Raízes que fazem milagres!

Conheça mais sobre os benefícios dessas raízes que estão fazendo verdadeiros milagres.

Quem me conhece bem sabe, que eu não gosto desses temos: milagres, milagroso, poderoso, e etc e etc, mas dado ao que algumas raízes fazem na melhora de alguns problemas de saúde, acho que nessas o termo fica apropriado e interessante.

 

Algumas são chamadas de raiz, mas na realidade são rizomas.

 

Há raízes que fazem tão bem para a saúde e são verdadeiras fonte medicinal para conservar a vida com saúde, mas muitas pessoas desconhecem o seu potencial.

 

Elas podem enriquecer e diversificar a nossa alimentação. Podemos utilizá-las para dar mais sabor e aroma ao alimento e melhorar a saúde.

 

Por mais que as prateleiras das farmácias estejam cheias de medicamentos ultramodernos, os chás feitos dessas raízes tem se mostrado tão eficazes quanto eles e, às vezes, até superiores a esses medicamentos no alívio de diversos tipos de dores.

 

As mil e uma utilidades das raízes: você vai se surpreender

 

As raízes tem muito mais propriedades do que imaginamos: eliminam dores, inflamações e gorduras, são antioxidante, fortalecedoras das defesas; são capazes de beneficiar o organismo e até de promover a cura de doenças.

 

O gengibre é uma planta apreciada a milhares de anos pelos chineses e orientais, devido às suas ricas propriedades, mas há outras raízes que são também muito importante para a nossa saúde.

De forma geral, existem muitas raízes que tem potencial medicinal, mas vou falar de cinco tipos: a cúrcuma –longa, a zedoaria, o gengibre, a galanga e a pacova. A zedoaria, a galanga e a pacova são, no Brasil, as menos populares, ou pouco disponíveis no mercado. Cada raíz é uma espécie vegetal específica. Ao contrário do que muita gente pensa, elas são rizomas e não raízes.

Durante mais de 5.000 anos, alguns povos têm bebido diariamente o chá dessas raízes e utilizado-as como tempero por causa de seus benefícios à saúde. Mas a maioria das pessoas desconhecem esses benefícios, por isso não as utilizam.

 

Conhecer todos os seus benefícios e aprender a utilizá-las é importante. Essas 3 raizes (rizoma) servem tanto para uso na forma de chá e como temperos.

 

A Galanga é tão importante que até já foi chamada de  tempero de vida. A galanga aumenta e estimula o fluxo sanguíneo no corpo e no cérebro. Também é usada como estimulante sexual.

 

A Gengibre atua em mais 100 problemas de saúde.

 Os espetaculares benefícios do gengibre têm sido provados cientificamente, e eles abordam desde infecções bacterianas ao tratamento do câncer. Muitos benefícios do gengibre são baseados em evidências reveladas por estudos. É uma planta que vem surpreendendo nos últimos estudos.

  A eficácia do gengibre e o seu potencial terapêutico. A lista de benefícios já confirmados é tão grande que temos a certeza que, o gengibre é indispensável em nosso dia a dia.

 

A cúrcuma - longa é uma planta medicinal que pode prevenir e curar mais de 175 doenças.  

    Essa planta é a mais estudadas de todos os tempos, com 5.100 referências na Biblioteca Nacional de banco de dados bibliográficos do Medline. Você sabia que existem 600 razões pelas quais a cúrcuma - longa deve ser incluída no seu dia a dia. Ela ajuda em 175 doenças e sua ação é superior a muitos remédios, dizem os cientistas


Leia mais sobre essas raizes (rizoma) fazem e podem fazer pela sua saúde na coluna a esquerda do site

 

Propriedades do pacová no combate às dores

É recomendada pela cultura popular para aliviar DORES no corpo e nos membros inferiores.

 

Proteção cardiovascular, vai um tempero aí?

     Os principais objetivos da alimentação saudável para prevenir a doença cardiovascular visam levar a valores adequados de peso corporal,  a glicose, o colesterol LDL (muitas vezes denominado “colesterol mau”), colesterol HDL (conhecido como “colesterol bom”) e triglicerídeos. Para o conseguir, a ciência vêm reconhecendo a importância de algumas raízes consideradas como tempero, dentre elas esta a Cúrcuma-longa. Entre os mecanismos possíveis de cardioproteção, decorrentes do consumo desta raiz, realçam-se também a diminuição da inflamação e o aumento da defesa antioxidante.

Especiarias dilata artérias e impede danos ao coração

Você sabia que as porções culinárias de alguns temperos pode impedir os danos cardiovasculares?

Enquanto as especiarias são consideradas ingredientes culinários para a melhoria estética do prato ou o sabor dos alimentos, elas também são medicinais e em certos aspectos pode diminuir os danos que causamos ao coração.

 

Sabor e saúde: a arte de usar especiarias com fim medicinal

Especiarias usadas em alimentos, têm propriedades medicinais bastante importantes. O maravilhoso mundo das raízes que melhoram e equilibram o nosso organismo.

 

Elaborei um composto dessas raízes com ervas aromáticas. Esse tempero pra mim é um coringa, pode ser usado em diversos alimentos, tornou-se o preferido para os apreciadores de um bom tempero requintado e com sabor inesquecível.

 

     Remédio feito do extrato do cúrcuma-longa

      Um laboratório brasileiro, lançou  um remédio com ação é anti-inflamatória e antioxidante, destinado ao tratamento de osteoartrite e artrite .

O medicamento tem como princípio ativo a curcumina que inibem a dor e inflamação.
É o primeiro medicamento fitoterápico no país que utiliza o extrato padronizado e concentrado da Curcumina em sua formula e tornou-se uma opção terapêutica receitada por Ortopedistas e Reumatologistas.

Obs: O consumo diário do chá ou pedaços da raiz na alimentação são preventivos e curativos tanto quanto o medicamento produzido em laboratório.

 

 

     O que diferencia na Cúrcuma produzida para remédio da Cúrcuma para tempero é método de preparo das raízes.

Ambas são extraídas da mesma planta, porém, o processo é diferente em relação à maturação, que para ter maior concentração da Curcumina, a Cúrcuma é colhida após 16 meses do plantio. Esse procedimento estimula um aumento dos níveis de Curcumina, o que deixa a raiz com uma cor bem alaranjada. Já a Cúrcuma plantada para fazer tempero é colhida com 8 meses. O processo de desidratação da planta é feito de forma a evitar a perda da Curcumina, na Cúrcuma para tempero é secada a luz solar direta, onde a perda da Curcumina é evidente, como mostramos na foto, a Cúrcuma fica amarela.

 

 

     São-lhe ainda atribuídas propriedades antiagregante plaquetária e antioxidante, estando também descritos benefícios da sua administração na prevenção de hiperlipidemias (níveis sanguíneos elevados de colesterol e trigliceridios), arteriosclerose e tromboembolias.

     Mais recentemente, têm sido realizados alguns estudos acerca das suas propriedades anti-inflamatórias, cujas conclusões permitem a sua inclusão em diversos suplementos alimentares indicados como coadjuvantes no tratamento de artrites e de outras condições inflamatórias de origem reumatológico. Cúrcuma é também um remédio natural valioso para pacientes reumáticos, pois o tempero combate a inflamação nos músculos e articulações.

Interessante para os diabéticos: Cúrcuma reduz os níveis de açúcar no sangue.


Mas cúrcuma também tem um efeito surpreendente sobre a pressão arterial. Ele reduz a pressão arterial elevada e pode prevenir a inflamação nas paredes dos vasos.

A cúrcuma também atua preventivamente contra a aterosclerose precoce e, assim, torna-se um remédio natural valioso para combater as doenças cardiovasculares, principalmente derrame e ataque cardíaco. Por todos os benefícios que faz a nossa saúde, a cúrcuma é chamada de tempero da vida.

    Quer seja em preparações culinárias ou sob a forma de suplemento alimentar, inclua a cúrcuma - longa no seu quotidiano e desfrute ao máximo dos efeitos positivos que esta raiz apresenta sobre a sua saúde.

 

 

 

As raizes de ginseng e de bardana também são muito consumidas em alguns países pelo seu alto potencial medicinal.

A bardana – uma planta da espécie artium é recomendada pela cultura popular para aliviar totalmente ou parcialmente esses sintomas quando o corpo e os membros inferiores se movem com agilidade.

A bardana foi considerada como um valioso remédio durante toda a Idade Média. Sua raiz contém uma alta quantidade de mucilagem, que é recomendada para aliviar a irritação causada por cálculos renais e também suaviza os efeitos eliminatórios.

Um chá preparado com as raízes também é tradicionalmente utilizado na cultura popular para depurar o sangue e também como diurético.

 

O silício contido na planta é utilizado para dissolver cálculos renais, que podem ser um dos fatores que ocasionam dor na região lombar

 

Raiz da Bardana


É uma raiz, que poucas pessoas conhecem, traz benefícios à saúde e é considerada uma planta medicinal. Na culinária natural, utilizam-se a raiz da bardana para incrementar tortas, sopas e saladas.

Toda a planta da bardana pode ser utilizada para fins medicinais. A bardana, também conhecida como gobó, é depurativa, diurética, eficaz para eliminar o ácido úrico, colerética, laxativa, diaforética, antisséptica, estomáquica e antidiabética.

Contém inulina, um polissacárido da frutose que lhe confere um sabor doce e que melhora o trânsito intestinal e tem uma ação prebiótica. Contém também mucilagens com ação protetora da mucosa gástrica e intestinal. Os seus ácidos fenólicos ativam o funcionamento da vesícula biliar e estimulam a eliminação de água pelos rins, sem excretar os sais minerais. Já os taninos têm uma ação adstringente, regeneradora dos tecidos internos e da pele.

 

As raízes da bardana são comestíveis, podendo ser consumidas cruas ou cozidas. No Japão, inclusive, é cultivada uma variedade para o consumo das raízes e, na Europa, os brotos e folhas tenras são consumidos como verduras.

 

Pesquisar no site

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade

Ervas Medicinais Fonte de Saúde e Longevidade