de irresponsabilidade de quem produz matéria sem contar com a consultoria de quem conhece bem de um assunto, mostraram o chá de uma planta e colocaram junto a foto de outra. Além de confundir, leva ao consumo de uma planta que pode fazer mal, ou que não tenha os princípios ativos necessários para fazer o efeito, caso a pessoa vai tomá-la para corrigir um problema de saúde.

      Um desserviço prestado à população com matérias desse tipo. Infelizmente, isso é comum na internet, pois muitas pessoas criam blogs sobre assuntos que não entendem e com isso proliferam informações erradas. Mais de 80% dos sites e blogs sobre plantas medicinais e alimentação  saudável são editados por leigos no assunto.

 

 

 

 

 

Flor do Hibisco em processo de amadurecimento

 

O que me encanta são as mudanças que essa flor faz até se transformar no cálice, ela começa com uma tonalidade e termina em outra.

 

 

 

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade